zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 12/12/2012 - 09h29

Nova indústria de celulose já tem planos de expansão e projeto para centro de tecnologia




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

Rachid Waqued

 

 

Três Lagoas (MS) – Em entrevista coletiva que antecede a inauguração da fábrica de celulose, o diretor-presidente da Eldorado Brasil, José Carlos Grubisich, confirmou os planos de início imediato de projetos de expansão que irão elevar a produção inicial de 1,5 milhão de toneladas anos para 5 milhões em 2021. O empresário também anunciou que será construída na região - não necessariamente em Três Lagoas – um centro de tecnologia para desenvolvimento de novas variedades de eucalipto.

 

Grubisich disse que a fábrica que foi construída no município sul-mato-grossense  é “uma empresa que tem a ambição de ser a nova referência, o novo paradigma na produção de celulose no Brasil e no plano internacional”. Para atingir essa meta, a unidade fabril conta com o que há de mais moderno em engenharia, mecânica e leiaute.

 

Para o presidente da indústria que coloca Mato Grosso do Sul e Três Lagoas como destaques na produção mundial dessa matéria-prima, alguns pontos são fundamentais nesse empreendimento. O primeiro é a autossuficiência de energia elétrica – a fábrica vai gerar a própria energia a partir da biomassa e ainda terá insumo para vender. Os 220 MW gerados seriam suficientes para abastecer uma cidade como Campinas ou Curitiba.

 

Outro ponto de destaque é que a fábrica tem, no ramo industrial da celulose, o menor consumo de produtos químicos, comparados a outras.

 

Expansão

 

A implantação da unidade consumiu investimento de R$ 6,2 bilhões e, conforme o diretor-presidente, já existe plano de expandir a capacidade atual de 1,5 milhão de toneladas/ano para 1,6 milhão em 2014; para 1,7 milhão em 2015, e “a partir de amanhã já começa o trabalho para viabilizar o segundo programa, para uma unidade que possa operar a partir de 2017”. Os investimentos continuarão progressivos até 2021, atingindo a produção de 5 milhões de toneladas.

 

Em busca de ser referência em competitividade e sustentabilidade, a Eldorado irá criar um Centro de Tecnologia Florestal na região do Bolsão, em município a ser ainda definido. “Isto é para que comecemos a desenvolver novas variedades de eucaliptos, colocar novas variedades disponíveis e, com isso, ganhar produtividade e competitividade”.

 

José Carlos Grubisich apontou ainda como pontos importantes a qualidade das pessoas que trabalharam desde o início no projeto, e que ajudaram a construir a unidade em tempo recorde de dois anos. “Quer dizer é um marco. O Brasil vive regime de pleno emprego, não é fácil mobilizar 15 mil pessoas para trabalhar num projeto como esse, e conseguimos vencer o desafio”, afirmou.

 

Mesmo nessa fase inicial, as condições de operação já são consideradas excepcionais, e a qualidade da celulose produzida atende às especificações internacionais. “Já começamos a embarcar para os clientes brasileiros. Até o fim do mês, embarcamos para a Ásia, e em seguia para os Estados Unidos e Europa”, revelou o empresário. De toda a produção, 90% vai ser vendida no mercado internacional.

 

Gás

 

Uma novidade é que já existe para a fábrica um plano de até o fim do ano que vem ter o gás natural em substituição ao óleo combustível. “O gás vai aumentar a competitividade e a sustentabilidade. Cai o custo de produção e o impacto ambiental”, resumiu Gubisich, revelando que a Eldorado dispõe de contrato firmado com a empresa estadual MS Gás, que tem o compromisso de construir o ramal ligando a linha principal do gasoduto até a indústria.

 

Social

 

A empresa também assegura que irá implantar um programa de investimento em infraestrutura social na região, incluindo as cidades de Três Lagoas, Selvíria, Inocência e Aparecida do Taboado, com previsão de R$ 25 milhões a serem aplicados em dois anos. Os detalhes ainda estão sendo fechados, mas o presidente da Eldorado, que chama o investimento de “contrapartida de natureza social”, citou que deve incluir melhoria de hospitais, creches, escolas, Unidades de Pronto Atendimento. “Eu acho que essa colaboração da empresa com a comunidade vai trazer frutos, e é importante porque fomos recebidos de braços abertos”.

 

 O principal atrativo para a cidade sul-mato-grossense ter recebido o empreendimento foi a combinação de disponibilidade de terras e a existência de uma cultura do trabalho com o eucalipto aliada à logística para chegada de matéria-prima e escoamento da produção.

 

Na entrevista coletiva, em que detalhou a origem do investimento de R$ 6,2 bilhões para concretização do negócio, José Roberto Grubisich também citou que, da parte do governo do Estado, a parceria veio através do programa de incentivos fiscais.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.