zap
MAIS OBRAS MS 3 MESES
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Forças Armadas - 27/12/2008 - 08h20

Greve: Força Nacional enviará 160 homens para SC




Por Terra

O Ministério da Justiça vai enviar 160 homens da Força Nacional de Segurança para as regiões de Florianópolis e Camboriú, em Santa Catarina. O pedido foi feito pelo governador do Estado, Luiz Henrique, ao ministro inteirino, Luiz Paulo Barreto, devido à greve da Polícia Militar.

Ao todo, o ministério enviará 40 viaturas ao Estado. Só amanhã, já serão mandados 30 carros e 80 agentes.

O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, condenou, em nota, a greve dos policiais militares e disse que não negociaria "com a faca no peito". Segundo Luiz Henrique, a paralisação é uma afronta às normas da Constituição Federal e aos regulamentos militares. "O movimento não é reivindicatório, é guerrilheiro", disse.

De acordo com a Associação de Praças de Santa Catarina (Aprasc), a greve, deflagrada no dia 22 de dezembro, conta com 19 unidades militares totalmente paralisadas, entre batalhões, guarnições especiais, pelotões e destacamentos. Mais de 150 viaturas estão paradas, com os pneus esvaziados ou trancadas dentro dos quartéis.

Os militares buscam o cumprimento da Lei Complementar 254, sancionada em 2003, que estabelece um reajuste de até 93% nos salários. Segundo a associação, até agora o governo pagou a metade do que foi estabelecido na lei. Também reivindica a efetivação do plano de carreira, aprovado em 2006.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
04/08/2017 - 12h19
Brasil Central defende atuação das Forças Armadas nas fronteiras do país
31/05/2017 - 16h15
Distrito Naval em Ladário comemora Batalha Naval do Riachuelo
31/05/2017 - 09h01
Exército anuncia doação de área para Parque Tecnológico de Ponta Porã
25/05/2017 - 11h43
Forças Armadas começam a deixar Esplanada dos Ministérios
15/05/2017 - 13h40
Marinha abre inscrições para oficiais e prova poderá ser feita em MS
 
Últimas notícias do site
22/08/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/08/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/08/2017 - 13h09
PM de Aquidauana apreende mais de onze quilos de maconha em residência
22/08/2017 - 10h55
Governador por 3 vezes, Pedrossian é velado em prédio que idealizou
22/08/2017 - 09h30
Governo do MT decreta luto e chefe do Executivo vem para velório de Pedrossian
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.