zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Finanças - 27/11/2008 - 09h18

Bolsas européias seguem asiáticas e americanas e registram alta




Por Folha Online

As Bolsas européias operam em alta nesta quinta-feira, seguindo o desempenho positivo das Bolsas na Ásia e região hoje e o das Bolsas americanas ontem, que subiram apesar dos indicadores econômicos negativos que foram divulgados (os mercados americanos devem permanecer fechados hoje devido ao feriado do Dia de Ação de Graças).

Às 9h54 (em Brasília), a Bolsa de Londres estava em alta de 1,82% no índice FTSE 100, indo para 4.228,12 pontos; a Bolsa de Paris subia 1,81% no índice CAC 40, indo para 3.227,29 pontos; a Bolsa de Frankfurt subia 2,18% no índice DAX, operando com 4.660,08 pontos; a Bolsa de Amsterdã tinha alta de 1,91% no índice AEX General, que estava com 249,84 pontos; a Bolsa de Zurique estava em alta de 1,14%, com 5.561,50 pontos no índice Swiss Market; e a Bolsa de Milão tinha alta de 1,30% no índice MIBTel, que ia para 15.680 pontos

Mais cedo o índice FTSE Eurofirst 300 --que reúne as ações das principais empresas européias-- tinha alta de 2,4%, indo para 850,37 pontos, com apenas um dos 38 setores que compõem o indicador operando em baixa.

Entre os papéis que mais subiam hoje estavam os do setor financeiro, com destaque para os do Standard Chartered (+10,8%), Credit Suisse (+5,7%), Deutsche Bank (+7,2%) e Société Générale (+6,4%).

Também subiam as ações da petrolífera norueguesa StatoilHydro (+2,8%). Os papéis da companhia alemã Air Berlin chegaram a subir 21,5%, depois de ter divulgado um lucro trimestral acima do previsto.

Com as Bolsas em Nova York fechadas devido ao feriado nos EUA, no entanto, o volume de negócios hoje deve permanecer baixo.

Na Ásia e região, as Bolsas fecharam o dia em alta com o corte de juros realizado pelo banco central da China para estimular a economia do gigante emergente. O Banco do Povo da China anunciou nesta quarta-feira (26) um corte de 1,08 ponto percentual --o maior da década-- em sua taxa básica de juros, para 5,58%.

O índice geral da Bolsa de Xangai fechou em alta de 1,05%, aos 1.917,86 pontos; O índice Kospi da Bolsa de Seul fechou em alta de 3,27%, aos 1.063,48 pontos; o índice Nikkei 225, da Bolsa de Tóquio, fechou em alta de 1,95%, com 8.373,39 pontos; e na Bolsa de Sydney (Austrália), a alta foi de 1,40%.

As Bolsas americanas tiveram ontem uma sessão em que os investidores pareciam desorientados entre os maus indicadores sobre a economia dos Estados Unidos e a aposta em papéis de tecnologia. A Nyse (Bolsa de Valores de Nova York, na sigla em inglês) fechou em alta de 2,91% no índice Dow Jones Industrial Average; o S&P 500 subiu 3,53%; e a Bolsa Nasdaq subiu 4,60%.

Os dados econômicos americanos sugerem que a primeira economia mundial sofrerá recessão profunda e duradoura. O consumo das famílias nos Estados Unidos caiu novamente em outubro 1% em relação a setembro, o que representa a queda mais abrupta desde setembro de 2001. A demanda por bens de consumo duráveis, por sua vez, perdeu 6,2% em outubro com relação a setembro, o maior retrocesso desde outubro de 2006.

Já as vendas de casas novas nos EUA atingiram em outubro o menor nível desde janeiro de 1991, com uma queda de 5,3%, chegando á taxa anualizada de 433 mil unidades.

Nesta semana, o governo americano informou retração da economia de 0,5% no terceiro trimestre, maior que a de 0,3% estimada inicialmente. Para o trimestre em curso, a expectativa é de uma nova contração --dois trimestres seguidos de retração na economia são o que caracteriza uma recessão.

Por outro lado, o presidente eleito dos EUA, Barack Obama, disse ontem que terá um plano para sanear a economia do país já em seu primeiro dia de governo --ele assumirá o cargo no dia 20 de janeiro do próximo ano. Obama afirmou estar ciente das dificuldades vividas recentemente pelas famílias de classe média, prejudicadas com a crise.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/12/2013 - 06h35
Consultas ao último lote do IR abrem segunda; 711 mil caem na malha fina
28/08/2009 - 10h37
Força Nacional terá base aérea na fazenda Itamarati
05/06/2009 - 17h40
Trabalhadores têm até o dia 30 para sacar Abono e rendimentos do PIS
01/06/2009 - 11h27
Bovespa inicia semana acima dos 54 mil pontos
01/06/2009 - 09h09
Analistas mantêm estimativa da inflação oficial em 4,33% neste ano
 
Últimas notícias do site
22/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
22/09/2017 - 13h11
PMA apreende redes e liberta peixes dos petrechos ilegais
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.