zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 12/04/2012 - 14h09

Diferente de 2011 nível do Rio Paraguai permanece abaixo dos 2m no Pantanal









Por Redação Pantanal News/Raquel Brunelli - Embrapa Pantanal

Esta semana o nível do Rio Paraguai atingiu a marca de 1,90 m na régua centenária de Ladário, muito diferente do  mesmo período do ano passado, quando este  registro já ultrapassava os 4 metros, determinando, para este ano, um cenário de menor inundação no Pantanal, muito diferente do de 2011.

Segundo o pesquisador da  Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Padovani, o motivo pelo baixo nível este ano está relacionado com o volume  de chuvas na cabeceira dos rios:  “A chuva que determina o nível no Rio Paraguai é a que cai na região Norte da bacia do Pantanal, no planalto em Mato Grosso, mais especificamente nas bacias dos rios  Paraguai (nascentes), Cuiabá e São Lourenço. Este ano as chuvas nestas bacias foram em menor quantidade que em  2011. Para este ano a estimativa é que a marca máxima da cheia  ficará abaixo dos 4,6 metros, correspondente ao valor mais frequente na história, pois já passamos do período intenso de chuvas que vai de  outubro a março e a tendência  é a que a partir de abril este volume diminua consideravelmente”, explica Padovani. 

O pesquisador explica que em 2011 a inundação do Pantanal sul, quando  o Rio Paraguai atingiu a marca de 5,62 metros  em seu pico máximo, foram causados além das  chuvas provenientes do norte, pela inundação nos pantanais dos rios Aquidauana, Miranda, negro e Abobral, devido as chuvas intensas e atípicas que caíram sobre as bacias dos rios Aquidauna e Miranda, que se juntando com a do Paraguai causou uma grande cheia. Além da extensa área inundada houve demora na drenagem da região. No ano de 2012, até o momento não houve chuvas atípicas nas bacias dos rios Aquidauana e Miranda, indicando que a inundação dessa mesma região não deverá oferecer riscos além do que já é esperado dentro da variação frequente no Pantanal.

Segundo Padovani, a Embrapa vem realizando um trabalho de integração de dados de chuva, nível dos rios e área inundada. A atualização e análises dos dados de chuva foi concluído e o mesmo trabalho está sendo feito para os dados de nível dos rios e área inundada. Parte destes dados é coletados junto aos órgãos oficiais responsáveis por estas informações: “O órgão responsável pela previsão e monitoramento  do nível dos rios brasileiros, inclusive da Bacia do Pantanal, é o CPRM  (Serviço Geológico do Brasil) com seus dados disponibilizados semanalmente  no site: http://www.cprm.gov.br/, no link do Sistema de Alerta de cheias. Utilizamos, também, as informações fornecidas pela Marinha do Brasil, disponibilizadas diariamente no site: https://www.mar.mil.br/ssn-6/  que desde 1900,  realiza a coleta destes dados na região do Pantanal. Já em relação às chuvas, o Cemtec/Agraer disponibiliza dados de precipitação no site: http://www.agraer.ms.gov.br/cemtec/, além de outros dados meteorológicos para o Mato Grosso do Sul”, explica o pesquisador. 

“A nosso papel é realizar pesquisas para aperfeiçoar o entendimento, por parte da população, sobre o regime das águas do Pantanal,  difundindo  informações sobre o comportamento do rio Paraguai, sobre a relação entre as chuvas, o nível dos rios e as inundações no Pantanal”, completa.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews



Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
João Carlos Landim, em 18/07/2012 - 17h09

Não vai demorar muito tempo e, estarei em Bonito para conhecer essa Região, que tenho certeza ser nuito boa. Renho um tio que tem uma fazenda em Bataguassu e, ele fala muito da região de Bonito, lógo estarei por aí. Há 2 anos fui em Campo Grande resolver um problema de um cliente meu em de uma fazenda em Paranaíba. Resolvi e voltei por Três Lagoas. O MS está muito bonito. Até breve João...

JOSE ALVES DA SILVA, em 13/04/2012 - 08h59

o pantaneiro antigo, aquele verdadeiro pantaneiro, sabe que isso e normal,mais os panataneiro exploradores oportunista, vai sempres reclamar e pedir ajuda ao governo, eles sempre acha que o governo tem que arcar com o a naturza fais todosos anos, a seculos e seculos

 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
19/04/2017 - 15h06
Pantaneiros querem ser ouvidos na discussão da polêmica Lei do Pantanal
13/04/2017 - 07h52
Governos de MS e MT discutem uniformidade nas leis sobre o Pantanal
12/04/2017 - 16h02
Sindicato Rural, Prefeitura e Famasul levam saúde para trabalhadores rurais da Nhecolândia
22/03/2017 - 12h19
Jiboia é capturada em tanque de combustível de moto no Pantanal
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.