zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 11/06/2012 - 08h53

Partida de golfe no canavial




Por Bruno Peron Loureiro

Bruno Peron

O jogo está armado no Brasil: quem perde, quem ganha e quem arbitra. Nesta partida, aparecem desde as declarações de Fernando Collor de Mello de que mereceria o cargo presidencial de volta por não ter sido provado o motivo de seu impedimento no final de 1992 até os escândalos recentes de corrupção que envolvem o bicheiro Carlinhos Cachoeira e políticos de Goiás. O problema é que os milhões de cidadãos dignos e lutadores pela causa coletiva neste país raramente alcançam ser ao menos jogadores visíveis.

Falemos um pouco das vicissitudes da economia. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, no final de maio de 2012, a informação de que houve uma queda de 0,2% na produção industrial em abril em relação ao mês anterior. O maior efeito sentiu-se nos setores de alimentos, bebidas, e materiais farmacêuticos e hospitalares.

A forte instabilidade cambial do Real frente ao dólar estadunidense turva a previsibilidade e desestimula o hábito do planejamento. As oscilações do câmbio ora são boas para o consumidor brasileiro, ora para o exportador e o comprador de nossos produtos. O governo aplica medidas que evitam variações consideráveis e repentinas no valor de nossa moeda, porém seu resultado não depende só do que o Banco Central faz ou deixa de fazer.

Um país deve administrar bem suas riquezas e dividi-las entre seus habitantes. No entanto, as incertezas - alguns diriam crises - que assolam outros países, como Grécia e Espanha, inspiram nosso Ministério da Fazenda a propor medidas e manobras de estímulo à economia brasileira como se ela fosse o único motor de desenvolvimento do país. Os exemplos mais evidentes da obsessão pelo crescimento econômico, ao longo de maio de 2012, têm sido a redução de impostos para compra de carros, empréstimos e financiamentos. Estas políticas efetivam-se em prejuízo do sonho de um sistema público eficiente de transportes.

O estímulo ao consumo no Brasil tem favorecido grupos empresariais colossais em detrimento da maioria dos brasileiros, que compram a prazo automóveis, casas, aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos. O governo reduziu o Imposto sobre Produtos Industrializados que incide sobre os carros e a taxa básica de juros a fim de incentivar o consumo. A cultura do crédito, porém, é sinônimo de dívida e não de que a economia de um país vai bem.

A economia dos jogadores grandes cresce robustamente enquanto o pequeno empreendedor sente a desvalorização do Real na queda de seu poder de consumo. O governo, neste ínterim, desonera de tributos as grandes indústrias para agraciar nossos cidadãos com a ilusão consumista de que ascendem a uma classe social melhor por ter dois carros em vez de um só.

Embora a competitividade (baixa ou alta) das empresas brasileiras tenha estado na berlinda pela tentativa de o governo desenvolver a economia nacional, uma de suas medidas mais louváveis é a criação de um mecanismo que reduz a chance de formação de oligopólios empresariais. Assim, todo processo de compra ou junção de duas ou mais empresas que tende à concentração ou controle de segmentos do mercado deverá ser aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) desde final de maio de 2012.

É preciso rever, contudo, se o modelo atual de desenvolvimento coaduna com a sustentabilidade ambiental e social que os gestores da economia tanto apregoam. Um possível medidor é o ritmo de devastação ambiental como consequência da expansão da agropecuária, cujo setor da economia tem atendido a um demanda galopante de onde quer que ela venha: do crescimento urbano no interior do Brasil, dos aglomerados da Ásia, de Marte. Enquanto nos restam menos de 10% da Mata Atlântica, fiquemos atentos com a herança funesta que a motosserra tende a deixar noutros biomas. Há mais bocas que precisam de alimentos, casas que precisam de móveis, fábricas que precisam de energia elétrica, etc.

A economia brasileira tem sido a "bola da vez" entre os crentes no clã dos "emergentes". Certas políticas públicas de organização da economia dão a tacada, mas lamentam de não saber se a bola cairá no buraco ou se extraviará durante uma partida de golfe no canavial.

http://www.brunoperon.com.br

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 
Últimas notícias do site
26/05/2017 - 12h16
Projeto prevê salas de amamentação em shoppings, aeroporto e igrejas
26/05/2017 - 11h48
Polícia Militar capturou quatro foragidos da justiça nos últimos dias
26/05/2017 - 10h59
PMA apreende meia tonelada de pescado e aplica R$ 33 mil em multas
26/05/2017 - 10h20
Fim de semana em MS tem eventos gratuitos na capital e no interior
26/05/2017 - 09h25
7º Batalhão da PM fecho o cerco contra assaltos à bancos
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.