especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Jurídico - 25/05/2012 - 08h53

Após reunião com Giroto e bancada sul-mato-grossense, Cade e SDE do Ministério da Justiça decidem investigar compra de frigoríficos pelo Grupo JBS












Por Redação Pantanal News/Assessoria Giroto

O deputado federal Giroto (PMDB/MS) participou, hoje (24/05), da reunião da bancada sul-mato-grossense com o secretário de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça, Vinicius Marques de Carvalho, para discutir  atuação do frigorífico JBS em Mato Grosso do Sul e mais seis estados. Pelo fato do JBS ter comprado outros frigoríficos, o que tem centralizado o abate de bois, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e a SDE vão investigar a empresa.

“Esta concentração do abate de bois em apenas uma empresa causa prejuízos ao Estado, uma vez que os produtores ficam à mercê do JBS em relação ao preço da arroba e pode colocar em risco a economia das cidades pequenas que dependem dos empregos gerados pelos frigoríficos. Esses pontos foram apresentados ao secretário que se mostrou preocupado e anunciou a abertura de inquérito setorial e o processo no Cade”, enfatizou Giroto após a reunião.

De acordo com o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, a centralização dos abates em uma empresa e em poucas unidades “esta afetando a indústria frigorífica, a indústria do couro e afeta, sobretudo, o produtor, que não tem como negociar o valor do boi e nem buscar o melhor retorno para o seu investimento. Se ele (pecuarista) não tiver a remuneração adequada e estímulo financeiro, o que vai ser do setor?”.

Após ouvir os relatos de representantes dos pecuaristas e dos parlamentares da bancada federal, o secretário da SDE afirmou que vai adotar duas medidas. “A primeira medida é analisar, no caso das fusões, ou das compras de frigoríficos que estão sendo realizadas nestes estados do país, aquilo que pode ser feito em termos de compensação de possíveis  danos concorrenciais que essas fusões possam estar causando. Do ponto de vista mais geral do setor, a secretaria pode iniciar uma inquérito setorial para identificar possíveis  condutas anticompetitivas que estejam ocorrendo. Não estou querendo chegar em conclusão precipitada, se há ou não há, a gente precisa investigar, precisa analisar para poder ter uma conclusão embasada sobre possíveis efeitos anticompetitivos ou não”. A proposta é analisar a condutado do JBS nos estados do Acre, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul. 

Também ficou acertada uma reunião no dia 13 de junho, em Brasília, para discutir esta questão.  O senador Waldemir Moka (PMDB), que viabilizou o encontro de hoje, destacou que o alerta feito pelos produtores sobre a centralização do abate em uma empresa saiu do discurso. “Uma ata foi registrada sobre o encontro e haverá investigação sobre o assunto”, comentou o parlamentar.

Além do deputado federal Giroto e do senador Moka, participaram da reunião o senador Delcídio do Amaral (PT); os deputados federais Fabio Trad (PMDB); Geraldo Resende (PMDB);  o presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio (FPA), deputado federal Homero Pereira (PSD/MT); Lucas Abes Xavier, presidente da Comissão de Assuntos Agrários da OAB/MS; Luiz Antonio Nabhan, da União Democrática Ruralista; e representante da Associação Brasileira Exportadora de Gado (Abiec).


Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/09/2017 - 08h30
Lei proíbe uso do capacete em estabelecimento comercial público
05/09/2017 - 08h00
Juízes de MS lideram ranking de produtividade entre tribunais do país
10/07/2017 - 14h50
Aquidauana lidera entre as cidades com maior número de videoconferências
17/04/2017 - 08h00
Carreta da Justiça abre atendimentos nesta 2ª feira em Bodoquena
03/04/2017 - 14h58
Inscrições para processo seletivo de estágio no TJMS seguem até dia 20
 
Últimas notícias do site
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
12/12/2017 - 12h51
Emoção, luzes e alegria marcam a noite de abertura da Vila do Natal em Aquidauana
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.