TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Aldeias do Pantanal - 01/06/2013 - 13h20

Corpo de índio morto durante desocupação de fazenda será submetido a nova autópsia




Por Alex Rodrigues, da Agência Brasil

 Brasília - Quarenta e oito horas após ter sido morto durante a ação de reintegração de posse de uma fazenda de Sidrolândia (MS), o corpo do índio terena Osiel Gabriel, de 35 anos, será submetido a uma nova autópsia. Os novos exames serão feitos a pedido do Ministério Público Federal (MPF), no Instituto Médico-Legal (IML) de Campo Grande (MS), por médicos legistas enviados de Brasília pela Polícia Federal (PF).

O pedido para o reexame foi do procurador da República Emerson Kalif Siqueira. Ele considerou que a autópsia feita na quinta-feira (30), logo após o confronto entre índios e policiais, não foi realizada nas condições adequadas. Depois que a morte de Gabriel foi atestada pelo médico que o atendeu no Hospital Beneficente Elmíria Silvério Barbosa, em Sidrolândia, seu corpo foi levado diretamente para o local onde seria velado, e não para o IML, que estava fechado devido ao feriado.

O médico legista Walney Pereira foi então ao local do velório, onde fez a autópsia, atestando que o índio morreu em função de um ferimento à bala no abdômen.

Antes mesmo de receber o resultado do exame, o procurador da República considerou necessário uma análise mais detalhada do caso, para que não restem dúvidas sobre, por exemplo, o calibre do projétil que atingiu Gabriel. O corpo do índio seria enterrado nessa sexta-feira (31), mas seus parentes concordaram com a realização da nova autópsia.

Segundo a PF, 14 adultos e três jovens, todos índios, foram apreendidos durante a ação policial de quinta-feira (30). Os adultos foram ouvidos e liberados após serem indiciados pelo crime de desobediência, cuja pena varia de dois meses a dois anos. A PF diz também ter apreendido três armas de fogo, facões, facas e arcos e flechas em posse dos índios.

A reintegração de posse foi autorizada no início da noite dessa quarta-feira (29) pelo juiz substituto da 1ª Vara Federal de Campo Grande, Ronaldo José da Silva. Segundo a PF, os índios resistiram à ação policial. Os índios, no entanto, dizem ter sido surpreendidos ainda de madrugada pela chegada dos policiais. A própria Superintendência da PF no estado confirmou à Agência Brasil que não conseguiu avisar o Ministério Público Federal e a Fundação Nacional do Índio (Funai) que iria cumprir a decisão judicial e retirar os índios da área.

A fazenda, que pertence ao ex-deputado estadual Ricardo Bacha, fica no interior da Terra Indígena Buriti, declarada pelo Ministério da Justiça como de ocupação tradicional, em 2010. Dos 17 mil hectares reconhecidos, os índios ocupam hoje apenas 3 mil hectares (um hectare corresponde a 10 mil metros quadrados, o equivalente a um campo de futebol oficial).

Uma primeira tentativa de desocupar a área foi abortada pela PF no último dia 20, quando os índios também resistiram à ação policial determinada pela Justiça que, diante do conflito, suspendeu a ordem de reintegração até que proprietários e índios realizassem reunião de conciliação. A reunião aconteceu na quinta-feira (29) e, como não houve acordo, o juiz Ronaldo José da Silva autorizou que a propriedade fosse desocupada.

* Colaborou Daniel Lima

Edição: Fernando Fraga

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
26/10/2017 - 07h05
MS: Cestas de alimentos beneficiam 2.855 mil famílias indígenas
05/05/2017 - 16h18
Campanha de vacinação dos povos indígenas 2017 começa nesta sábado
23/03/2017 - 10h58
Mato Grosso do Sul: Indígenas recebem cestas de alimentos da Conab
09/02/2017 - 10h14
Presidente nacional da Funai visita Dourados e áreas de conflito em MS
23/01/2017 - 07h27
Mitologia dos índios Guaranis vai representar o Brasil no Festival de Berlim
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 06h39
Com poucas chances de chuva, 6ª-feira será de sol e altas temperaturas
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.