especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Jurídico - 18/10/2012 - 10h45

Decisão do TSE pode causar reviravolta na composição das Câmaras Municipais




Por Redação Pantanal News/Midiamax

O resultado do primeiro turno das eleições municipais poderá sofrer alterações em Mato Grosso do Sul devido a Lei da Ficha Limpa. Na proporcional existem 95 vereadores com recursos a serem julgados. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está acelerando o julgamento desses candidatos para que as decisões saiam até a data da diplomação, que acontecerá no dia 19 de dezembro.

De acordo com o presidente do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), desembargador Josué de Oliveira, os candidatos que estão com registro de candidatura indeferido com recurso e receberam votos suficientes para se elegerem, dependem da decisão da Corte para comemorar.

“O candidato que teve o registro indeferido com recurso pelo TRE, recebe os votos, mas esses votos não são contados, não aparece votação para este candidato”, explicou o desembargador. Isto quer dizer que, para tomar posse no dia primeiro de janeiro, o candidato com recurso indeferido pelo Tribunal Regional, terá que conseguir o deferimento pelo TSE.

Ainda de acordo com o corregedor, uma reviravolta pode ocorrer, por exemplo, na Câmara Municipal de Campo Grande também por conta de recursos a serem julgados pelo TSE. “Se eles receberam votos suficientes para se elegerem e conseguirem o deferimento na última instância, tudo pode mudar”, destacou.

O desembargador explicou que, para se obter o resultado da chapa proporcional é estabelecido um quoeficiente eleitoral e um quoeficiente partidário. No eleitoral, os votos válidos são divididos pelo número de vagas na disputa. Em Campo Grande, como são 29 vagas, todos os votos válidos são divididos por 29 e, assim, tem-se os mais votados.

Em seguida, tem-se o quoeficiente partidário, onde se divide a votação obtida por cada partido (votos nominais + votos na legenda) pelo quoeficiente eleitoral. O número obtido dessa divisão, desprezando as frações, é o número de vereadores que ocuparão, em nome do partido/coligação, as cadeiras do Poder Legislativo. Os mais votados serão os titulares do mandato, que neste caso foram eleitos pelo quoeficiente eleitoral.

Desta forma, se um candidato a vereador com recurso indeferido tiver recebido mais votos e conseguir em última instância ter sua candidatura deferida, o resultado da eleição será modificado. Na Capital, cinco candidatos à Câmara Municipal aguardam decisão do TSE.

É o caso de Robson Leiria Martins (PTB), que recebeu 2.421 votos do eleitorado campo-grandense. Se ele tiver o registro de sua candidatura deferida pelo Tribunal Superior, os votos de todos os candidatos, mesmos os eleitos, sofrerão modificações. “Altera tudo”, disse o presidente do TRE, sem elencar as mudanças. Ele esclareceu que após a decisão do Supremo, essa alteração ocorre rapidamente. “O sistema faz uma nova contagem de votos que sai rapidamente”, assegurou.

Sobre o fato de as decisões do TSE tenderem a seguir a regional, Josué disse que isso é incerto, pois a rotatividade de ministros e de juízes é muito recorrente. Ele afirmou que as deliberações regionais seguem orientação do Supremo e, que por isso, o certo seria haver uma igualdade. “As nossas decisões são baseadas nas de Brasília, porém a troca de ministros e juízes pode reformar essas deliberações”, apontou.

Essa incerteza, no entanto, deverá ser esclarecida em breve, pois está havendo um esforço concentrado por parte do TSE para julgar estas decisões. “Para estas decisões saírem até a data da diplomação, no dia 19 de dezembro, o tribunal autorizou os ministros a julgarem por decisão monocrática, principalmente quando é repetitivo”, concluiu.

 

Tavane Ferraresi
Presidente do TRE afirma que decisão do TSE pode modificar composição da Câmara

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
Cario Cardoso Brito, em 18/10/2012 - 18h20

Este ano deve prevalecer a ficha suja no Brasil só assim vai diminui muito a robaleira no Brasil.E quem deve julgar é o TSE.Para acabar com esses corrupto que está escondido atrás deste colarinho branco.

ALEX FABRICIO CASSA GUIZARDI, em 18/10/2012 - 13h08

O candidato eleito para prefreito, NÃO apresentou prestação de conta na campnha de Deputado Estadual (2010), foi aberto processo pelo TRE-ES e no julgamento o candidato perdeu por 7 x 0 não tendo liberada a CERTIDÃO DE QUITAÇÃO, entrou com mandato de segurança no TSE e registrou a canditatura, no TSE, seu mandato de segurança foi julgado improcedente, não sendo reconhecido pelo magistrado, houve novo recurso na forma de AGRAVO MANDATO DE SEGURANÇA, este foi julgado e novamente ele perdeu por 7 x 0. PERGUNTA-SE: 1 - Existe mais alguma possibilidade de recurso; 2 - Pode este candidato eleito ser diplomado. 3 - No caso da não diplomação, diploma-se o vice ou o 2º colocado (só tinham 02 concorrentes); Atenciosamente; ALEX GUIZARDI

 
Últimas notícias do canal
22/09/2017 - 08h30
Lei proíbe uso do capacete em estabelecimento comercial público
05/09/2017 - 08h00
Juízes de MS lideram ranking de produtividade entre tribunais do país
10/07/2017 - 14h50
Aquidauana lidera entre as cidades com maior número de videoconferências
17/04/2017 - 08h00
Carreta da Justiça abre atendimentos nesta 2ª feira em Bodoquena
03/04/2017 - 14h58
Inscrições para processo seletivo de estágio no TJMS seguem até dia 20
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.