zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Turismo - 16/08/2012 - 09h21

Embalagens de produtos fabricados por agricultores familiares divulgam turismo de MS




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

Edemir Rodrigues

                Campo Grande (MS) – Fortalecer a produção dos pequenos produtores e incrementar ainda mais o turismo, tornando os potenciais turísticos de Mato Grosso do Sul conhecidos em todo o país são os principais objetivos do Termo de Cooperação Técnica para o Fortalecimento da Agricultura Familiar e do Turismo que foi assinado pelo governador André Puccinelli nesta quarta-feira (15). "Unem-se as forças do Estado com as entidades que apoiam a agricultura familiar para que se obtenha a qualidade do produto, a certificação que é dada a ele e para que também levem o nome de Mato Grosso do Sul pelo mundo", afirmou o governador.

O segmento da agricultura familiar terá maior apoio através da elaboração de projetos, pesquisas, capacitação, marketing turístico, composição de equipe técnica em extensão rural e turismo rural para produção de produtos e industrialização de toda produção. A iniciativa não tem preço para o pequeno produtor. Jair José Rufino tem 76 anos e uma vida inteira dedicada à agricultura do milho e da mandioca. Ele lembra que a venda da última produção não foi tão satisfatória. “Vendi toda a minha safra e o dinheiro só deu para pagar o frete, que por sinal era bem caro. Cheguei aqui e demorei a vender, tive que baixar o preço. Um prejuízo no fim das contas”.
A garantia de uma produção segura e com compromisso de compra para industrialização do produto fascinou o agricultor. “Mesmo tendo a carteira rural não tinha garantia de venda da plantação. Agora vamos produzir com destino certo. Ainda que a rentabilidade seja menor, compensa, pois posso continuar produzindo e não tenho que parar todo meu cultivo para sair e vender o produto”, comenta Jair Rufino. “É garantia de renda para minha família”.
O Termo também visa fomentar o turismo de Mato Grosso do Sul através da divulgação de seus atrativos com a inserção de marketing nas embalagens, com rótulos personalizados e imagens de locais turísticos nos produtos desenvolvidos e comercializados pela atividade de agricultura familiar. “Vamos transformar um produto em dois. Somente para a mandioca chips, que já está sendo comercializada em São Paulo, foram confeccionadas 300 mil embalagens visando o fomento turístico”, disse a diretora-presidente da Fundação de Turismo (Fundtur), Nilde Brun, ao salientar que a meta de 1 milhão de embalagens deve ser alcançada em apenas um ano.
A logística de distribuição também já esta sendo elaborada. “Estamos fechando a distribuição nos estados do Centro-Oeste, começando por Mato Grosso do Sul, levando até Goiás e Mato Grosso, além de outras localidades na região sudeste, atendendo a demanda de grandes distribuidores”, explica Luis Carlos Morente, técnico da Fundtur.
Agregando a produção dos agricultores familiares - que ultimamente é um dos setores prioritários da economia e responsável por 80% da produção da cesta básica -, o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Políticas Públicas “Zilda Arns” (Ibradepp), tem o papel de inserir os produtos no mercado, por meio de uma interlocução de distribuidores e compradores com as indústrias, além de atender com a produção de pamonha a demanda da merenda escolar de alguns municípios. “Encurtar o caminho e preparar o produto para ser comercializado no mercado formal é nosso principal objetivo e, ainda, levar a produção do pequeno agricultor para industrialização e implantar os produtos com qualidade e preço adequado”, explicou o diretor de gestão do IBRADEPP, João Aparecido de Almeida.
A parceria já conta com o fornecimento de matéria prima de mandioca, milho e peixe, vindos das regiões de Terenos, Bandeirantes e do Distrito de Camisão, que são utilizados na produção de 16 subprodutos como a mandioca chips, pamonha, caldo de peixe e licores diversos. “A dificuldade que o agricultor familiar tem em obter sua renda vai acabar a partir da facilidade da comercialização, e vamos proporcionar à sociedade um produto de qualidade”, ressalta João Almeida.
Identidade
A inserção de produtos vindos da agricultura familiar na culinária do Estado reforça a necessidade de produção e venda destes artigos no comércio local. Para o presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, José Gilberto Petinari, Mato Grosso do Sul busca uma identidade culinária própria para seus pratos regionais. “Nós temos visto nos cardápios dos restaurantes, cada vez mais a inclusão de pratos com peixes, elaborados com ingredientes do cerrado e utilizando os temperos exóticos encontrados no Estado. Incentivar o turismo em um local que já possui potencialidades turísticas faz com que os empresários invistam ainda mais no bom atendimento do segmente hoteleiro e da culinária em seus restaurantes. É uma grande conquista”, enfatiza o presidente.
Participaram ainda da assinatura do Termo de Cooperação Técnica para o Fortalecimento da Agricultura Familiar e do Turismo de Mato Grosso do Sul a secretária de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa; o diretor-presidente da Agraer, José Antônio Roldão; o delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário de Mato Grosso do Sul, João Grandão e a deputada estadual Dione Hashioka.
Luciana Bomfim

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/07/2017 - 14h34
Bonito é eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil pela 14ª vez
17/07/2017 - 15h30
Bonito vence pela 14ª vez prêmio de melhor destino de ecoturismo
20/05/2017 - 11h35
Eventos e negócios impulsionam turismo em Mato Grosso do Sul
12/01/2017 - 11h16
Feriados vão movimentar R$ 21 bilhões no turismo
18/11/2016 - 08h00
Turismo entrega 22 obras de infraestrutura em Mato Grosso do Sul em 2016
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.