zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 24/07/2012 - 14h45

Rio inicia nova etapa de mapeamento das áreas com risco iminente de deslizamento




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ) iniciou esta semana uma nova etapa do mapeamento de áreas de risco iminente a deslizamentos de encostas com a realização do trabalho em mais 18 municípios fluminenses, abrangendo a região Centro-Sul e o restante das regiões Serrana e do Médio Paraíba. O estado foi afetado no início de 2011 por chuvas que provocaram uma das maiores tragédias já ocorridas no país.

O trabalho começou ontem (23) por Sapucaia e abrangerá também as cidades de Três Rios, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes, as mais críticas desse bloco, além de Cantagalo, Carapebus, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Levy Gasparian, Macuco, Paraíba do Sul, Porto Real, Quatis, Quissamã, Rio das Flores, São Sebastião do Alto e Valença.

O programa foi iniciado em 2010 e prevê o mapeamento progressivo de todo o estado, até julho de 2013. Outros 18 municípios das regiões Norte e Noroeste, considerados pelos técnicos do DRM-RJ os mais complicados, já estão sendo mapeados e terão os resultados apresentados em setembro, “antes do período chuvoso”, disse hoje (24) à Agência Brasil o presidente do órgão, Flavio Erthal.

A meta é chegar ao final do ano com essas 36 cidades mapeadas quanto ao risco iminente, de modo a atingir um total acumulado de 67 municípios no estado.  O número engloba os 31 municípios cujos mapeamentos foram entregues em dezembro de 2011.  No primeiro semestre de 2013, Erthal estima que serão mapeados os 25 municípios restantes, todos de menor risco, situados na região litorânea.

Os trabalhos em Sapucaia, efetuados durante oficina técnica que contou com participação da Defesa Civil local e dos moradores, identificaram 39 pontos de risco iminente a deslizamentos de terras. Erthal prevê para agosto próximo o início do trabalho de campo e os sobrevoos nos 18 municípios. “No sobrevoo, a gente vai confirmar se esses pontos (indicados pela população) são  realmente de risco iminente. Aí, o número pode ser reduzido ou ampliado”.

O presidente do DRM-RJ adiantou que, após encerrar o mapeamento do risco iminente, o órgão dará início ao trabalho de elaboração das cartas geotécnicas  de aptidão urbana de oito municípios considerados mais complicados: Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo, Niterói, São Gonçalo, Mangaratiba, Angra dos Reis e Barra Mansa. O documento servirá para orientar as prefeituras municipais a respeito dos loteamentos e do correto e seguro uso do solo.

“Essa carta geotécnica é uma evolução do trabalho de risco iminente. A gente vai trabalhar a questão da aptidão de uso do solo, para subsidiar  a revisão dos planos diretores dos municípios”, explicou. Flavio Erthal destacou que, apesar dos sérios deslizamentos registrados durante janeiro de 2011 nesses oito municípios, “a expansão urbana continua, as pessoas continuam ocupando, os loteamentos continuam vindo”.

Diante disso, salientou que o trabalho tem de ser desenvolvido em duas fases. Uma inclui a retirada das pessoas de áreas de risco e outra a autorização das prefeituras para novos loteamentos. Isso pressupõe procedimentos prévios geotécnicos, que seriam a carta geotécnica de aptidão urbana, exigida por lei e necessária para a implementação da política de habitação.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/07/2017 - 15h38
Um corredor ecológico que guarda sinais pré-históricos de 8 mil anos
19/07/2017 - 14h16
Julho já teve 167% pontos de calor a mais do que no mês passado em MS
19/07/2017 - 12h48
Parque das Nações ganhará bosque em homenagem aos 40 anos de MS
14/07/2017 - 14h08
Estado registra 108 focos de queimadas em apenas três dias, mostra Inpe
12/07/2017 - 11h54
Em dez dias, MS tem 250 focos de calor e é o 4º no ranking brasileiro
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.