zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Correio de Corumbá - 13/12/2008 - 20h00

Corumbá: Jornalistas Adolfo Rondon e Farid Yunes estréiam no Pantanal News

Colunas 'Variedades' e 'Coisas que acontecem', do 'Correio de Corumbá', estão no Portal Pantanal News




Por Armando de Amorim Anache, da Redação Pantanal News

Os jornalistas e radialistas Adolfo Rondon e Farid Yunes colaboram, a partir de hoje, com o Portal Pantanal News.

Os dois profissionais editam o jornal "Correio de Corumbá" (www.correiodecorumba.com.br), com diagramação de Alle Yunes e sede e Parque Gráfico na rua 7 de Setembro, 249, Centro de Corumbá, na fronteira com a Bolívia.

O nome do jornalista e radialista Adolfo Rondon é uma marca na imprensa regional, desde o Mato Grosso integrado. Descendente dos desbravadores do Pantanal do Rio Negro (Aquidauana) e da Nhecolândia (Corumbá), já militou na imprensa de Campo Grande, onde foi assessor de imprensa na segunda administração do prefeito Antônio Mendes Canale; depois atuou na imprensa de São Paulo, Capital e, desde 1977, retornou à Cidade Branca, onde foi Chefe-de-Gabinete do então prefeito, médico Fadah Gattass, em seu primeiro mandato e, depois, secretário de Governo do prefeito e médico Hugo Costa. Hoje é o jornalista responsável e revisor da Revista Cidade Branca e do jornal Correio de Corumbá.
Jornalista filiado à FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas), Adolfo Rondon acompanha a histório desta região do Brasil há mais de 40 anos.
Começou muito jovem no Rádio e nos jornais. Atualmente, é editor do jornal "Correio de Corumbá", ao lado do também jornalista e radialista Farid Yunes.
Adolfo Rondon é daqueles profissionais que podem ser chamados de versáteis. Sua editoria é e sempre será a "Geral". Para ele, tanto faz cobrir um fato policial, político, esportivo, econômico ou social. Sua tenacidade é sempre a mesma de um jovem repórter, mas com a experiência que somente aqueles mais antigos na profissão são capazes de possuir.
O leitor do Portal Pantanal News passa a desfrutar, a partir de hoje, da leitura da coluna "Variedades", assinada pelo jornalista e radialista Adolfo Rondon.
Em breve, a mesma coluna voltará a ser publicada, também, no novo site do jornal "Correio de Corumbá" (
www.correiodecorumba.com.br), cujo novo projeto visual, a cargo de Alle Yunes, estará na internet no início de 2009.
Boa leitura!

O radialista e jornalista Farid Yunes, editor do jornal "Correio de Corumbá", fundado em 21 de setembro de 1960, estréia a sua coluna "Coisas que acontecem", no Portal Pantanal News.
Farid Yunes, o mais novo colaborador do Pantanal News, milita há mais de 25 anos na imprensa corumbaense, na fronteira do Mato Grosso do Sul com a Bolívia. Foi secretário de Imprensa da Prefeitura de Corumbá no governo de Fadah Gattass, de 1993 a 1996.
Atualmente, participa da programação da rádio Pantanal FM, na freqüencia de 87,9 MHz, a "emissora do lado esquerdo do seu coração".
Em breve, a coluna do jornalista e radialista Farid Yunes voltará a ser publicada no site do jornal Correio de Corumbá (
www.correiodecorumba.com.br), que passa por reformulaçoes gerais, com projeto visul de Alle Yunes.
Leia a coluna "Coisas que acontecem" e saiba tudo sobre os principais fatos de Corumbá, Ladário e Mato Grosso do Sul.

 

Coisas que Acontecem - 6 de dezembro de 2008

Por Farid Yunes Solominy

 

Senador Delcídio x Radialista Chicão

            O Juiz de Direito da Comarca de Campo Grande, Dr. Marcelo Câmara Rasslan, em decisão proferida na data de 28 de novembro do corrente ano, julgou procedente o

            O radialista Chicão de Barros, proprietário do site de notícias denominado Cidade

            O site em questão, por intermédio do seu proprietário Francisco Patrício de Barros Sobrinho (Chicão),contestou a ação contra ele movido por Delcidio do Amaral Gomez, alegando, em síntese, que agiu no exercício regular de direitos constitucionais, quais sejam, as liberdades de pensamento e de expressão, sustentando ainda que a enquete é implícita e que não foi dirigida ao requerente.

            Resumindo, o Juiz Marcelo Rasslan decidiu tratar-se de ação de indenização por danos morais,condenando o comunicador corumbaense Chicão de Barros ao pagamento do valor estabelecido em R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), a serem devidamente corrigidos pelo IGP-M, desde a época dos fatos (27/12/2004), acrescidos de juros de mora de 1.º ao mês, além das custas processuais e honorários advocatícios, no valor de 10% sobre o total da causa, devendo cumprir a presente sentença independente de nova intimação, dentro do prazo de 15 dias, sob pena de ter que pagar mais 10% de multa.

