zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 28/11/2011 - 08h21

Investimentos em ciência e tecnologia




Por Bruno Peron Loureiro

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) informou que a Coréia do Sul investe mais em ciência e tecnologia que todo o conjunto da América Latina.Outras fontes notificaram também que o "Tigre Asiático" multiplicou por quarenta a renda per capita em pouco mais de sessenta anos e colhe os resultados de sua pujança econômica.
Basicamente o governo sul-coreano tem investido parte considerável do orçamento que resulta de seu crescimento econômico em setores estratégicos de inserção na globalização. A produção industrial em ascensão fomenta as políticas públicas em educação e inclusão digital e vice-versa de tal modo que os profissionais emergentes devolvem estes investimentos ao país e alçam a alavanca da economia.
Para efeito de comparação, a Coréia do Sul investiu 3,7% do Produto Interno Bruto em ciência e tecnologia em 2007, enquanto a média latino-americana era de 0,7%segundo o BID. O Brasil, dentre os países da região, tem sido o maior promotor da ciência com mais de 1,1% do PIB. Somos, assim, espectadores do triunfo das empresas sul-coreanas na América Latina: Hyundai, Kia Motors, LG, Samsung, e quem sabe qual será a próxima.
Ainda, a Coréia do Sul aderiu-se ao BID em março de 2005 e participa de vários projetos de assistência ao desenvolvimento econômico na América Latina. O país asiático doou US$ 200 milhões ao Banco para aplicação em projetos de redução da pobreza, apoio a pequenos negócios, transferência de conhecimento em ciência e tecnologia.
Os países latino-americanos participam timidamente do cenário mundial em pesquisa e desenvolvimento, se se considera a percentagem dos recursos de cada país e o número de publicações em revistas científicas. Algumas de nossas universidades,sobretudo as argentinas, brasileiras, chilenas e mexicanas, destacam-se entre as colocações como as melhores no mundo e têm conquistado espaços mais notórios.
Segundo a revista IDB América, a melhoria na qualidade de vida das pessoas e a competitividade na economia global dependem de quanto um país investe em ciência, tecnologia e inovação. Estes investimentos quase sempre trazem retornos positivos, embora a prazos médios e longos.
Gestores públicos de orientações ideológicas diversas reconhecem a importância do investimento em capacitação humana, embora alguns só o façam como pré-requisito do desenvolvimento econômico do país, ou seja, porque o setor produtivo demanda maior qualificação de seus profissionais para ganhar competitividade no mercado internacional.
Justifica-se o aumento de recursos destinados à ciência e tecnologia como caminho mais sensato para a melhora da qualidade de vida na América Latina e no mundo.Inventos facilitam a comunicação entre as pessoas, fazem-nas viver melhor, e curam doenças.
O governo brasileiro finalmente reconheceu que 1,1% do PIB é um investimento que não saciaria nem a sombra do adamastoriano Brasil. O Ministério da Ciência e Tecnologia lançou o programa Ciência sem Fronteiras, que, entre 2011 e 2014,fomentará a mobilidade internacional de pesquisadores brasileiros e despertarão senso de inovação, qualificará a mão-de-obra de jovens cientistas para que trabalhem no Brasil.
Espera-se, com esta medida, dirimir parte dos obstáculos seguintes à pesquisa e o desenvolvimento em ciência e tecnologia: escassez de recursos e de políticas públicas estratégicas; articulação deficiente entre pesquisa e setor produtivo;falta de mecanismos de proteção à propriedade intelectual.
Para esta finalidade, é preciso convencer os beneficiários tradicionais dos recursos públicos de que não há dinheiro para todos e, portanto, os países latino-americanos deverão investir mais em setores estratégicos a fim de inserir-se em melhores condições no sistema "anárquico" internacional do cada um por si.
Não alcançaremos grandes alturas enquanto dependentes da boa vontade de países que,como a Coréia do Sul, aproveitaram bem seus recursos, treinaram seus filhos,oferecem-nos auxílios diminutos em projetos de desenvolvimento, e chegam com empresas bem consolidadas em busca do que temos em troca.
O arrependimento do que se deixou de fazer é improdutivo. Pior que isto é assumir o papel de meros "zappers" de um televisor da Samsung, usuário de um computador da LG ou motorista de um moderno Hyundai Elantra. Queremos maior presença da América Latina nos avanços da ciência e a tecnologia.

http://www.brunoperon.com.br

 

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

 

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
18/04/2017 - 15h00
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte IV
18/04/2017 - 14h55
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte III
18/04/2017 - 14h50
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte II
18/04/2017 - 14h45
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte I
 
Últimas notícias do site
20/04/2017 - 16h22
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Medalha Tiradentes da PM de MS
20/04/2017 - 16h15
Dr. Paulo Siufi cobra cumprimento de lei que monitora eletronicamente os exames de direção veicular
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
20/04/2017 - 15h48
Conab enviará mais 59,45 mil t de milho para municípios do Norte e Nordeste
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.