especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 08/02/2012 - 09h21

Tempo médio para mercadoria entrar no País cai 5%




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

Entre 2010 e 2011, 86% dos despachos de exportação foram em 30 minutos

O tempo médio para uma mercadoria entrar no País caiu de 53,28 horas para 50,64 (5% menos), entre 2010 e 2011. E as exportações ficaram 17% mais rápidas: de 12,48 horas para 10,32. Os dados do Balanço da Aduana, divulgado pela Receita Federal na última sexta-feira (3), demonstram, porém, que o trâmite da grande maioria dos processos ficou bem abaixo dessa média: 86% das exportações foram feitas em 30 minutos e 80,57% dos registros das importações foram liberados em apenas um dia. O tempo médio bruto é medido do registro da declaração ao seu desembaraço, na importação; e da recepção dos documentos ao desembaraço da declaração, na exportação. 

De acordo com a Receita, a eficiência aumentou por conta de investimentos em Tecnologia de Informação (TI) e de procedimentos, que permitem uma gestão mais apurada dos riscos de cada carga. 

Em 2011, a Aduana do Brasil desembaraçou 3,73 milhões de operações de comércio exterior: 2,45 milhões de despachos de importação e 1,28 milhão de exportação. Isto representa um aumento de 4% em relação a 2010. 

As exportações brasileiras em 2011 atingiram US$ 255,4 bilhões - 26% mais do que os US$ 202,1 bilhões em 2010. E as importações somaram US$ 226,2 bilhões em 2011, representando um crescimento de 24% em relação a 2010 (US$ 181,7 bilhões). Como resultado, a Balança Comercial brasileira apresentou um superávit de US$ 29,2 bilhões, 43% superior ao saldo de 2010. A corrente de comércio somou US$ 481,6 bilhões, um aumento de 25% em comparação ao ano anterior. Verifica-se, portanto, um crescimento das operações de comércio exterior, com recuperação mais acelerada das vendas externas em relação às importações.

Apreensões - A apreensão total de mercadorias na fiscalização, repressão e controle sobre o comércio exterior (inclusive bagagem) totalizou R$ 1,479 bilhão, o que representa um crescimento de 16% em relação ao resultado registrado em 2010 (R$ 1,275 bilhão).

Compartilhe



Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
13/12/2017 - 06h38
Dia amanhece com sol entre nuvens, mas previsão é de temperatura alta
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.