especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Esportes - 18/06/2014 - 07h09

Goleiro Ochoa brilha e ajuda México a segurar empate sem gols com o Brasil




EFE

Guilhermo Ochoa defende em cabeçada de Neymar, garantindo o empate em 0 a 0 entre Brasil e México
Por Jovem Pan / Redação Pantanal News

Guillermo Ochoa. Não houve em campo no estádio Castelão, em Fortaleza (CE), um jogador que brilhou mais do que ele. O goleiro mexicano fez grandes defesas na tarde desta terça-feira (17) e foi o grande responsável pelo empate por 0 a 0 do México contra o Brasil. A Seleção Brasileira não jogou um grande futebol, tomou alguns sustos, mas nas chances mais incisivas que criou, o baixinho arqueiro, de apenas 1,85m, estava lá para impedir os gols.

Com o empate sem gols, tanto a Seleção Brasileira quanto o México chegam aos quatro pontos conquistados no grupo A e dividem a liderança da chave, com a Seleção ficando em primeiro pelo saldo de gols. Agora, Camarões e Croácia se enfrentam nesta quarta-feira (18), às 19h (de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), e quem vencer pode encostar no Brasil e no México na classificação.

 

A Seleção Brasileira volta a entrar em campo na próxima segunda-feira (23), quando fecha a primeira fase medindo forças com Camarões, às 17h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). No mesmo horário, na Arena Pernambuco, em Recife (PE), o México tem pela frente a Croácia.

O jogo – A partida no estádio Castelão começou quente e Neymar sofreu uma dura falta logo no primeiro lance. O México começou tentando pressionar a Seleção nas jogadas de bola aérea, mas a defesa verde-amarela se portou muito bem e neutralizou as oportunidades do adversário.

Aos dez minutos, o Brasil chegou a assustar, quando Neymar cruzou da esquerda para Fred e o camisa 9 mandou pela rede pelo lado de fora, mas o lance já havia sido anulado por impedimento do centroavante brasileiro.

Três minutos mais tarde, a Seleção Brasileira chegou com perigo, em finalização de Fred, mas Rafa Márquez travou o arremate. Na sequência, a bola sobrou para Marcelo, que tentou por duas vezes o cruzamento, mas a bola bateu em Fred e saiu pela linha de fundo.

Fred voltou a ficar em impedimento aos 21 minutos, quando ele foi lançado por Ramires, mas estava adiantado.

Os mexicanos assustou o Brasil aos 23 minutos, quando Herrera mandou forte chute para o gol e Júlio César espalmou. Apesar da defesa do arqueiro da Seleção Brasileira, o árbitro, de forma errônea, deu tiro de meta para o time da casa.

A Seleção Brasileira quase abriu o placar aos 25, quando Daniel Alves cruzou na medida para Neymar, que cabeceou firme, no cantinho do gol mexicano, mas o goleiro Ochoa se esticou todo e fez um milagre.

O jogo caiu um pouco de qualidade depois da oportunidade de Neymar e o lance mais importante na sequência foi aos 41 minutos, quando Layyún rolou para o meio e Vázquez finalizou de fora da área, mandando perto da trave esquerda de Júlio César.

A Seleção teve uma preciosa chance de fazer 1 a 0 aos 43, quando Neymar cruzou na área, a zaga do México errou ao fazer a linha de impedimento e Thiago Silva ajeitou de peito para Paulinho, que concluiu a gol, mas Ochoa saiu bem do gol e fez uma defesa muito importante. O primeiro tempo de jogo terminou sem gols.

No intervalo, o técnico Luiz Felipe Scolari decidiu tirar Ramires de campo, já que o jogador havia tomado amarelo no fim do primeiro período, e lançar Bernard.

A etapa complementar começou com faltas duras, assim como no primeiro tempo. E o Brasil criou uma boa chance aos dois minutos, quando Bernard recebeu passe longo de Thiago Silva, invadiu a área pela direita e cruzou para Neymar, mas a zaga mexicana chegou antes e jogou para escanteio.

Guardado finalizou de fora da área aos sete minutos, a bola pegou na zaga brasileira e saiu para escanteio. Após a cobrança de tiro de canto, os defensores verde-amarelos afastaram a bola da área.

O México assustou a torcida brasileira aos nove, quando Vázquez fez o arremate de fora, mas mandou por cima do gol. A bola passou perto do travessão de Júlio César.

Os mexicanos seguiam mais incisivos na etapa final e, aos 11, Herrera trouxe a Brazuca para a canhota, finalizou a gol e o tiro passou perto da meta brasileira.

José Vázquez cometeu falta perto da área aos 16 minutos, tomou amarelo e, na cobrança, Neymar mandou perto do gol de Ochoa.

Aos 23, a Seleção Brasileira teve mais uma oportunidade clara de tirar o zero do marcador. Marcelo cruzou da esquerda, Neymar dominou e bateu forte de canhota, mas o goleiro Ochoa fez excelente defesa. Na sequência, Daniel Alves foi até a linha de fundo e cruzou, mas o zagueiro mexicano bloqueou a tentativa.

Jô, que entrou no lugar de Fred, teve uma chance de ouro aos 30, quando recebeu passe pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado, mas mandou o chute para fora, longe da meta defendida por Ochoa.

O arqueiro mexicano, que vinha brilhando no jogo inteiro, apareceu bem novamente aos 40. Neymar cruzou na área, Thiago Silva cabeceou firme em direção ao gol, mas Guillermo Ochoa espalmou o reflexo e mais uma vez foi obstáculo para o primeiro gol do Brasil.


Ainda houve tempo para o México quase estragar a vida brasileira. Aos 44, Guardado avançou pela direita, bateu forte e cruzado, mandando perto do travessão de Júlio César. Um minuto mais tarde, Jimenez recebeu também pela direita, finalizou cruzado, mas Júlio César espalmou. A partida terminou sem gols.

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
01/12/2017 - 13h40
Em grupo com Suíça, Costa Rica e Sérvia, Brasil pode pegar Alemanha nas oitavas
29/11/2017 - 08h23
Prefeito determina estudos para construção de estádio municipal
24/11/2017 - 14h27
Fase preliminar é o primeiro desafio do Corumbaense na Copa Verde
13/11/2017 - 15h56
Federação confirma Corumbaense na Copa Verde ao lado do Operário
09/11/2017 - 14h49
Inscrições na Meia Maratona de Bonito só até dia 20; prova será no dia 2
 
Últimas notícias do site
17/12/2017 - 12h10
IPVA 2018: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores
16/12/2017 - 10h35
Com 13º em mãos, famílias vão às compras e movimentam comércio
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.