TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 28/02/2013 - 16h21

Fornecedores para setor de petróleo receberão fomento




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Plano prevê Arranjos Produtivos Locais em cinco regiões

O Plano de Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais (APLs) para o setor de petróleo, gás e naval, lançado na quarta-feira (27), tem como meta a implantação, em até um ano e meio, de seis cadeias de fornecedores em cinco regiões escolhidas: Rio Grande-São José do Norte (RS), Ipatinga-Vale do Aço (MG), Ipojuca-Suape Global (PE), Maragogipe-São Roque (BA) e Itaboraí-Conleste (RJ). Segundo o coordenador-executivo do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), Paulo Alonso, seriam APLs nas áreas de mecânica, automação industrial, eletricidade e calderaria, entre outros segmentos.

Para viabilizar a implantação desses polos de fornecedores, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) espera que empresas de serviços, como hotelaria, cozinha e limpeza industrial, também tenham interesse em se estabelecer nessas regiões. Alonso informa que alguns desses cinco estados já tinham iniciativa para instalação de APLs. “Estamos juntando todos esses agentes, autoridades dos estados, Federações das Indústrias e Sebrae, além de instituições de pesquisa e universidades que possam oferecer todo o suporte de tecnologia e de conhecimento que essas empresas vão precisar para se desenvolver”, disse Alonso.

Instrumentos - Para incentivo à criação e desenvolvimento das APLs, o plano prevê a utilização de instrumentos de apoio já existentes, como iniciativas da Petrobras e crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Outros programas poderão ser desenvolvidos e incorporados ao longo da execução do projeto, como ações para fortalecimento da cultura de cooperação, desenvolvimento de fornecedores e ampliação da capacidade produtiva, desenvolvimento tecnológico e inovação, acesso a mercados e elaboração de planos de negócios ou modelos de sustentação dos investimentos privados. 

Para a secretária de Desenvolvimento da Produção do MDIC, Heloisa Menezes, o Brasil pode se tornar um fornecedor global do setor de petróleo e naval. Segundo ela, o plano tem o objetivo de fortalecer as empresas fornecedoras, contribuindo para que a indústria nacional ocupe, cada vez mais, um papel relevante no fornecimento de bens e serviços para a Petrobras e, uma vez que essas empresas atendam os requerimentos técnicos das operadoras instaladas no Brasil, estarão prontas para atender os requisitos de qualquer empresa.

O plano é uma das ações previstas em acordo assinado dia 13 de agosto de 2013 por MDIC, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e Petrobras. Durante o evento, foi assinado um contrato entre o MDIC e a ABDI para a prestação de consultoria a empresas de porte médio e médio-grande na cadeia de petróleo e gás, que também integra o Plano Brasil Maior, por meio do conselho de competitividade.

Arranjos Produtivos são aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, como: governo, associações, empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. Os APLs também são denominados de sistemas produtivos locais ou clusters.

Perspectiva - O fortalecimento da cadeia produtiva dos fornecedores da indústria de petróleo e gás busca aproveitar as oportunidades oferecidas pelas descobertas recentes, especialmente na camada pré-sal. Os principais investimentos no setor são monitorados pela segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). Segundo o sexto relatório do programa, em 2012 houve resultados importantes em relação ao pré-Sal, que comprovam o potencial de produção de petróleo e gás natural, com destaque para as descobertas em Carcará, Carioca Nordeste e Sapinhoá, e nas áreas de cessão onerosa, em Franco e Nordeste de Tupi. No pós-Sal, o destaque são as recentes descobertas feitas em águas profundas na Bacia do Sergipe. No âmbito do PAC2 foi iniciada a perfuração de 304 poços exploratórios, sendo 143 em mar e 161 em terra, dos quais 251 já foram concluídos.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.