zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 26/06/2013 - 19h58

Falando bobagens....




Por Viviane Orro

Falando bobagens....

Por Viviane Orro (*)


Então,


Trabalho num hospital de referência, de alta complexidade, onde chegam os pacientes mais graves e com maior risco de todo Estado!


Sei bem como funciona o sistema de saúde em nosso país e a necessidade dessas referências principalmente aos hospitais do interior. 


Os recursos do Ministério da Saude (SUS) são destinados aos municípios com valores proporcionais ao número de habitantes e aos serviços oferecidos no seu âmbito de atuação de assistência ambulatorial e hospitalar.


Se o município não tem condições de oferecer um atendimento ou tratamento ao seu usuário,  ele referencia para uma unidade hospitalar de maior complexidade e assim por diante....nesse caso os recursos são destinados para quem irá atender!
Até então, "no papel", tudo lindo, ótimo, perfeito!


O problema é que o Estado e a União ainda não cumprem o mínimo exigido por Lei!
Os municípios são geralmente os mais cobrados e penalizados pela falta de assistência adequada na saúde publica, mas geralmente é o único que  aloca os recursos mínimos exigidos!


Sendo assim, nós,  profissionais da saúde, nos deparamos com os problemas mais variados, estressantes e graves diariamente, pois a saúde não espera, a vida não espera....


É rotina a Central de Regulação de Vagas do Estado negar vaga de exames, atendimentos ambulatoriais e internações hospitalares. 


Isso acontece com tanta freqüência, que em casos de alguns exames de maior complexidade existem fila de espera de 1 ano e para internações ocorrem casos em q simplesmente não oferecerem alternativa, restando ao hospital e equipe de origem fazerem o que for possível p aliviar o sofrimento do doente. Ou seja, o paciente não irá ter o tratamento indicado e necessário para sua doença!  


O SUS está na UTI...em estado grave! 


Semana passada eu estava de plantão quando tive que mobilizar 3 hospitais e todo tipo de coordenadores e chefes de serviço possíveis para viabilizar um leito de UTI neonatal! Graças a boa vontade de anonimos, que vão desde o motorista da ambulância até os colegas médicos especialistas mais gabaritados do Estado, conseguimos! A criança esta bem! Teve o atendimento que merecia!


Hoje aconteceu denovo..... novamente um outro prematuro estava a mercê da sorte, chegando frágil neste mundo, esperando um leito e uma equipe de UTI.... lá vamos nós, todos nós, hospital de origem, hospital de referencia, central de regulação de vagas, médicos, enfermeiros, todos profissionais e amigos de boa vontade se mobilizando, tendo que praticamente pedir favor para se ter o que é de direito!


Nessas horas, para quem tem sensibilidade ...... vale tudo! Ameaças, imploração, choro, brigas, muuuuuitos telefonemas, enfim, um desgaste indescritível!


É normal? Não, não é! Concerteza diariamente vidas são perdidas no meio do caminho entre o que está no papel e o que acontece de fato.... entre o que deve ser feito e o que conseguimos fazer!


Para mim normal seria o médico do interior dar o diagnostico, solicitar o encaminhamento, a central de vagas avaliar qual melhor hospital para o caso especifico e a equipe de referencia ter o leito e as condições para atender! Pode parecer utopia, mas o normal de acordo com a quantidade de impostos que pagamos, seria uma saúde padrão Albert Einstein, Sírio Libanês, ou FIFA! Rsrsrss 


Acha que essa conversa para boi dormir, de mandar médicos estrangeiros para atender no interior do país, vai resolver o problema de saúde publica no Brasil? 


Não vejo falta de médicos! Pode haver falta de condição para atendimento médico...
Vejo falta de investimento, falta de medicamentos, falta de aparelhos diagnósticos, vejo hospitais sem leitos, hospitais sem manutenção, postos de saúde em estado precário de atendimento, vejo ambulâncias se deteriorando...paradas em garagens...sei lá porque, e ao mesmo tempo vejo a falta delas em outros locais, vejo a falta de leitos para recém-nascido graves, vejo a falta de exames laboratoriais e de imagem, vejo falta de macas, respiradores e monitores....Vejo falta de interesse e conhecimento dos nossos governantes!


Após todos protestos das ruas e anos e anos de pesquisa de opinião publica apontando a insatisfação com a saúde publica no Brasil todo,  escuto o pronunciamento em Rede Nacional da Presidenta, onde fala que irá trazer médicos estrangeiros para atender no interior do país, me pergunto.... 


Onde ela estava todo esse tempo para sugerir algo tão incompatível com o que de verdade precisamos?


Gostaria de escutar que a União irá cumprir a EC 29, irá atualizar os valores da tabela SUS, irá fazer concursos federais para médicos e outros profissionais da saude e aí sim garantir o atendimento em todo país, que vai permitir a entrada de médicos estrangeiros no Brasil desde que passam no exame do REVALIDA, gostaria de ter hospitais novos, hospitais e unidades de saúde com recursos para um atendimento adequado, queria vagas de leitos hospitalares para todos recém-nascidos e adultos que necessitam de atendimento, enfim... gostaria muito de sentir boa vontade e seriedade em suas ações! 


Por enquanto só ouvi bobagens!



(*) Viviane Orro é médica

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
18/04/2017 - 15h00
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte IV
18/04/2017 - 14h55
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte III
18/04/2017 - 14h50
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte II
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.