zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Eventos - 09/10/2012 - 16h05

Diretores que participam do Programa Jovem de Futuro realizam reunião hoje




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

Campo Grande (MS) - Os diretores das 99 escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul que vão fazer parte do Programa Ensino Médio Inovador/Projeto Jovem de Futuro (ProEMI/PJF) participam hoje (9) de reunião no Centro de Educação Profissional (Cepef), em Campo Grande.

 

O evento, que apresentará aos gestores o Projeto Jovem de Futuro e os supervisores que acompanharão o projeto em cada unidade, em 2013, contará com abertura da secretária de Estado de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa e participação dos diretores que já fazem parte do projeto, para uma troca de experiências.

 

Projeto Jovem de Futuro

 

A Secretaria de Estado de Educação (SED) formou uma parceria com o Instituto Unibanco para implantar nas escolas estaduais o Projeto Jovem de Futuro, que hoje é parte do Programa Ensino Médio Inovador. O Jovem de Futuro é uma tecnologia de Gestão Escolar para Resultados que mobiliza estudantes, professores e famílias para garantir que os alunos do ensino médio público tenham um bom desempenho e concluam essa fase escolar, garantindo melhores oportunidades de vida e profissão.

 

Entre 2012 e 2014, 85 mil estudantes de 299 escolas estaduais de ensino médio de Mato Grosso do Sul serão beneficiados pela transferência do Jovem de Futuro para a gestão do governo local. O Estado assumirá o Projeto na forma de política pública para o ensino médio. O Estado e o Instituto Unibanco serão responsáveis pelas formações e pelo apoio técnico e o Ministério da Educação (MEC) é parceiro nesse processo por meio do repasse de recursos diretamente às escolas.

 

A meta é melhorar substancialmente o desempenho dos estudantes no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) no 3º ano do ensino médio em Língua Portuguesa e Matemática e diminuir os índices de evasão das escolas participantes. Essas escolas têm autonomia para decidir sobre prioridades na alocação dos recursos – já que a comunidade escolar deve ser a protagonista das transformações que considera necessárias – desde que priorizem estratégias de incentivo a professores, estudantes ou melhoria da infraestrutura.

 

O Projeto Jovem de Futuro também parte do pressuposto de que cada escola apresenta especificidades que devem ser apuradas e respeitadas, ou seja, que cada escola apresenta necessidades específicas, relacionadas ao clima escolar ou ao apoio e desenvolvimento de projetos pedagógicos. Considerando a pluralidade de circunstâncias das escolas, e as múltiplas dificuldades que encontram, o Projeto prevê a cuidadosa elaboração de um Plano Estratégico de Melhoria de Qualidade, cujo sucesso dependerá de uma análise preliminar e minuciosa das condições e deficiências de cada escola, passo necessário para a imaginação e a realização das soluções adequadas.

 

A execução do Projeto Jovem de Futuro está orientada para o alcance de algumas metas fundamentais: reduzir em 40% os índices de evasão/abandono escolar desta etapa de escolaridade; aumentar a média do ensino médio da escola em, no mínimo, 25 pontos; diminuir em 50% o percentual de alunos no padrão de desempenho “baixo” nas disciplinas avaliadas. Como consequência, o projeto tem ainda como meta a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das escolas envolvidas.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/06/2016 - 12h11
Quermesse e variedade gastronômica marcam último dia de festa santa
10/06/2016 - 10h30
Feriado prolongado na capital de MS tem arraiais com shows sertanejos
29/01/2016 - 07h17
Da contagem regressiva para Carnaval até "Bee Gees", fim de semana está agitado
08/01/2016 - 06h50
Cidade tem Curimba, choro, 4 esquentas de Carnaval e teatro infantil de graça
31/12/2015 - 06h21
Após cancelar Réveillon, prefeitura da capital de MS fará queima de fogos
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.