especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Antidrogas - 06/08/2012 - 09h21

Usuários contam com rede de apoio para prevenção e tratamento




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Instituições públicas e privadas e atendimento telefônico gratuito integram os serviços 

Os usuários de crack e outras drogas e suas famílias podem contar com uma rede de apoio, disponível em todo o País, que inclui o Sistema Único de Saúde (SUS) e o Sistema Único de Assistência Social (Suas), na esfera do governo federal. Os estados e municípios mantêm as Coordenações de Saúde Mental. Em todo o País também é possível acessar a central telefônica VivaVoz (132), o Disque Saúde (136) e a página na internet do programa “Crack, é Possível Vencer” .

O Viva Voz é um serviço de atendimento telefônico gratuito, exclusivo e especializado em fornecer informações sobre qualquer tipo de droga e seus efeitos no organismo. Pelo número 132, que funciona 24 horas - inclusive domingos e feriados - é possível conseguir orientação e indicação de locais para tratamento. A central telefônica é mantida pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça. O sigilo é sempre mantido, tanto em relação às informações recebidas e veiculadas, quanto a identidade dos usuários. Os consultores do serviço são profissionais de saúde, educação e assistência social. O monitoramento e supervisão das ligações são feitos por profissionais com mestrado e doutorado em temas relacionados às drogas. 

Grupos - Além dos serviços oferecidos na rede pública de saúde, existem recursos como os grupos de mútua ajuda - Narcóticos Anônimos (NA), Grupos Familiares e Grupos Familiares Nar-Anon do Brasil (Nar-Anon) -, assim como comunidades terapêuticas.

Denúncias - A atuação do tráfico de drogas ou outros crimes relacionados podem ser denunciados pelos cidadãos para a Polícia Militar (190) ou para o Disque Denúncia (181).

Unidades e centros oferecem assistência aos usuários 

A assistência aos usuários de drogas e seus familiares é oferecida também em Unidades Básicas de Saúde ou Centros de Saúde, em Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Consultórios na Rua e Programa de Redução de Danos, que integram a rede do SUS em todo o País. O primeiro local a ser procurado são as unidades e centros de saúde, que oferecem atendimento médico e contam com profissionais que podem fazer a primeira avaliação. A partir daí, é verificado se ele deve iniciar o tratamento na própria unidade ou ser encaminhado para o serviço especializado. 

Nos Caps, os cidadãos contam com um serviço especializado de atenção aos usuários, com oferta de atendimento psiquiátrico e de outros profissionais, distribuição de medicação e apoio às famílias.

Os Consultórios na Rua oferecem acolhimento, apoio e encaminhamento para pessoas que moram ou se encontram em situação de rua, ou que estejam distantes das unidades de serviços de saúde. 

Sistema Único - O Suas, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), organiza ações, programas e serviços da assistência social. Os equipamentos públicos disponíveis são os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), os Centros de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) e os Centros POP (Centros de Referência Especializados para Pessoas em Situação de Rua).  

Os Cras oferecem serviços da proteção básica às pessoas expostas a risco social. Os centros organizam e executam ações de informação e sensibilização nos espaços públicos, campanhas de esclarecimento e trabalhos sociais com as famílias. Nos Creas, os indivíduos que já estejam em situações de risco podem dispor desse serviço de acompanhamento, que realiza trabalhos de abordagem social. Os Creas também fazem o encaminhamento às redes de saúde, atendimento nos períodos pós-internação, apoio à reinserção social e fortalecimento das relações familiares.

Já a identificação do uso de drogas por indivíduos em situação de rua e a sensibilização para iniciar o tratamento é feito nos Centros POP.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
ticiana mesquita03, em 19/03/2013 - 20h57

Eu usei crack durante10meses cheguei a perder a guarda da minha filha.tempodepois levei uma queda de moto uns3 meses atras nao usei mas.agora estou tentando conseguir na justiça minha filhadenovo

 
Últimas notícias do canal
14/11/2017 - 15h04
Polícia incinera 1,4 tonelada de drogas apreendidas em Mato Grosso do Sul
20/09/2016 - 08h16
Está proibida venda a adolescentes de produtos usados para fazer “loló”
21/06/2016 - 09h45
Polícia queima droga avaliada em R$ 66 milhões; apreensões cresceram 7%
06/11/2015 - 15h06
Senador Moka diz que Brasil erra no combate ao tráfico nas fronteiras
06/08/2015 - 06h18
Drogas e álcool: conheça os efeitos da Síndrome de Abstinência Neonatal
 
Últimas notícias do site
23/11/2017 - 15h48
Em Brasília, prefeito viabiliza recursos para Corumbá e busca apoio para curso de Medicina
23/11/2017 - 15h31
No Ministério do Turismo, prefeito discute liberação de verbas para distrito turístico
23/11/2017 - 14h46
Corumbá comemora neste dia 23 o Dia Municipal da Cultura
23/11/2017 - 14h26
PMA prende e autua em R$ 60 mil trio de pescadores no rio Paraguai
23/11/2017 - 08h46
Durante fiscalização PMA apreende caminhão com uma tonelada de agrotóxico
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.