            Chicão, caso queira, ainda poderá recorrer junto às instâncias superiores como o e

 

Ouro

            Na próxima legislatura da nova Câmara Municipal de Ladário (MS), cada Vereador terá um salário de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) mensais. A Câmara ladarense é composta de nove membros e só tem umasessão semanal, com direito a quatro meses de férias e também não se tem notícia de desconto no salário quando falta a sessão ordinária.

            Em um município como Ladário seria impossível receber um salário como esse, mesmo trabalhando oito horas por dia. E pensar que um oficial das Forças Armadas demora no mínimo dez anos para obter tal salário.

 

Mudanças

            Como este colunista previu, algumas mudanças teriam que ocorrer no Governo Municipal em Corumbá-MS e já teve início.

            O secretário de . Outras mudanças deverão ocorrer em duas etapas: uma de imediato, possivelmente no dia da posse em 1.º de janeiro e as outras em abril.

            Em lugares estratégicos do chamado segundo escalão da prefeitura, também deverão acontecer mudanças. Dinamismo, criatividade, iniciativa própria e mobilidade são qualidades que deverão marcar o secretariado municipal no segundo mandato de Ruiter.

 

Feira Livre

            As diversas feiras livres que são realizadas em Corumbá, já estão sofrendo o esvaziamento previsto por falta de modernização de métodos e de atualização no atendimento.

            Há décadas as feiras  são sempre as mesmas, sem atrativos, embelezamento e organização.

            Padronização das barracas em tamanho, cores e instalações seria o primeiro passo a ser tomado.

            O vestuário também tem que ser uniformizado. Uma outra grande atitude seria ao final da feira se promover o imediato recolhimento do lixo produzido, colocando-o em embalagem própria. Seria um grande exemplo.

 

Ricardo Éboli

 

            Ricardo Éboli, que irá ocupar a secretaria de Desenvolvimento Agrário da Prefeitura de Corumbá, também teve um período apagado na secretaria de Meio Ambiente, onde plantou mudas em algumas ruas da cidade e comemorou algumas datas.

            Éboli foi precursor do plantio de morangos em Corumbá, cujo projeto não vingou, causando frustração e decepção ao “moranguinho”. Na secretaria de Meio Ambiente não promoveu junto às escolas, a tarefa de repassar aos estudantes, o significado de proteção ao meio ambiente.

 

Viva eu, viva tudo

            Comentei certa vez que não existe hipocrisia maior do que a pessoa ter que pagar para ser homenageada. Onde todos que lá estão pagaram para serem homenageados. Um olhando desconfiado para a cara do outro e meditando ou indagando para si próprio: “Quanto será que aquele lá daquela mesa pagou. Será que foi mais ou menos do que paguei?”. De repente, no meio da festa, o pior vira o melhor do ano em sua profissão, em sua atividade, se bem que toda regra tem honrosa exceção,com alguns sendo condecorados por méritos já reconhecidos pela comunidade.

            Acho eu que a espontaneidade é o melhor reflexo para um elogio. De que adianta pagar conceito ou jantar para ter holofotes?

 

Visita

            Estive em visita a subsecretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Corumbá para rever meus amigos Jonas de Lima, Antônio Miranda (Toninho), Marcelo Fernandes, Silvio Andrade, Marcos Boaventura, Armindo Frota.

            Notei muita gente competente em um lugar só. Fiquei chateado com o tratamento que a radialista Lú Barreto, quando interinamente chefiou essa Assessoria, dispensou a esses companheiros que estão entre os melhores profissionais do Mato Grosso do Sul e, aliás, ainda dispensa como subordinada.

            Lú, no rádio você é nota dez. Não chute essa oportunidade que está tendo, pisando nos colegas de trabalho. E por ocasião de eventos, reuniões com autoridades, ao encontrar ou cruzar por um colega da imprensa, lhe de um cumprimento, pelo menos um bom dia, boa tarde ou boa noite. Ninguém é superior a ninguém na nossa imprensa. A humildade é uma excelente qualidade do ser humano.

            Cabe o velho provérbio que diz: quer conhecer uma pessoa? Então dê-lhe cargo, poder e dinheiro. Quer conhecer Dom Dieguito, dê-lhe um carguito.

 

Vigilância

            É claro que a Guarda Municipal de Trânsito em Corumbá vem fazendo um bom trabalho para melhorar a circulação de veículos nas vias públicas. Poderia ser melhor.

            Hoje equipada com viaturas, motos, aparelhos de comunicação e outros instrumentos de trabalho, bem que poderiam fazer a fiscalização em locais diversos e não ficar somente acumulado na área central da cidade.

            No dia 2 de dezembro, por volta das 17 horas, seis guardas municipais estavam na mesma quadra (AntônioMaria, entre Treze e Delamare, bem no centro de Corumbá). Eram três duplas de guardas. Enquanto em alguns outros pontos...

 

Perguntar não ofende

            Até hoje não vimos a destruição de e

            Aliás, nem o

            E a gasolina clandestina da Bolívia apreendida, também ninguém sabe qual o fim que elarecebe.

