zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 16/09/2014 - 07h23

Curso em MS capacita para produção de mudas para o plantio de florestas

Capacitação do Pronatec está sendo oferecida em Três Lagoas e Selvíria. Curso tem a duração de dois meses, segundo o Senar.




Por G1 MS com informações do Agrodebate / Redação Pantanal News

Viveiro - Eldorado Brasil Três Lagoas MS (Foto: Anderson Viegas/G1 MS)Produção de mudas no viveiro da Eldorado (Foto: Anderson Viegas/G1 MS)

Curso que está sendo oferecido em parceria pela Eldorado Brasil e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em Mato Grosso do Sul, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico em Emprego (Pronatec), está capacitando mão de obra de Três Lagoas e Selvíria, no leste do estado, para a produção de mudas para o cultivo de florestas plantadas.

Para as aulas, que começaram nesta terça-feira (14), estão sendo utilizadas a infraestrutura e os equipamentos da empresa, para possibilitar que os alunos aprendam o processo de cultivo de mudas em sessões práticas.“A capacitação está alinhada ao nosso compromisso de desenvolvimento das comunidades em que atuamos, por meio da qualificação da mão de obra local para atender às necessidades do mercado da região”, afirma Leandro Bordin, coordenador de Recursos Humanos da  empresa.

O curso tem duração de cerca de dois meses, e as aulas acontecem de terça a sexta, no período da manhã e da tarde. O Senar oferece material didático completo, uma bolsa de estudos simbólica e certificado de conclusão.

Para Fábio José Figueroa, supervisor regional do Senar, o curso vai ao encontro da realidade local, diante do avanço no cultivo de eucalipto no estado e da crescente demanda por mão de obra qualificada para o setor.

“Nosso objetivo é além de qualificar, é preparar os jovens para que eles tenham mais opções no mercado de trabalho. O curso aborda temas relacionados à legislação ambiental, saúde e segurança do trabalhador e estudo de mercado, além de conteúdos específicos sobre a produção de mudas com qualidade. Também há um módulo de 40 horas chamado Empreender no campo que ensina a analisar, avaliar e tomar as melhores decisões em busca de produtividade e lucratividade no setor”, conclui ele.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
13/10/2017 - 10h45
MS 40 Anos: O desafio de harmonizar população e natureza nas lagoas
11/10/2017 - 07h05
PMA recolhe tatu de 36 kg atropelado na rodovia
04/10/2017 - 07h02
PMA captura veado atropelado
28/09/2017 - 13h48
Incêndio assusta moradores em Porto Quijarro, na fronteira do Brasil com a Bolívia
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 16h42
PMA autua fazendeira por degradação em margem de rio
17/10/2017 - 16h02
Aprovado projeto que incentiva entidades filantrópicas
17/10/2017 - 15h58
Membro atuante da CPI, Dr. Paulo Siufi apoia reivindicação de trabalhadores da JBS
17/10/2017 - 14h39
Bombeiros fazem sobrevoo para avaliar combate a fogo que já destruiu 20 mil ha
17/10/2017 - 14h00
Fazendeiro é autuado em R$ 18 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.