zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 26/02/2013 - 15h05

Indústria abre em média 686 vagas de emprego por mês no Estado












Por Daniel Pedra - Chefe de Redação do Núcleo de Comunicação do Sistema Fiems

Apenas em janeiro deste ano, conforme o Radar da Fiems, foram criadas 748 postos formais, a maioria na construção civil

Nos últimos 12 meses, o setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, abre, a cada 30 dias, em média, 686 postos formais de emprego, totalizando no período, que vai de janeiro de 2012 a janeiro de 2013, 8.234 novas vagas, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego. Na prática, a indústria responde a 38,9% dos novos empregos criados em Mato Grosso do Sul no período, ficando atrás, somente, do setor e serviços, que, no mesmo período, apresentou a abertura de 9.159 postos ou 43,2%.

Para o presidente da Fiems, Sérgio Longen, com a constante geração de empregos, a indústria continua demonstrando força na economia do Estado, o que também pode ser medido pela crescente expansão das exportações de industrializados. “A nossa expectativa é de que o setor industrial encerre o ano de 2013 com a geração de cerca de 10 mil novos postos de trabalho com o avanço da atividade nas diversas regiões do Estado”, avaliou. Ainda conforme a análise do Radar da Fiems, somente no mês de janeiro deste ano a indústria foi responsável pela abertura de 748 postos formais de trabalho no Estado, a maioria do segmento da construção civil.

Com esse montante, o setor alcançou um estoque total de 130.573 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul, respondendo por 21% de todo o emprego formal existente no Estado, atrás somente dos setores de serviços (27,4%) e administração pública (21,8%), com um total de 170.560 e 135.749 empregos formais, respectivamente. Já Mato Grosso do Sul, com o saldo obtido em janeiro de 2013, alcança a marca de 622.576 postos formais de trabalho, indicando uma elevação equivalente a 0,08% sobre o estoque total verificado ao fim de 2012.

Índice de Evolução do Emprego
 
Já com relação ao Índice de Evolução do Emprego Formal na Indústria, o segmento industrial, na posição verificada em janeiro de 2013, foi de 191,3 pontos, indicando um crescimento de 91% sobre o estoque do ano base de 2005, quando o setor tinha 68.269 trabalhadores. Na mesma comparação, o setor de serviços apresentou um índice de 171 pontos e crescimento de 71%, o comércio com 149,2 pontos (+49%), a agropecuária com 120,6 pontos (+21%) e administração pública com 116,8 pontos (+17%), enquanto no caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul o índice de evolução alcançou a marca 148,5 pontos (+49%).

Constata-se, deste modo, que no período compreendido entre 2005 e 2013, até o mês de janeiro, o ritmo de expansão do emprego formal na indústria em Mato Grosso do Sul foi 29% maior que aquele apresentado pelo conjunto da economia estadual. Na mesma comparação, em relação aos segmentos de serviços, comércio, agropecuária e administração pública, o ritmo de expansão da indústria foi maior em 12%, 28%, 59% e 64%, respectivamente.

Já na comparação com o mês imediatamente anterior, o índice de evolução do emprego se comportou da seguinte maneira: indústria (+0,58%), serviços (-0,18%), agropecuária (+0,62%), comércio (-0,39%) e administração pública (0%). Por fim, quando comparado com igual mês do ano anterior, o índice de evolução do emprego formal apresentou o seguinte desempenho: emprego total (+3,8%), serviços (+6,4%), comércio (+3,7%), indústria (+6,9%), administração pública (0%) e agropecuária (-0,4%).

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.