TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 05/12/2011 - 08h21

Mão de obra estrangeira está no alvo de 14% das empresas no Brasil, diz estudo




Por Redação Pantanal News/Portal Educação

Em meio ao crescimento da economia e à ausência de mão de obra qualificada o suficiente, 14% dos empregadores brasileiros têm buscado no exterior profissionais para preencher suas vagas, segundo pesquisa da consultoria de RH ManpowerGroup, divulgada nesta quinta-feira.

A maior demanda é por engenheiros, técnicos, professores e funcionários para cargos de executivo sênior ou gerente. A maioria desses empregados vem de países como Estados Unidos, Argentina, Alemanha, Portugal e Espanha.

O levantamento, feito com 400 empresas que atuam no Brasil, entre multinacionais e companhias brasileiras, mostra que quase 20% das empresas pesquisadas já têm entre 1 e 5 funcionários expatriados ocupando cargos gerenciais; 13% delas têm mais de 20 desses funcionários.

O estudo também identificou as dificuldades na contratação desses estrangeiros.

"As leis de trabalho do Brasil são mais rigorosas que em outros países e desencorajam os empregadores a buscar profissionais estrangeiros. Mas essa tem sido uma alternativa para alguns (já que) seis em cada dez empregadores brasileiros enfrentam escassez de talentos", disse em comunicado Riccardo Barberis, CEO da Manpower no Brasil.

Os altos custos para trazer expatriados e as barreiras do idioma também são citados como dificuldades na contratação de estrangeiros.

Apesar dos empecilhos, expatriados estrangeiros entrevistados pela BBC Brasil dizem que sua experiência no exterior os ajudou a crescer profissionalmente no país.

"A experiência na Europa é bastante valorizada. Não creio que falte capacitação (à mão de obra local), mas (os empregadores brasileiros) gostam de ter uma ligação com o outro mundo", disse à BBC Brasil o belga Paul Jacobs, 46 anos, que trabalha no eixo Rio-São Paulo desde o final de 2006.

'Como funciona lá fora'
Casado com uma brasileira, atualmente Jacobs é consultor de uma companhia alemã que produz um software de gerenciamento empresarial e presta serviço para a Petrobras. Ele diz que o Brasil se tornou o principal mercado para sua empresa e que muitos colegas alemães estão de olho em oportunidades de emprego no país.

Questionado sobre que contribuição os estrangeiros podem trazer ao mercado de trabalho brasileiro, ele diz que, principalmente, "a experiência da Europa e (o conhecimento) da língua".

"Além disso, muitos (executivos brasileiros) estão querendo saber como as coisas funcionam lá fora, em termos de gestão e execução de orçamento, por exemplo", diz.

O engenheiro britânico James Bond (homônimo do espião da ficção), de 44 anos, também é casado com uma brasileira e se mudou para o Rio de Janeiro há cinco anos, por motivos pessoais: preferia criar seus filhos no Brasil, em vez de na Inglaterra.

Bond se estabeleceu profissionalmente no país e agora pretende ficar pelo menos até a Copa do Mundo de 2014.

"Aqui certamente existe uma ausência de mão de obra qualificada", diz. "A multinacional para qual presto serviço está investindo significativamente no país. Há muitos investimentos estrangeiros vindo para cá."

A respeito das diferenças que observou entre profissionais brasileiros e britânicos, Bond se disse "espantado pelo quão esforçados são os brasileiros".

"Na Inglaterra, em geral, as pessoas concluem a universidade aos 23 anos e poucos vão além e cursam um MBA, por exemplo. Aqui, são muitos os que trabalham em período integral e ainda cursam faculdade, para melhorar (suas qualificações)".

'Falta de talentos' global
Apesar de, no Brasil, estar inserida num contexto de crescimento econômico, a falta de mão de obra especializada é um problema mundial, segundo a pesquisa da Manpower.
Entre os 25 mil empregadores entrevistados em 39 países, mais de um terço indicou ter dificuldade em encontrar talentos adequados para postos de trabalho vagos.

"Apesar dos altos índices de desemprego relatados durante este (período) apático no mercado de trabalho global, (com) suposto excedente de talentos, muitos empregadores ao redor do mundo relatam dificuldade em encontrar as pessoas certas, com as qualificações certas, por conta da falta de talentos disponíveis em seus respectivos mercados", diz o estudo.

Fonte: BBC Brasil

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.