zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Eventos - 04/09/2012 - 10h21

O reggae do Cidade Negra levou cinquenta mil ao Parque das Nações Indígenas




Por Redação Pantanal News/FCMS

Campo Grande (MS) – O Reggae contagiou o público que foi ao Parque das Nações Indígenas no domingo (02/09). O grupo Cidade Negra fez movimentar uma multidão de aproximadamente cinquenta mil pessoas, na terceira edição deste ano do projeto MS Canta Brasil realizado pelo governo do Estado por meio da Fundação de Cultura.

Depois de uma temporada separados, o Cidade Negra voltou aos palcos em 2010. Com Toni Garrido no vocal e guitarra e Lazão (baterista) e Bino Farias (baixo), o grupo fez público relembrar grandes sucessos. Fizeram a abertura do Show com a música “Girassol”, e depois cantaram outros clássicos como “Pensamento”, “Onde você mora”, “Também quero beijar”, e a pedido do público “Jonny”. Durante o Show, Toni Garrido disse que o público era privilegiado por ter o Show em um espaço aberto.

As canções sempre positivas, que falam do amor e também de uma consciência social, fez a multidão vibrar e cantar os sucessos do Cidade Negra. Depois de vários pedidos de “bis”, o grupo finalizou o Show com “Extra”, do cantor e compositor Gilberto Gil.

A banda Dombraz fez a abertura do MS Canta Brasil com canções de autoria própria, fez um show marcado com efeitos do groove e do samba. No palco os músicos Bruno Chencarek, Chris Haicai e Dhonattas de Oliveira, embalaram o público com suas canções, “Não dá nada”, ”Três da Tarde”, “Café”, e ainda “Recompor” , “Pedágio” e “Fora d’ água”, entre outras.

Para a publicitária Kassandra Delvizo, 27 anos, fã do Cidade Negra, ficou satisfeita com o Show e da repercussão do Projeto MS Canta Brasil “Quem não tem a acesso a cultura, tem contato aqui”, disse Delvizo. A próxima edição do projeto MS Canta Brasil está previsto para acontecer em novembro.   

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/06/2016 - 12h11
Quermesse e variedade gastronômica marcam último dia de festa santa
10/06/2016 - 10h30
Feriado prolongado na capital de MS tem arraiais com shows sertanejos
29/01/2016 - 07h17
Da contagem regressiva para Carnaval até "Bee Gees", fim de semana está agitado
08/01/2016 - 06h50
Cidade tem Curimba, choro, 4 esquentas de Carnaval e teatro infantil de graça
31/12/2015 - 06h21
Após cancelar Réveillon, prefeitura da capital de MS fará queima de fogos
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.