TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cinema - 26/11/2012 - 16h29

Cinema d(e) Horror encerra a temporada 2012 com “Deus da Carnificina”




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

Campo Grande (MS) – O projeto Cinema (d)e Horror, uma parceria entre a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza a última edição de 2012 com a exibição do filme “Deus da Carnificina” na próxima quarta-feira (28), às 18h30, na sala Rubens Corrêa, do Centro Cultural José Octávio Guizzo, com entrada gratuita.

 

O filme “Deus da Carnificina” (2011/França-Espanha-Polônia-Alemanha/79min/14anos) do diretor de Roman Polanski, inspirado na peça francesa Le Dieu Du Carnage, de Yasmina Reza, conta a história de um garoto que empreende um ato de violência contra seu colega após uma discussão. Para tentar resolver o caso de forma séria, educada e tolerante, os pais das duas crianças se encontram de maneira informal para uma conversa. Contudo seus defeitos, corrupções e falhas de caráter acabam por derrocar as máscaras de bons cidadãos “burgueses” e transformam o encontro em um caos.

 

“A história inteira se passa dentro do apartamento dos pais da criança agredida, com exceção apenas da primeira, em que se passam os créditos iniciais, mostra o momento da briga dos garotos em um parque de Nova York. O interessante da cena inicial é que ela se desenvolve absolutamente em um plano geral, longe dos garotos, e tem como fundo uma trilha sonora leve com uma orquestração, assim como na última cena. Ironicamente, a música se contrasta com a ação de violência que se desenrola, explica André Benatti, acadêmico do mestrado de linguagens da UFMS e mediador dessa sessão.

 

“A narrativa se desenvolverá a partir dos diálogos e das ações pontuais dos atores, que são peça chave, fechados em um apartamento. Isso pode parecer inusitado a uma pessoa habituada apenas com a linguagem cinematográfica, já que essa fórmula narrativa vem do teatro”, conta André.

 

“Problemas ideológicos sobre ética, conflitos sócio-econômicos e de gênero, para finalmente o niilismo. O que divide esses conflitos é uma linha tênue que se desenha separando os personagens um do outro. O intrigante é que em muitos momentos os personagens Nancy e Alan, pais do garoto agressor, tentam sair do conflito indo embora do apartamento, no entanto alguma circunstância acaba sempre por fazê-los ficar, como se estivessem presos àquilo”, comenta o mediador.

 

“No ponto final fica o niilismo, que em um movimento inverso ao começo do filme, vemos um pequeno roedor em um plano próximo no qual a câmera vai se afastando e abrindo para um plano geral que mostra as crianças que causaram a briga, agora brincando como amigos novamente. Uma forma de dizer que, no fim, toda aquela discussão não significava nada”, finaliza André.

 

O Cinema d(e) Horror está em seu 5º ano, sendo administrado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propp) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, através da professora doutora Rosana Cristina Zanelatto Santos, Carol Sartomen, mestra em Estudos de Linguagem pela UFMS e Rodrigo Kruppa, acadêmico do curso de Letras da UFMS.

 

Geralmente tem duas exibições mensais e conta com a participação de graduandos e mestrandos da área de Letras da UFMS ou convidados especiais para as exibições e debates de filmes que tratam da categoria "Horror" no plano das artes, contando também com a participação da sociedade campo-grandense.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e a 14 de Julho.

 

Fonte: FCMS

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/03/2013 - 15h09
Gênero, Corpo e Sexualidade da Mulher Contemporânea serão discutidos no Cineclube
12/03/2013 - 17h00
UEMS em Campo Grande promove mostra de cinema e literatura portuguesa
08/03/2013 - 17h00
Rota Cine MS inicia suas atividades em 2013 com sete anos de existência
01/03/2013 - 15h45
Festival de Cinema CurtAmazônia abre inscrições
22/02/2013 - 07h57
Nova temporada do projeto Cine Clube aborda obesidade infantil
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 06h39
Com poucas chances de chuva, 6ª-feira será de sol e altas temperaturas
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.