especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Esportes - 18/02/2013 - 15h05

Atletas que foram a Londres estão na nova lista




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

71% da comitiva receberá bolsa em 2013

Dos 441 atletas (259 olímpicos e 182 paraolímpicos) que foram para Londres, 313 (71%) estão nesta nova lista que contempla 55 modalidades (veja tabela).

A relação conta com nomes como os medalhistas olímpicos Sarah Menezes (judô), Artur Zanetti (ginástica), Thiago Pereira (natação), Felipe Kitadai (judô), Rafael Silva (judô), Yane Marques (pentatlo moderno), Esquiva Falcão (boxe), Yamaguchi Falcão (boxe), Adriana Araújo (boxe) e Bruno Prada (vela).

O apoio tem sido importante para revelar os talentos nacionais, como a
mesatenista Caroline Aiko Kumahara, que é bolsista desde 2010. “É difícil
conseguir patrocínio privado, porque não temos muita visibilidade, mas o
esporte é caro”, diz. Ela deixou de ser promessa do tênis de mesa nacional
para se tornar uma realidade. Com a estreia olímpica durante os Jogos de
Londres 2012, a bolsista é atualmente a número um no Brasil e ocupa a 189ª posição entre as melhores mesatenistas do mundo.

Entre as novas promessas brasileiras está Tamiris de Liz, que, apenas dois anos após ter sido campeã das Olimpíadas Escolares 2010 na prova dos 200m, a velocista foi convocada para integrar como reserva a equipe brasileira que disputou a medalha no revezamento 4x100m nos Jogos Olímpicos de Londres. Hoje, aos 17 anos, Tamiris é uma das promessas para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Desde 2010, quando ainda estava no circuito de competições estudantis, a atleta recebe o benefício do programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte.

A atleta já acumula títulos importantes: ficou com a medalha de bronze no
Mundial Juvenil de Atletismo 2012, disputado em Barcelona, no qual era
a atleta mais jovem na final dos 100 m rasos. Além disso, a bolsista é a
atual segunda colocada no Ranking Mundial de Menores da Associação
Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) na prova dos 100 m rasos.

Descoberta pela técnica Margit Weise nos Jogos Escolares de Santa Catarina em 2006, Tamiris recorda que se interessou pela modalidade assim que a conheceu e que as competições escolares foram fundamentais em sua formação como atleta de alto rendimento.

Programa de patrocínio é o maior do mundo

O Bolsa-Atleta é o maior programa de patrocínio individual de esportistas de alto rendimento, que obtêm bons resultados nas competições nacionais e internacionais. Desde 2010, o Ministério prioriza a concessão das bolsas para atletas de esportes dos programas olímpico e paraolímpico, aos quais são destinados 85% dos recursos orçamentários.

O Bolsa-Atleta atende esportistas que tenham obtido bons resultados,
independentemente de sua condição econômica. O atleta necessita obter
bom desempenho (primeiro, segundo ou terceiro lugar) nas competições
qualificatórias indicadas pelas respectivas confederações de cada esporte.

Para ter inscrição assegurada, basta cumprir os requisitos legais para cada categoria do benefício, e manter-se em treinamento e competição.

O programa visa garantir condições mínimas para que os atletas se
dediquem, com exclusividade e tranquilidade, ao treinamento esportivo para desenvolver seu rendimento e participar de competições locais, sulamericanas, panamericanas, mundiais, olímpicas e paraolímpicas. A meta é tornar o Brasil uma potência olímpica a partir dos Jogos Rio 2016.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
04/01/2018 - 10h28
Corumbaense estreia na Copa São Paulo e desafio é diante do Corinthians
04/01/2018 - 07h07
Comercial empata com Coritiba e Corumbaense pega o Corinthians
02/01/2018 - 09h14
Com dois times de MS, Copa São Paulo abre temporada do futebol brasileiro
27/12/2017 - 12h40
Convênio termina e Prefeitura devolve administração do Arthur Marinho para LEC
01/12/2017 - 13h40
Em grupo com Suíça, Costa Rica e Sérvia, Brasil pode pegar Alemanha nas oitavas
 
Últimas notícias do site
23/01/2018 - 13h23
Brasil entra na corrida para desenvolver mandioca com amido ceroso
23/01/2018 - 13h02
Inmet alerta para risco de tempestade com granizo em 19 municípios
23/01/2018 - 10h42
Marinha tem vagas para temporários com salário de até R$ 3,1 mil
23/01/2018 - 10h20
Unidades de conservação podem ser administradas por parcerias público-privadas
23/01/2018 - 09h40
Perguntas e respostas sobre o julgamento do recurso de Lula no TRF-4
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.