zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Habitação - 26/06/2012 - 10h29

Governo do Estado garante recursos e parcerias às prefeituras para 2,1 mil casas populares




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

Rachid Waqued

Campo Grande (MS) – O governo do Estado assinou nesta segunda-feira (25) com 53 prefeituras Termos de Acordo e Compromisso que garantem a construção de 2.197 moradias, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida 2 – Sub-50. Os beneficiados são municípios de até 50 mil habitantes que tiveram projetos selecionados nessa segunda fase do programa. O investimento total é de R$ 60 milhões, sendo que somente o Estado garantiu aporte de R$ 10,985 milhões para viabilizar os projetos.

Prefeitos e secretários municipais das cidades contempladas participaram da assinatura, na Capital, juntamente com o governador André Puccinelli, o secretário de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, a vice-governadora Simone Tebet, representantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul, deputados estaduais e integrantes dos bancos que atuam como agentes financeiros nos projetos.

Esse mais recente investimento integra a ação governamental MS Forte- Habitação, que já soma em torno de 56 mil moradias desde 2007, incluindo as entregues, as que estão em construção e as contratadas.

Divididos por regiões – Vale do Ivinhema, Sul Fronteira, Pantanal, Campo Grade (entorno da Capital), Grande Dourados, Bolsão, Cone Sul, Sudoeste e Norte – os prefeitos ou seus representantes assinaram o Termo de Acordo e Compromisso (TAC) e receberam do governo estadual a garantia de investimento de R$ 5 mil por unidade construída. “Mais uma vez vivemos um momento histórico. A meta de 40 mil casas na primeira gestão foi alcançada e superada. Agora, estamos em uma nova etapa”, afirmou o secretário Marun.

Conforme ele explicou, Mato Grosso do Sul conquistou esse montante de unidades graças à adesão de 100% das prefeituras que se enquadravam nos critérios e pleitearam o investimento, e que aceitaram a parceria do Estado. Outro fator fundamental foi a pressão como presidente do fórum nacional de secretários estaduais de habitação, com apoio direto do governador e da bancada. Isso porque o governo federal reduziu as contratações no ano de 2011, depois retomou para as cidades de maior porte, e a seleção dos municípios na categoria MCMV Sub-50 acabou atrasando. Com a homologação dos resultados e os acordos firmados, a meta é agilizar o início das obras. “Em 30 dias pretendemos estabelecer o início das construções”, anunciou Marun.

Conforme o governador André Puccinelli, a união dos prefeitos e dos parlamentares federais e estaduais ao governo foi fundamental para apoiar a luta da Secretaria de Habitação na viabilização dos projetos das prefeituras de Mato Grosso do Sul. “Continuaremos com essa política habitacional. Pelo trabalho da Sehac tivemos a eficiência reconhecida pelo governo federal. Por isso pedimos aos deputados e à bancada que nos ajudem para que mais recursos venham”, desacou Puccinelli.

Ao agradecer em nome das administrações municipais, o presidente da Assomasul e prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Krug, afirmou que “a Secretaria Estadual de Habitação vem fazendo um trabalho competente, um trabalho social que atende as famílias que mais precisam”.

Para o representante do legislativo estadual, deputado Antonio Arroyo, o apoio do Estado nesse programa é importante porque contempla municípios pequenos e médios. “São municípios onde os problemas são grandes, as receitas são pequenas, e eles têm dificuldade de equilibrar as contas. Ficamos contentes e garantimos que o governo pode continuar contando com o apoio da Assembleia”, afirmou. Relator do Minha Casa Minha Vida 2, o senador sul-mato-grossense Waldemir Moka, também enalteceu o esforço coletivo dos gestores do estado na conquista dessas quase 2,2 unidades habitacionais.

Com o valor total do investimento de R$ 60 milhões e contrapartida do Estado de R$ 10,9 milhões, são os seguintes os municípios contemplados nessa fase do MCMV Sub-50: Amambai (50 un hab); Anastácio (50 un hab); Anaurilândia (40 un hab); Angélica (40 un hab); Antônio João (40 un hab); Aquidauana (50 un hab); Aral Moreira (40 un hab); Bandeirantes (40 un hab); Bataguassu (40 un hab); Batayporã (40 un hab); Bela Vista (50 un hab); Bodoquena (40 un hab); Bonito (40 un hab); Camapuã (20 un hab); Caracol (40 un hab); Cassilândia (50 un hab); Coronel Sapucaia (22 un hab); Costa Rica (40 un hab); Coxim (50 un hab); Deodápolis (43 un hab); Dois Irmãos do Buriti (40 un hab); Douradina (40 un hab); Eldorado (40 un hab); Fátima do Sul (40 un hab); Guia Lopes da Laguna (40 un hab); Iguatemi (40 un hab); Inocência (40 un hab); Itaporã (50 un hab); Itaquiraí (40 un hab); Ivinhema (50 un hab); Japorã (40 un hab); Jaraguari (40 un hab); Jardim (40 un hab); Juti (40 un hab); Ladário (40 un hab); Laguna Carapã (40 un hab); Miranda (50 un hab); Mundo Novo (40 un hab); Nioaque (40 un hab); Nova Alvorada do Sul (40 un hab); Nova Andradina (50 un hab); Paranhos (40 un hab); Pedro Gomes (40 un hab); Porto Murtinho (40 un hab); Ribas do Rio Pardo (50 un hab); Rio Negro (40 un hab); Rio Verde de Mato Grosso (40 un hab); Selvíria (32 un hab); Sidrolândia (50 un hab); Sonora (40 un hab); Tacuru (40 un hab); Taquarussu (40 un hab); Terenos (40 un hab).

A cerimônia de assinatura, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, contou também com as presenças dos deputados federais Geraldo Resende e Fábio Trad, dos deputados estaduais Marcio Fernandes, Mara Caseiro e Dione Hashioca, de representantes dos sete bancos agentes financeiros do projetos, representntes do setor da construção civil, entre outros convidados.

Confira a galeria de imagens

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/05/2017 - 07h35
Reinaldo Azambuja entrega 300 casas em Fátima do Sul nesta quarta
19/01/2017 - 12h31
Parceria para construção de casas deve sair até o fim do mês, diz Reinaldo
10/11/2016 - 05h55
MS é o primeiro estado a receber nova etapa do Minha Casa Minha Vida
17/10/2016 - 12h55
Com investimentos de R$ 35 mi, governador entrega 568 casas
27/09/2016 - 07h55
Reinaldo visita Dourados com o ministro das Cidades para entrega de casas
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.