zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 24/10/2012 - 16h45

Senai inicia 4º módulo de programa de qualidade para indústria da confecção




Por Daniel Pedra - Chefe de Redação do Núcleo de Comunicação do Sistema Fiems

Trata-se do módulo de produto e é ministrado pela consultora Fernanda Carlos, do Senai/Cetiqt

No âmbito do Programa Sebraetec, que oferece serviços de inovação e tecnologia para empresários e é desenvolvido no Estado pelo Senai, ApexBrasil, Sebrae/MS e Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), teve início ontem (22/10) o 4º módulo do Programa de Qualidade e Produtividade para as Indústrias de Confecções. Trata-se do módulo de produto, que tem duração de cinco dias, ministrado pela consultora Fernanda Carlos, do Senai/Cetiqt (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), do Rio de Janeiro (RJ).

Ao todo, o Programa de Qualidade e Produtividade para as Indústrias de Confecções tem quatro temas: processo produtivo; custos e indicadores; modelagem; e produto, além de treinamentos e consultorias para as indústrias do vestuário da Capital. Para o gerente de tecnologia e inovação do Senai, Dax Peres Goulart, o objetivo principal dessa ação é contribuir para o aumento da competitividade das indústrias de confecção do Estado. “A consultoria vem somar conhecimento para as empresas e funcionários no intuito de elevar a capacitação, e consequentemente, aprimorar a produtividade com a melhora da qualidade do processo produtivo”, destacou.

O presidente do Sindivest/MS, José Francisco Veloso, que também é o representante do Centro-Oeste no Conselho Técnico do Senai/Cetiqt, reforça que a iniciativa compõe umas das ações do Sindicato, juntamente com o Sistema Fiems e demais entidades, para alavancar a competitividade das indústrias do vestuário no Estado. “As empresas precisam criar novos produtos, qualificar as linhas de produção e buscar novos mercado. Para isso, é preciso aprimorar os conhecimento e adquirir novas informações através de parceiros como o Senai/Cetiqt, que é referência para o setor têxtil e da moda no Brasil”, destacou.

Aula

De acordo com consultora do Senai/Cetiqt, Fernanda Carlos, o treinamento tem 20 horas-aulas. “O intuito é levar o empresário a entender a importância de ter o embasamento técnico e conceitual para melhor administrar a empresa e dessa forma ter sucesso no desenvolvimento de seus produtos, pois levamos a eles após o diagnóstico um levantamento que aponta as possíveis melhorias”, explicou. Dentre os temas abordados na aula estão o design, planejamento estratégico, gestão de marcas, público-alvo, marketing, comercialização, projeto de produto, conceituação, pesquisa e ficha técnica.

Para a empresária da República Universitária e também diretora do Sindivest/MS, Juliana Aranda, o Programa vem atender a uma necessidade do setor para valorizar a indústria local. “É uma oportunidade de melhorar a competitividade através do conhecimento adquirido com profissionais capacitados, justamente para aprimorar o produto e possibilitar a expansão desse mercado que está em expansão”, declarou. 
 
A operadora de caixa da República Universitária, Samantha Dantas, 18 anos, já está colocando em prática todo o conteúdo do curso. “Esse aprendizado faz com que a empresa tenha um diferencial no mercado”, disse. Já a modelista da Di Classe, Rosangela dos Santos Valhejo, 35 anos, acredita que o aprendizado tem ajudado no dia a dia da empresa. “O curso mudou minha visão, a forma de olhar o desenvolvimento da empresa”, afirmou.

O Programa de Qualidade e Produtividade para as Indústrias de Confecções começou no dia 10 de setembro e atende 10 empresas do segmento, abordando temas como design, processo produtivo, modelagem e gestão de custos, com o total de 56 horas por empresa, oferecendo os serviços de capacitação, diagnóstico técnico e consultoria.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.