zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Antidrogas - 09/12/2011 - 14h37

Secretária de Assistência Social participa do lançamento do Plano de Enfrentamento ao Crack




Por Redação Pantanal News/Karina Lima-Notícias.MS

divulgação

          Campo Grande (MS) – A secretária de Trabalho e Assistência Social, Tania Mara Garib, participou na última quarta-feira (7) do lançamento do Plano de Enfrentamento ao Uso do Crack e outras Drogas, que aconteceu em Brasília, no Palácio do Planalto.

          O governo federal lançou um conjunto de ações para o combate ao crack, com investimento de R$ 4 bilhões, numa parceria entre União, Estados e municípios. O programa deverá aumentar a oferta de tratamento de saúde aos usuários de drogas, além de combater o tráfico e as organizações criminosas.

          Atualmente, o crack é considerado como uma epidemia, e tanto governo quanto sociedade civil estão unidos para combater esse mal, que assola famílias em todas as classes sociais. O Plano é composto de ações de aplicação imediatas e ações estruturantes. Dentre as ações imediatas destacam-se aquelas voltadas para o enfrentamento ao tráfico da droga em todo o território nacional, principalmente nos municípios localizados em região de fronteira e a realização de uma campanha permanente de mobilização nacional para engajamento ao Plano.

          Para a secretária, o Plano foi muito bem elaborado e teve participação dos três entes federados, além da sociedade civil. “O plano é fruto de estudos do poder público englobando União, Estados e municípios, e também com a participação da sociedade civil, já que foram ouvidas as federações que agregam as comunidades terapêuticas".

          Tania Garib destaca o empenho dos três poderes, principalmente o Poder Legislativo, que contribui de forma eficaz quando cria comissões temporárias da Câmara e Senado para ajudar o Poder Executivo a enfrentar esta epidemia. “Essa epidemia assola as famílias brasileiras de todas as classes sociais e ficamos felizes em poder participar desta discussão no âmbito dos três segmentos, Legislativo, Judiciário e Executivo, e esperamos o mais rápido possível que essas ações sejam efetivamente implantadas”, reforça a secretária.

          Em pesquisa inédita no Brasil, está sendo traçado o perfil do consumo de crack, pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça. Os dados devem ficar prontos no ano que vem.

          A presidente Dilma Rousseff disse que o conhecimento é o primeiro passo para enfrentar a epidemia. “Temos que conhecer o que levam as pessoas a buscarem as drogas, se nós não conhecermos, não poderemos enfrentar o crack com profundidade", disse a presidente.

            Atendimento

          No atendimento aos dependentes químicos, o governo vai lançar a rede ‘Conte com a Gente’, que tem a meta de auxiliar dependentes e familiares e tentar garantir a reinserção social. O Sistema Único de Saúde (SUS) será uma das ferramentas do tratamento, criando enfermarias especializadas nos hospitais da rede. Até 2014, o Ministério da Saúde promete repassar recursos para que Estados e municípios criem 2.462 leitos. O investimento total previsto é de pouco mais de R$ 670 milhões. O valor da diária de internação passará de R$ 57 para R$ 200.

          Outra ação será na implantação de consultórios de rua, para fazer atendimento volante em locais de maior incidência de crack. As equipes serão compostas por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Outra novidade é que os centros especializados para álcool e drogas passarão a funcionar 24 por dia e sete dias por semana.

          A secretária Tania Garib participou do evento com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, as deputadas federais, Iracema Sampaio e Rosane Cunha, que integram a Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, Crack e outras Drogas. Em novembro o grupo viajou em missão oficial à Europa, onde percorreram Portugal, Inglaterra, Suécia e Holanda com o objetivo de fomentar o intercâmbio de experiência e de colher subsídios para a formulação de políticas de enfrentamento ao uso disseminado de álcool, crack e outras drogas.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/09/2016 - 08h16
Está proibida venda a adolescentes de produtos usados para fazer “loló”
21/06/2016 - 09h45
Polícia queima droga avaliada em R$ 66 milhões; apreensões cresceram 7%
06/11/2015 - 15h06
Senador Moka diz que Brasil erra no combate ao tráfico nas fronteiras
06/08/2015 - 06h18
Drogas e álcool: conheça os efeitos da Síndrome de Abstinência Neonatal
13/07/2015 - 08h11
Combate às drogas não envolve apenas segurança, avalia Antonieta
 
Últimas notícias do site
21/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
21/09/2017 - 16h11
Frigorífico de jacarés leva qualidade do Pantanal ao mundo, diz Reinaldo
21/09/2017 - 16h02
Exército Brasileiro dá a largada para a Operação Dínamo V
21/09/2017 - 14h50
Polícia Militar prende homem que agrediu namorada
21/09/2017 - 14h31
UFPA e Iphan lançam mapa etno-histórico sobre línguas indígenas do Brasil
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.