zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 17/12/2013 - 06h06

O “rolezinho” e as autoridades




Por Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves*

Os bailes funk, também chamados “rolezinhos” são a nova forma de desobediência civil em São Paulo. Jovens convocam outros jovens para os eventos, realizados à revelia nos estacionamentos dos shoppings. Já aconteceu em no bairro de Itaquera e existem convocações para outros estabelecimentos. Seria, segundo organizadores, uma resposta à polícia, que os impede de fechar as ruas e realizar seus eventos. Na verdade, é mais uma forma que setores interessados na contestação social encontram para intranqüilizar a população. As autoridades precisam agir rápido e, antes que seja necessário mandar a polícia para reprimir, adotar medidas que desencorajem esse tipo de promoção, que pode resultar em vandalismo, furtos, ferimentos e até mortes.

 

            A fraqueza e a demagogia dos sucessivos governos que, para benefício eleitoral, cultivaram, ao longo das últimas décadas, a cultura da liberdade sem responsabilidade e do direito sem dever, levaram a esse estado de coisas. Hoje fecha-se ruas, estradas, depreda-se o patrimônio público e particular e pouco ou nada acontece aos agressores. Os que são presos, logo saem pela porta da frente, protegidos pela legislação leniente e até incentivadora da desordem.

 

            Agora os shoppings é que estão na alça de mira. Os contestadores invadem suas instalações e levam pânico aos funcionários e freqüentadores, atrapalhando o funcionamento dos negócios regularmente estabelecidos, que pagam seus impostos e como tal são credores de segurança para desenvolver suas atividades. O poder público, que concede alvará de funcionamento, tem o dever de garantir as condições para que as atividades se concretizem. Assim sendo, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário precisam abrir seus olhos para esse novo e ilegal fenômeno e, por seus meios, buscar uma solução. Os comerciantes, funcionários e clientes dos estabelecimentos não podem ficar à mercê dos desordeiros e nem conviver com eventos por eles realizados à revelia.

 

            É importante identificar quem são os organizadores desses “rolezinhos” e chamá-los à responsabilidade, deles exigindo as providências comuns a todos os eventos e, se insistirem em realizá-los sem as devidas autorizações e medidas de segurança, aplicar-lhes os rigores da lei. Não devem se esquecer, também, de identificar e punir aqueles que, com certeza, por algum interesse, estão atrás desses jovens incentivando-os ou até auxiliando-os na transgressão. Sem medidas enérgicas, marcharemos para a ruptura e aí, talvez, só medidas amargas – como o AI-5, que faz 45 anos nesse dezembro – sejam capazes de resolver o problema. Não podemos esperar que isso aconteça...

 

*Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.