especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Religião - 14/06/2014 - 06h16

Fiéis buscam alianças em bolo de Santo Antônio em Campo Grande

Bolo tinha 600 pares de aliança de bijuteria e um par de ouro. Tradição diz que quem acha aliança casa ou encontra pretendente.




Por G1 MS com informações da TV Morena / Redação Pantanal News

Celebrar o dia de Santo Antônio é uma aventura em busca de alianças para muita gente em Campo Grande. Nesta sexta-feira (13), fiéis foram à igreja que leva o nome do santo em busca de um pedaço do bolo gigante recheado com 600 pares de aliança de bijuteria e um par de aliança de ouro.

A sede da paróquia Santo Antônio, que fica na região central da capital sul-mato-grossense, abriu às 7h (de MS). Antes de cortar o bolo, foi feita uma bênção.

Este ano, o bolo tinha 16 metros de comprimento por 1,8 metro de largura e pesava quase uma tonelada, o que dá cerca de 12 mil pedaços. No recheio, além das alianças, frutas e creme.

“No tempo de Santo Antônio, existia o dote. As pessoas sofriam, especialmente as mais pobres, por não terem condições. Como sabiam que ele era um homem de muita fé, generosidade e bondade, iam até ele para pedir ajuda. E ele intercedia. Consequentemente, a tradição continuou”, explicou o padre Odair Costa.

As doceiras passaram a noite no salão paroquial vigiando o bolo que levou uma semana para ficar pronto.

Este ano, são 200 alianças a mais do que em 2013. A tradição diz que quem acha uma aliança no meio do doce vai casar ou encontrar um pretendente.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/01/2018 - 07h12
Com bençãos e noites temáticas, começa hoje a Festa de São Sebastião
03/01/2018 - 08h03
Padre é famoso por chorar em todo casamento, ao lembrar da esposa que partiu
27/12/2017 - 09h22
Com lei da padroeira, “todos os olhos de MS estarão na igreja”, diz padre
26/12/2017 - 12h25
Governador vai sancionar amanhã santa como padroeira do Estado
20/11/2017 - 08h50
Terreiros saem pelas ruas com oferendas para lembrar Oxum e pedir respeito
 
Últimas notícias do site
23/02/2018 - 10h30
Informe Energisa
23/02/2018 - 10h25
Corumbá: Prefeito faz balanço dos 100 dias de gestão e apresenta ações para 2018
23/02/2018 - 07h20
Prefeito Marcelo Iunes e Clube de Desbravadores Formigas de Corumbá ajudam ribeirinhos de Aquidauana e Anastácio com campanha de arrecadação de donativos
22/02/2018 - 14h02
Marinha divulga edital do concurso para Fuzileiro Naval
22/02/2018 - 10h15
De cão a periquito: animais salvos da cheia dão cara de lar a abrigo
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.