zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cultura - 23/06/2014 - 06h28

Na varanda de casa, família abre bar com cardápio inspirado em Corumbá




Por Anny Malagolini do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Vanda, uma das cozinheiras e o marido. Vanda, uma das cozinheiras e o marido.

Dizem que para corumbaense tudo é motivo de festa. Por isso, olhando o espaçoso quintal de casa, Vanda Kamis, de 67 anos, decidiu movimentar o lugar. Abriu a cozinha para clientes e criou um restaurante para servir o que aprendeu a gostar na terra as margens do Rio Paraguai.

 

A corumbaense abriu o “Varandas do Pantanal” em uma das avenidas mais gastronômica de Campo Grande, a Bom Pastor.

Vanda deixou a cidade natal há mais de 20 anos, mas ainda carrega o sotaque marcante, o mais diferente entre os sul-mato-grossenses. Com ela, também vieram receitas de pratos clássicos da Cidade Branca, como “Sarravulho”, criado no Pantanal e feito com fígado de boi e miúdos.

Outras especialidades pantaneiras surgem com muito peixe de água doce. Entre elas, está o Pintado ao Molho de Camarão, acompanhado pela farofa de banana, por R$ 40,00.

Como a fronteira é outra importante influência, a casa corumbaense oferece também saltenhas bolivianas, com cinco unidades ao preço de R$ 20,00. 

Para Vanda, a culinária não tem segredos, é questão de “vivência”. “Casei sem saber cozinhar, mas a gente aprende”, conta.

A ideia segundo ela surgiu há 3 anos, para criar um espaço informal, apenas para receber os amigos. Mas de boca em boca o negócio ganhou fama e hoje tem capacidade para receber até 100 pessoas por noite.

O espaço familiar é dividido com os clientes de terça a sábado, a partir das 18 horas. É cobrado couvert artístico de R$ 3,00. A casa não foi reformada, apenas adaptada, conta Vanda, que construiu dois banheiros no local e preservou no centro do quintal a árvore que já existia.

Para ela, corumbaense gosta é de samba e é isso que anima os finais de semana na casa. “Somos os cariocas do Pantanal”, brinca.

 
Pintado ao molho de camarão. É servido acompanhado de arroz e salada. Pintado ao molho de camarão. É servido acompanhado de arroz e salada.
 
O bar fica no bairro Villas Boas.O bar fica no bairro Villas Boas.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
10/11/2017 - 13h08
AGENDONA: Fim de semana tem atração internacional, rap, reggae e até grito de carnaval
09/11/2017 - 12h45
Com relíquias no acervo, Arquivo Público guarda detalhes valiosos de MS
03/11/2017 - 09h27
AGENDONA: Fim de semana tem youtubers famosos, Guilherme Rondon e muito mais
03/11/2017 - 07h37
Em clima de quintal, encontros têm samba de gafieira com energia super carioca
 
Últimas notícias do site
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 10h35
Militares de Campo Grande ajudam em buscas a submarino na Argentina
20/11/2017 - 09h13
Sem-terras são autuados em R$ 11 mil por exploração ilegal de madeira
20/11/2017 - 08h50
Terreiros saem pelas ruas com oferendas para lembrar Oxum e pedir respeito
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.