especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Ciência e Tecnologia - 14/10/2014 - 06h00

MDS apresenta tecnologias sociais na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Visitantes terão a oportunidade de conhecer uma cisterna e uma lancha social e suas funções na superação da extrema pobreza




Por Assessoria / Redação Pantanal News

 Dois projetos que integram o Plano Brasil Sem Miséria estarão disponíveis para visitação em estandes do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que teve início nesta segunda-feira (13), no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

 

Até o dia 19 de outubro, crianças, jovens e interessados em atividades de ciência e tecnologia poderão conhecer as cisternas, unidades de reservatório de armazenamento de água que garantem à população mais pobre do Semiárido a convivência com a seca prolongada. Em um espaço de 100m², uma casa com uma cisterna instalada mostrará aos visitantes como essa tecnologia simples capta a água da chuva do telhado, por meio de calhas, e a armazena para o consumo humano.

 

Na construção da cisterna, pessoas da própria comunidade participam da obra, e o tempo médio para que ela fique pronta é de cinco dias. As famílias beneficiadas são capacitadas para o tratamento da água e para sua utilização sustentável. Com capacidade de 16 mil litros, os reservatórios abastecem uma família de cinco pessoas por um período de estiagem de aproximadamente oito meses. Desde 2011, mais de 695 mil famílias já receberam as unidades. A meta do governo federal é chegar a 750 mil até dezembro de 2014. 

 

“Estamos levando dignidade aos brasileiros que possuem acesso precário ou não têm acesso à água de qualidade. Uma cisterna pode abastecer uma família com água para beber, preparar e cozinhar alimentos e fazer a higiene básica durante o período de estiagem, garantindo a segurança alimentar e nutricional no domicílio”, destaca o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos. 

Lancha – Em outro estande de 180m², o MDS disponibilizará para visitação uma lancha da assistência social, inserida em um ambiente cenográfico que remeterá os visitantes a um passeio por um rio da região Norte. As embarcações são utilizadas pelas equipes volantes dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para o acompanhamento das famílias atendidas pelo Sistema Único da Assistência Social (Suas) que vivem em localidades mais longínquas e de difícil acesso da Amazônia Legal, como as comunidades indígenas e ribeirinhas.

 

A secretária de nacional de Assistência Social do MDS, Denise Colin, explica que as lanchas são um meio de assegurar que todo brasileiro que precisa de atendimento na assistência social possa ser atendido, independentemente do local onde viva. “Estamos ultrapassando as barreiras geográficas que dificultam e, às vezes, até impedem que esta população consiga ter atendimento e acesso aos nossos serviços e benefícios. É o Suas chegando a todos os lugares do país”, destacou.

 

Ao todo, 118 embarcações foram doadas pelo MDS para os estados de Roraima, Rondônia, Pará, Tocantins, Amazonas e Mato Grosso do Sul. Uma das principais atribuições das lanchas é encontrar pessoas em situação de extrema pobreza que ainda não foram inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal por meio da busca ativa.

 

Construídas em parceria com a Marinha do Brasil, os equipamentos têm 7,70 metros de comprimento e capacidade para 12 pessoas. As lanchas são equipadas com todos os itens necessários à segurança dos passageiros, e com outros acessórios complementares para melhor realização dos serviços socioassistenciais, como rádio, tenda, mesas e bancos.

 

SNCT – A 11ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia terá como tema “Ciência e tecnologia para o desenvolvimento social”, visando estimular as instituições a abordar a C&T na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação social e desenvolvimento humano.

 

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
08/11/2017 - 15h17
Estudantes do IFMS vencem competição nacional de foguetes
25/10/2017 - 07h46
Reinaldo participa da abertura da Semana de Tecnologia nesta quarta-feira
21/08/2017 - 11h51
IFMS prorroga inscrições em Feiras de Ciência para setembro
22/06/2017 - 10h05
IFMS promove evento de tecnologia aberto à comunidade em Aquidauna
 
Últimas notícias do site
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
18/01/2018 - 07h52
PMA captura tamanduá-mirim em rua de bairro da Capital
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.