zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 01/03/2012 - 11h15

Sesi de Dourados inicia intervenções do projeto Carbono Zero na Inflex












Por Redação Pantanal News/Daniel Pedra

Os 230 funcionários da indústria estão sendo sensibilizados e conscientizados sobre as questões ambientais atuais

No âmbito do Projeto Carbono Zero, contemplado pelo Edital Senai-Sesi de Inovação de 2010, o Sesi de Dourados já iniciou a etapa de intervenções na Inflex Indústria e Comércio de Embalagens Plásticas para reduzir os custos da empresa com a respectiva melhora da eficiência nos processos gerenciais e otimização do consumo de energia e de matérias-primas. “Com processos gerencias e produtivos mais limpos e educação ambiental, o colaborador passa a ter mais consciência de sua responsabilidade dentro e fora da empresa, replicando seus conhecimentos e novos princípios. Nesse sentido, o projeto oferecerá, ao seu término, uma ferramenta de cunho ambiental importantíssima, pois poderá ser aplicado em empresas de vários setores e portes, impactando na imagem institucional da indústria”, explicou a gerente do Sesi de Dourados, Rosilene Moreira.

Ela informa que, entre as ações integradas no Carbono Zero, está o treinamento de sensibilização e conscientização dos 230 trabalhadores da empresa sobre as questões ambientais atuais e suas responsabilidades como colaboradores e cidadãos. Além disso, foram iniciadas as intervenções de educação ambiental, minimização e neutralização dos impactos dos gases de efeito estufa gerados pela indústria. “Esses impactos foram levantados por meio do diagnóstico ambiental e do inventário de GEE (Gases de Efeito Estufa) realizados com a consultoria do LabSenai Meio Ambiente, que utilizou profissionais especializados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná. Eles fizeram visitas técnicas em que foram levantados dados por planilha, observação e investigação do cotidiano administrativo, produtivo e logístico da indústria”, detalhou.

Rosilene Moreira completa que esse levantamento resultou em dois relatórios consistentes que oportunizaram a elaboração de um plano de ação para impactar quantitativa e qualitativamente nas emissões de GEE da indústria. “O plano de ação contempla incentivo às ações coletivas e individuais. Além de referir-se a um organograma de atividades a serem desenvolvidas por período determinado em que estão traçadas ações específicas e elaboradas para conscientizar a empresa e os colaboradores quanto às atuações ambientalmente sustentáveis, tanto como colaborador da indústria, quanto como cidadão”, pontuou.

Detalhamento

A técnica de responsabilidade social do Sesi de Dourados, Aretuza Coelho, acrescenta que o intuito secundário do projeto é minimizar as emissões de GEE por meio de atividades que buscam a longo prazo a adoção de hábitos sustentáveis. “Dentre as atividades está o Projeto Carona, que busca mapear as regiões residenciais dos colaboradores e verificar aqueles que possuem carros, incentivar o hábito de dar carona ou revezamento, trazendo benefícios ecológicos com a diminuição da quantidade de veículos, melhorando o trânsito, a qualidade do ar, menor taxa de emissão de GEE, além de cunho econômico, reduzindo os custos com combustível”, exemplificou.

Outra iniciativa é o Comitê Ambiental Interno, responsável por ações ambientais da indústria interna ou externamente, com no mínimo três colaboradores, que serão capacitados mediante o projeto Carbono Zero, sobre os aspectos gerais e peculiares do meio ambiente, concernente à indústria e a sociedade. “A função do comitê é atuar assiduamente para desenvolvimento e monitoramento de ações socioambientais que envolvam de algum modo a imagem da empresa perante os acionistas ou investidores. Todas estas ações acontecerão simultaneamente, assim como a Oficina de Artesanato com Recicláveis, dirigida por artista plástico e com aulas no contra turno das atividades escolares, com os dependentes dos colaboradores da indústria, podendo ser estendido o convite as escolas da região industrial, a fim de desenvolver consciência ambiental”, adiantou Aretuza Coelho.

Ela ressalta que será instalada em ambiente comum da indústria uma calculadora de GEE pela qual os colaboradores poderão contabilizar suas emissões a partir de um simulador, que fornecerá a quantidade em toneladas de gases emitidas no último ano. Os funcionários poderão transforma esses valores em árvores para a neutralização das emissões dos gases de efeito estufa e, ao ter conhecimento da quantidade necessária para plantio, contribuirá com a comissão ambiental interna para a disponibilização de mudas como modo de compensação. Paralelo à calculadora, explica a técnica do Sesi, também será instalado um mural interativo, que será confeccionado de paletes e disponibilizado aos colaboradores para que possam anexar dicas sustentáveis.

Ainda serão confeccionadas filipetas informando as empresas e organizações que realizam coleta e destinação seletiva para mapear as principais instituições na cidade de Dourados, dando aos trabalhadores da indústria a oportunidade de conhecerem e assim destinar adequadamente seus resíduos recicláveis, podendo até mesmo orientar pessoas de seu convívio diário. “Também está sendo confeccionada a Cartilha Verde com orientações sobre como reduzir as emissões de GEE e que busca abranger os acionistas da empresa, incentivando hábitos sustentáveis, sua base teórica é o programa 4 Rs – Reduzir, Repensar, Reutilizar e Reciclar”, completou a técnica do Sesi de Dourados.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
25/05/2017 - 08h51
'Árvore de tucanos' é paisagem diária para casal de aposentados de MS
24/05/2017 - 14h08
Cheia se consolida e rio Paraguai mantém há 24 dias mesmo volume de água
18/05/2017 - 15h17
Cartilha informa pescadores e turistas sobre legislação e regras de pesca em MS
08/05/2017 - 09h13
Projeto Arara Azul é finalista em prêmio nacional
05/05/2017 - 06h08
Rota das Monções: passeio em MS para conhecer exploração dos índios e do ouro no século XVII
 
Últimas notícias do site
26/05/2017 - 12h16
Projeto prevê salas de amamentação em shoppings, aeroporto e igrejas
26/05/2017 - 11h48
Polícia Militar capturou quatro foragidos da justiça nos últimos dias
26/05/2017 - 10h59
PMA apreende meia tonelada de pescado e aplica R$ 33 mil em multas
26/05/2017 - 10h20
Fim de semana em MS tem eventos gratuitos na capital e no interior
26/05/2017 - 09h25
7º Batalhão da PM fecho o cerco contra assaltos à bancos
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.