zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 06/06/2012 - 10h21

Projeto quer implantar uso do papel reciclável em órgãos públicos






Por Redação Pantanal News/Miriam Ibanhes

Implantar de forma gradativa, à razão de 20% ao ano, a utilização do papel reciclado nos órgãos e entidades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de Mato Grosso do Sul, é o objetivo do projeto de lei apresentado nesta terça-feira (05/06), pelo deputado Paulo Duarte (PT), durante os trabalhos legislativos da ALMS.

De acordo com o projeto a introdução, substituição e utilização do papel reciclado, obedecendo ao percentual de 20% ao ano, deverá alcançar 100% no final de cinco anos e não se aplica aos serviços que impõem o uso de papéis especiais ou selos oficiais.

Para o propositor da matéria, embora os preços do papel reciclado ainda sejam superiores aos do papel de celulose virgem, se o produto for adquirido em grande escala, os custos de aquisição terminam por equipara-se. Outro fator relevante para a aprovação da proposta está em seu grande apelo ambiental, pois contribuiria não penas na preservação das árvores, bem como na preservação dos recursos hídircos, de energia e geração de emprego.

Na fabricação de uma tonelada de papel reciclado, por exemplo, são necessários 2 mil litros de água, ao passo que no processo tradicional, o volume de água pode chegar 100 mil litros. Quando se trata de energia, a economia pode chegar a 80%.

Paulo Duarte lembra, ainda, que embora o Dia do Meio Ambiente seja comemorado nesta terça-feira, é necessário que haja mais ações em benefício da preservação, “O dia de hoje não pode servir apenas para discursos e sim para a realização de ações concretas. Acredito que o poder público deva ser o primeiro a dar o exemplo”, analisa.

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/06/2017 - 15h50
Cães para adoção serão vacinados gratuitamente nesta sexta
21/06/2017 - 13h32
Coordenador ambiental alerta sobre incêndios florestais no inverno em MS
21/06/2017 - 11h16
Monumento natural que funciona como balneário ganha plano de manejo em Bonito, MS
09/06/2017 - 08h40
Moradores transformam terreno baldio em horta comunitária em MS
08/06/2017 - 15h42
Dourado está para os rios como onça para o Pantanal, compara pesquisador
 
Últimas notícias do site
23/06/2017 - 16h02
TVE em Maracaju: governador Reinaldo e prefeito Maurílio Azambuja reativam sinal neste sábado
23/06/2017 - 14h16
Projeto de Moka quer acabar com distorção na disputa por vaga a pessoa com deficiência
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
23/06/2017 - 12h41
PMA autua pecuarista em degradar nascentes e dois córregos e áreas protegidas de matas ciliares
23/06/2017 - 10h35
Deputado Dr. Paulo Siufi solicita recolhimento de livro infantil que aborda incesto
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.