zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 26/04/2012 - 14h21

Mulheres do semiárido incrementam renda com artesanato de sisal




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Feiras de Agricultura Familiar ajudaram na conquista de novos mercados

Os descansos para panelas e pratos, as bolsas, os chapéus e os tapetes, todos feitos com fibra de sisal e caruá pelas mulheres da Cooperativa Regional de Artesãs Fibras do Sertão (Cooperafis), estão nas prateleiras de redes do varejo especializadas em decoração e moda. A conquista do mercado pela união de 122 mulheres do interior baiano foi impulsionada com a participação nas sete edições da Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária (Fenafra), promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A exposição na Feira levou a cooperativa a receber encomendas de vários estados. “O reconhecimento foi muito forte em lugares como Rio de Janeiro e Brasília”, afirma a diretora financeira da entidade, Valdeane Lopes Oliveira, de 34 anos. 

O artesanato do semiárido, que ganha espaço nas casas e guarda-roupas da classe média alta urbana, surgiu há 13 anos, como uma alternativa à penosa limpeza de aguadas (reservatórios de água). “A gente viu que seria um trabalho mais leve para nós mulheres”, conta Valdeane. 

Seca - A Cooperafis começou em 1999, num período de seca. Diversas mulheres se reuniram para discutir como formar a cooperativa e começaram a trabalhar juntas. Muitas já faziam artesanato para vender, mas não obtinham bons preços, entre outras razões, por não terem escala de produção. 

Elas perceberam que, juntas, poderiam conseguir encomendas maiores. Após cerca de três anos de estruturação, a cooperativa foi fundada oficialmente em 2002. 

Hoje, mesmo com a forte seca, com os esforços coletivos, a vida está mais fácil para elas por causa da renda extra. De acordo com Valdeane, num bom mês, a Cooperativa chega a faturar cerca de R$ 7 mil. O carro-chefe da linha de produtos é o descanso de panelas, que sai por R$ 6,50 do sertão baiano para ser apresentado três vezes mais caro numa das lojas varejistas, que costuma expô-lo nas filiais em 16 grandes cidades brasileiras

Todo o sisal usado no artesanato é comprado na batedeira da Associação dos Pequenos Produtores do Estado da Bahia (Apaeb) em Valente. Com volumes de compra maiores, as mulheres conseguem melhores preços e a margem de lucro aumenta.

Organização - Espalhadas por três cidades, as mulheres se organizam em dez grupos de produção: sete em Valente, dois em São Domingos e um em Araci. 

O perfil das cooperadas é similar. A maioria trabalha em outras atividades e muitas têm o cartão do Bolsa Família, mas a participação na cooperativa ajuda. “É um complemento bom pra nossa renda”, diz Valdeane, casada e mãe de dois filhos, que estudam. A família não terra própria, mas planta feijão e milho para consumo próprio numa área que pertence à mãe do marido. Ele também presta serviços pela região, recebendo diárias. 

Valdeane explica que alguns maridos e companheiros até ajudam as mulheres no artesanato, mas a maioria não gosta de falar sobre o assunto, pois a atividade ainda é considerada feminina. “Os homens não se identificam muito com o processo produtivo do artesanato”, diz Valdeane.

Produtos serão vendidos na Copa de 2014
Os produtos da Cooperafis vão representar o Brasil na Copa do Mundo de 2014, pois a entidade foi uma das escolhidas para participar do Projeto
Talentos do Brasil Rural. A iniciativa do MDA, Sebrae-RS, Ministério do Turismo e Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), prevê investimentos de R$ 3,2 milhões.

O projeto seleciona empreendimentos da agricultura familiar para a comercialização de seus produtos durante a Copa. O objetivo é inserir os produtos no mercado turístico. A ação também prevê visitas a locais de produção. A intenção é divulgar o destino turístico, identificando os produtos da agricultura familiar com um selo de origem. O projeto busca valorizar a identidade cultural das regiões produtoras e possibilitar a venda para todo o País.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/06/2017 - 07h38
Ministério Público abre vagas de estágio para alunos de nível médio e superior
19/04/2017 - 16h55
Nota Oficial- Superintendência Regional do Trabalho em Campo Grande
11/04/2017 - 09h41
Tribunal Regional Eleitoral continua com inscrições para 24 vagas de estágio
04/01/2017 - 10h05
Governo abre 12 vagas em processo seletivo com salários de R$ 3,9 mil
14/12/2016 - 08h18
Ministério de Trabalho realiza mutirão de atendimento em 8 cidades de MS
 
Últimas notícias do site
26/06/2017 - 14h16
Outro foragido da Justiça é capturado pela Getam em Aquidauana
26/06/2017 - 12h41
Policiamento Montado garante a segurança nas escolas de Aquidauana
26/06/2017 - 10h15
Rotai captura mais dois foragidos da justiça em Aquidauana
26/06/2017 - 09h40
Concursos em MS reúnem quase 300 vagas e salários de até R$ 14,9 mil
25/06/2017 - 15h13
Em Furnas do Dionísio, governador entrega obra de R$ 315 mil e anuncia novos investimentos
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.