especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 15/03/2012 - 09h21

Petrobrás entrega 15,6% mais gás natural em 2011




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Oferta nacional é ampliada pela entrada de campos em produção

A Petrobras entregou 15,6% mais gás natural ao mercado, em 2011, alcançando uma vazão anual de 37 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) de gás ofertado. Em 2010, foram 32,1 milhões de (m³/d). A empresa registrou novos recordes mensal e diário: no mês de dezembro de 2011, a vazão ofertada alcançou a marca de 42,4 milhões de m³/d; e no dia 23 desse mesmo mês, foram ofertados 46,1 milhões de m³.

O crescimento da oferta de gás nacional dos últimos anos é fruto de uma série de investimentos realizados no desenvolvimento de projetos de produção de gás natural, por meio do Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás). No âmbito do programa, novos campos começaram a produzir desde 2008 nas Bacias do Espírito Santo, de Campos e de Santos, com destaque aos campos de gás não associado de Canapu e Camarupim.

A elevação da oferta de gás natural em 2011 foi possível graças ao início do aproveitamento do gás do pré-sal da Bacia de Santos, com o escoamento da produção do campo de Lula, e à entrada em produção dos campos de Mexilhão e  Uruguá, também na Bacia de Santos, bem como ao início das operações da Unidade de Tratamento de Gás de Caraguatatuba e do Gasoduto Caraguatatuba-Taubaté, no Estado de São Paulo.

Menos perdas - O aproveitamento do gás natural que é produzido junto com o petróleo nas plataformas da Petrobras foi 89,2%, em 2011. Se somada a produção dos campos exclusivos de gás, a proporção chega a 92% sobre a produção total de gás da estatal.

O resultado é o melhor alcançado pela Petrobras desde 2004, quando o aproveitamento do gás associado ao petróleo chegou a 87,8%. Por meio do Programa de Otimização do Aproveitamento de Gás 2015 (POAG-2015), iniciado no 1º trimestre de 2010, a empresa tem a meta de elevar o Índice de Utilização de Gás Associado da Companhia, no Brasil, dos 79,1% obtidos em 2009, para 95% em 2015.

O objetivo do Programa é reduzir a emissão de gases de efeito estufa e atender as expectativas dos órgãos reguladores e da sociedade quanto à queima de gás natural, além de aumentar o aproveitamento do gás produzido e a eficiência energética da Companhia. As novas plataformas são projetadas para um desempenho melhor nesse item, desde a fase inicial de produção.

Dutos de gás entraram em operação 

De acordo com o balanço de um ano da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) foi concluída a construção de três gasodutos em 2011, em São Paulo: o Gastau, Gaspal II e Gasan II. Juntos, totalizam 191 quilômetros de extensão (veja tabela). 

Etanol - Segundo o monitoramento do PAC2, foi iniciada a obra de construção do sistema de escoamento que irá integrar a movimentação de álcool nos estados de Goiás, Minas Gerais e São Paulo com o Rio de Janeiro e a malha instalada de São Paulo, com previsão de operação do primeiro trecho, Ribeirão Preto-Replan, já em 2012. Essa obra prevê a construção de instalações para coleta, armazenamento e transporte do álcool por dutos, permitindo o escoamento do produto até uma saída para o mar, em Caraguatatuba (SP). Até 2014, o PAC 2 investirá R$ 5,6 bilhões nessa obra.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
11/12/2017 - 07h05
PMA de Aquidauana realiza Educação Ambiental para alunos e professores indígenas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.