zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 10/08/2012 - 14h09

Longen garante suporte da Fiems na implantação de Complexo da Borracha




Por Daniel Pedra - Chefe de Redação do Núcleo de Comunicação do Sistema Fiems

O presidente participou hoje, em Cassilândia (MS), do lançamento do projeto pioneiro no Brasil e que vai beneficiar toda cadeia produtiva da borracha no Estado

Durante a cerimônia de lançamento do Complexo da Borracha Natural nesta quinta-feira (09/08) em Cassilândia (MS) pela Cautex Florestal, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, garantiu todo o suporte necessário por parte do Sesi e Senai para a implantação do projeto pioneiro no Brasil que será instalado no município sul-mato-grossense e tem expectativa de gerar mais de cinco mil empregos diretos e indiretos. “O setor industrial está em processo de diversificação em Mato Grosso do Sul”, confirmou.

Sérgio Longen garantiu que o Senai vai oferecer o acompanhamento para identificar o perfil da mão de obra demandada para atuar no Complexo da Borracha e vai disponibilizar o curso de operador de máquinas já no centro de formação profissional que será implantado dentro do Complexo a partir de outubro deste ano e onde também serão oferecidos os cursos de enxertista, tratorista, sangradores, supervisor de sangria e gerente de produção.

Além disso, a Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi em construção na cidade de Cassilândia ficará à disposição dos operários do Complexo da Borracha. A unidade de Cassilândia terá uma sala de aula para os cursos da modalidade EaD (Educação a Distância) do Programa de Educação Continuada do Sesi, bem como dos cursos a distância do Senai, além de um estacionamento amplo para receber as unidades móveis do Sesi e Senai para o oferecimento de cursos de qualificação profissional.

Projeto singular

A vice-governadora Simone Tebet destaca que o Complexo da Borracha Natural é um projeto que conquistou o Governo do Estado desde quando foi apresentado em dezembro do ano passado. “Trata-se de um projeto singular, diferente de tudo que o Estado já teve ou tem. Ele deve absorver a mão de obra de Cassilândia e região, além de outros Estados, se ainda tiver demanda”, explicou.

Para o presidente da Famasul e do conselho deliberativo do Sebrae/MS, Eduardo Riedel, o Complexo da Borracha torna-se realidade graças aos parceiros envolvidos. “O plantio de florestas e a agroindústria são duas atividades que só trazem riqueza para o Estado”, avaliou. Já o diretor da Cautex Florestal, Getúlio Ferreira Júnior, ressalta que o projeto é uma conquista por parte dos 90 investidores envolvidos. “O nosso principal gargalo para a instalação desse complexo é a falta de mão de obra e por isso foram criadas estratégicas para buscar na região esses trabalhadores”, disse.

Complexo

Atualmente, a Cautex possui mais de 5 milhões de seringueiras plantadas em 5 Estados, sendo que mais de 3,3 milhões estão em cidades do Mato Grosso do Sul. Até 2016, a meta da empresa é alcançar um número de 20 milhões de seringueiras plantadas, em uma área de 40 mil hectares, volume suficiente para dar viabilidade ao complexo. As obras para construção do viveiro, usina de beneficiamento, centro de treinamento e agrovila devem ser iniciadas ainda neste ano, enquanto em 2014 será dado início ao parque transformador da borracha natural.

Hoje, Mato Grosso do Sul tem 12 mil hectares plantados com seringueira nas regiões nordeste, norte e central, totalizando 8 milhões de pés plantados, entretanto, Getúlio Ferreira prevê que o Estado alcance 3,3 milhões de hectares plantados até 2016, tornando-se o 1º em área plantada no País, ficando à frente de São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais até 2016. “Além disso, até 2016, o Complexo terá 20 milhões de pés plantados, que, até 2023, estarão em produção”, previu.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.