zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 09/04/2014 - 07h51

Fotógrafo publica livro com imagens do Pantanal de Mato Grosso do Sul

Volume é o resultado de sete anos de viagens feitas na região. Algumas imagens foram condecoradas com prêmios.




Marcelo Krause / arquivo pessoal

Fotografia premiada feita por Marcelo Krause

Marcelo Krause / arquivo pessoal

Aves fotografadas por Marcelo Krause no Pantanal de MS

Marcelo Krause / arquivo pessoal

Selfie feita por Krause durante uma de suas viagens ao Pantanal
Por Ricardo Campos Jr. do G1 MS / Redação Pantanal News

Durante sete anos, o fotógrafo Marcelo Krause fez várias viagens a Mato Grosso do Sul para registrar as paisagens e animais do Pantanal. Esse trabalho rendeu a ele, além do reconhecimento em prêmios internacionais, a publicação de um livro, lançado no dia 11 de março em Campo Grande.

O diferencial do trabalho de Krause é que ele faz imagens tanto ao ar livre como subaquáticas. “Desde a primeira vez em que eu fui ao Pantanal, que eu conhecia por imagens e livros, percebi que é uma região privilegiada do Brasil. O sistema das cheias e seca suporta uma quantidade de vida e biodiversidade enorme, tanto embaixo d'água quando fora dela”, disse aoG1.

Acostumado a fazer registros da natureza e da vida selvagem, visto que já havia feito trabalhos semelhantes em outros estados, o fotógrafo conta que teve a atenção despertada pela diversidade ecológica pantaneira.

“Toda hora se vê um animal diferente, é uma região extremamente bem conservada, de acesso fácil para o turismo e com uma estrutura boa. É gostoso de fotografar, vê-se animais. É muito interessante trabalhar a parte de fotografia com uma paisagem linda. A quantidade de vida é grande”, conta.

Para conseguir um número maior de imagens, Krause conta que foi além dos limites das áreas alagadas. “Acabei fazendo viagens específicas para fotografar coisas que eu não tinha conseguido, como algumas espécies de aves”, relata.

“A Serra do Amolar é a parte do Pantanal que tem título de patrimônio natural da humanidade. É o que mais difere e chama atenção. É longe, vê-se poucas fazendas e em termos de paisagem é mais interessante. Tem aquela parte de montanhas, lagoas, que os espanhóis chamaram Mar de Xaraés e os lagos enormes”.

Em suas aventuras, Krause já se viu diante de animais selvagens, como jacarés e onças pintadas. A experiência dele ajuda a criar coragem para obter boas imagens.

“Medo, todos têm. O importante é controlá-lo para fazer a foto. Em situações como essas, [o segredo] é saber respeitar o animal e saber que está no ambiente dele. Procurar os sinais de comportamento, ir devagar, sem encurralar o bicho, para que ele saiba que você não está lá para predar”, relata.

O fotógrafo lembra que mesmo com essas noções ele nunca viaja sozinho. Sempre conta com apoio de guias, um dos segredos para chegar nos locais certos.

“Uma forma importantíssima [para fotografar no Pantanal] é trocar ideias com o peão, o homem pantaneiro que vive lá todos os dias, sabe que horas o bicho aparece, onde ele aparece, o que ele come, se ataca ou não. O guia local tem um valor inestimável para qualquer fotógrafo”, explica.

Prêmios e preferências
Um jacaré embaixo d'água, prestes a predar um grupo de peixes. Essa imagem teve o reconhecimento pelo BBC Wildlife. “É uma das que eu mais gosto. Ela deu um esforço extra, eu cheguei perto do jacaré, é bem impactante”, relata.

O livro, segundo Krause, tem cerca de 250 fotos. É difícil apontar as melhores. Cada uma exigiu um esforço diferente. “Há lugares mais difíceis [de acessar], mais isolados. Às vezes você acaba, nesses locais isolados, conseguindo boas oportunidades de fotos”.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/05/2017 - 09h41
Cientistas desenvolvem alimentos processados de pescado pantaneiro
16/05/2017 - 14h17
Sete famílias deixam suas casas com início da cheia no Pantanal de MS
12/05/2017 - 09h50
Hidrovia do Rio Paraguai é tema de Road Show em Corumbá
04/05/2017 - 06h29
A palmeira que desponta como novo 'ouro verde' do Brasil
02/05/2017 - 12h05
'Banho de São João', de Corumbá, é selecionado para receber recursos do Ministério do Turismo
 
Últimas notícias do site
24/05/2017 - 16h26
Temer aciona tropas federais para proteger Planalto e ministérios após vandalismo, anuncia Jungmann
24/05/2017 - 15h14
Carreta do Hospital do Câncer terá exames preventivos semana que vem na Capital
24/05/2017 - 15h13
Deputado Dr. Paulo Siufi defende direito de mães à amamentação em local adequado
24/05/2017 - 15h13
FGV Projetos prorroga inscrição para o 2º Processo Seletivo Simplificado para o Censo Agropecuário do IBGE
24/05/2017 - 14h42
Bombeiros de Aquidauana recebem nova viatura de combate a incêndio
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.