            E as apreensões também feitas junto aos ambulantes bolivianos, que fim estariam levando?

 

Para ler a coluna "Variedades", do jornalista e radialista Adolfo Rondon, clique AQUI

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
Moradores do Bairro centro América, em 30/12/2008 - 14h20

Para Farid Yunes Solominy De Moradores do Bairro centro América http://centroamericabairro.blogspot.com/. http://alamedarubica.blogspot.com/ Moradores fazem mutirão de protesto em Corumbá Moradores do bairro Centro América realizam no sábado, 17 de janeiro de 2009, um mutirão em protesto na tentativa de solucionar um problema, que segundo eles, já se arrasta por cerca de dois anos. Os moradores vão fazer uma promoção de sarravulho para arrecadar dinheiro para pavimentar um trecho da rua Barão de Melgaço, entre as ruas Professor Helio Benzi (antiga Esmeralda) e Alameda Rubi. A promoção, marcada para 11 horas, terá direito a refrigerante, animação, além de uma pitada de ironia. Todos os vereadores e autoridades foram convidados. “Queimar pneus, paralisar o trânsito, erguer faixas e cartazes de protesto são formas das comunidades carentes saírem da invisibilidade e mostrar sua insatisfação com a falta de esgotamento sanitário, pavimentação asfáltica, escadarias, entre outras obras de infra-estrutura. Entretanto, na maioria das vezes, essas ações se desfecham com promessas, por parte dos governantes. E estas, muitas vezes, não são cumpridas. Cansada de esperar a intervenção da Prefeitura, nós os moradores do bairro resolvemos unir esforços no intuito de preencher as lacunas deixadas pelo poder público”, reclama os moradores. Embora haja pavimentação asfáltica na rua Barão de Melgaço, entre o trecho das ruas Professor Helio Benze e Tonico de Medeiro (conhecida como Totico de Medeiros), outros dois trechos não foram pavimentados. São eles: o trecho das ruas Rui Barbosa e Tonico de Medeiro e o trecho das ruas Professor Helio Benze e Alameda Rubi. “As obras de infra-estrutura melhoraram o bairro. Mas ainda é pouco. No ano de 2007, a placa da obra anunciava a pavimentação asfáltica das ruas Cáceres, Barão de Melgaço e Fernando de Barros, a mesma não informava a pavimentação de trechos, como foi executada a obra, concluímos na época, que a prefeitura deveria asfaltar rua inteira, da Alameda Rubi à rua Rui Barbosa. Algo semelhante aconteceu na rua Fernando de Barros, entre as ruas Albuquerque e Rui Barbosa, a pavimentação asfáltica não seguiu até o final da rua, faltou uma quadra à ser asfaltada. Procuramos incansavelmente as autoridades, reclamamos, fizemos abaixo-assinados, manifestos e nada foi pronunciado pelo secretário de Desenvolvimento Sustentável”, explica os moradores.

Luiz Afonso, em 27/12/2008 - 02h48

Preclaro Farid. Gostaria de saber como pode, um projeto da câmara dos vereadores, prevalecer sobre o que está previsto na constituição federal. Segundo a Constituição Federal, o subsídio dos vereadores deve ser fixado pelas respectivas câmaras municipais em cada legislatura para a subseqüente, observando os limites máximos de remuneração, de acordo com o número de habitantes do município. Em municípios de até 10 mil habitantes, o salário máximo dos vereadores corresponderá a 20% do subsídio dos deputados estaduais; de 10 mil a 50 mil, a 30%; de 50 mil a 100 mil, a 40%; de 100 mil a 300 mil, a 50%; de 300 mil a 500 mil, a 60%; e mais de 500 mil, a 75%. O subsidio do deputado sul mato-grossense é de 12.458.00 reais. Portanto os vereadores, da minha amada Ladário, teriam que receber no Maximo 3.737.00 reais. Espero que os vereadores não aprovem uma lei tolhendo o meu direito de ir e vir previsto na constituição, ou o direito de expressar minha opinião. Gostaria muito que, os nossos juizes de direito, defensores públicos e promotores de justiça. Atentassem para essas práticas de abuso de poder, que existem nas câmaras legislativas. E cobrassem o que é previsto na carta magna do País. Luiz Afonso Perez Mazó

 
Últimas notícias do canal
06/08/2012 - 10h37
Exposição na TV Brasil Pantanal homenageia principais colônias de Campo Grande
22/10/2009 - 14h29
Projeto "Conexão Rua em Dança" visita Nova Andradina
21/09/2009 - 14h00
Marco recebe a visita de estudantes para a 3ª Primavera de Museus
17/06/2009 - 08h15
Nosso destaque especial
17/06/2009 - 08h09
Corumbá de boas lembranças
 
Últimas notícias do site
25/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
25/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
25/09/2017 - 16h38
Preço do botijão de gás terá reajuste de 6,9% a partir de amanhã
25/09/2017 - 15h47
Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel
25/09/2017 - 15h24
Governo decide manter o horário de verão a partir de outubro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.