TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 03/05/2012 - 09h41

Beneficiárias do Bolsa Família se tornam empreendedoras individuais




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Edna quer ter um salão de beleza e Pâmela é varejista 

Com o dinheiro do Bolsa Família, Edna dos Santos paga escola particular para os filhos pequenos, reforço escolar para os maiores e ainda investe uma parte na aquisição de equipamentos como secador, prancha e esmalte. Neste ano, ela decidiu se formalizar depois de ler uma cartilha sobre os programas do Empreendedor Individual e o Bolsa Família, que lhe explicou que não havia o risco de perder o benefício com a formalização de sua atividade. “Meu trabalho é fazer unha e cabelo. Se não der certo, como vou ficar? O Bolsa Família é um dinheiro certo, pago na data certa.”

O mesmo aconteceu com Pâmela dos Santos Jesus, dona de uma loja de roupas em Feira de Santana (BA), que revendia produtos de beleza e, junto com o marido, decidiu vender a moto para investir no negócio. Embora diga que as vendas estão indo devagar, a beneficiária do Bolsa Família há quatro anos, mãe de duas filhas, espera ver a loja prosperar. Ela destaca a importância da transferência de renda em sua vida. “Foi importante porque estava desempregada na época”. Ela ficou sabendo do programa do empreendedor individual pela televisão e foi ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para ter mais informações. “Quando perguntei sobre o benefício da formalização, fiquei sabendo que poderia abrir conta bancária, ter máquina de passar cartão, auxílio doença, licença maternidade e, no futuro, me aposentar”, enumera Pâmela.

As duas baianas fazem parte de um grupo de 102.626 participantes do programa de transferência de renda que se cadastraram como empreendedores individuais. Com baixo grau de instrução e sem ter com quem deixar os filhos, a maioria das famílias atua na informalidade e em ocupações de baixa remuneração, por isso não conseguem renda suficiente e são apoiados pelo Bolsa Família.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) de 2009, 72% dos beneficiários adultos do programa de transferência de renda do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) trabalham, seja no mercado formal ou informal.

A probabilidade de quem recebe o Bolsa Família estar trabalhando é maior - 1,7% a mais para homens, 2,5% para mulheres - do que entre pessoas da mesma faixa de renda que não participam do programa. O percentual é de um estudo coordenado pela pesquisadora Clarissa Gondim Teixeira, do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (CIP-CI), órgão do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Salão - Edna ficou sem emprego há cerca de dois anos, quando o salão onde trabalhava fechou as portas. Sem desanimar, viu na qualificação a oportunidade para passar de manicure a cabeleireira. “Fiz cursos e frequentei palestras sobre gestão de negócio”, conta.

Moradora de Salvador (BA), ela ainda não conseguiu montar o próprio salão, mas está no caminho. “Tenho hoje uma variedade de cem esmaltes para atender ao gosto das minhas clientes.” Edna arrecada média de R$ 300 por mês, mas dinheiro certo mesmo só o do Bolsa Família. A beneficiária sabe que, quando os filhos adolescentes completarem 18 anos, ela deixará de receber o benefício, mas até lá espera ter alcançado seu sonho: construir um salão, fazer melhorias na casa onde todos moram, inclusive os filhos casados, e, claro, ver crescer a clientela. 

 

Qualificação - Com o objetivo de qualificar os beneficiários dos programas Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC) e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais, o governo federal criou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), integrado à estratégia do Plano Brasil Sem Miséria. A meta é qualificar um milhão de pessoas até 2014, em parceria com os serviços nacionais de Aprendizagem Comercial (Senac) e Aprendizagem Industrial (Senai). 

O curso não implica perder o Bolsa Família ou o BPC. A família pode manter o benefício por dois anos, mesmo que haja alteração no critério de renda (acima de R$ 140 por integrante).

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.