zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 18/11/2011 - 08h21

Governo quer democratizar ainda mais acesso a crédito




Por Redação Pantanal News/Agência Sebrae de Notícias

Uma das iniciativas anunciadas por representante do Ministério da Fazenda é fundo de aval para beneficiários do programa Bolsa Família

Brasília - Oferecer crédito com taxas reduzidas aliado à assistência técnica. Esse é o diferencial do Programa Nacional de Microcrédito Crescer, segundo o secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bitencourt. Ele anunciou durante o Fórum Sebrae de Conhecimento, ontem (17), em Brasília, que o governo pretende criar um fundo de aval para facilitar ainda mais o acesso do público do Bolsa Família aos recursos do Crescer.

Gilson Bitencourt explica que o programa tem uma vantagem em relação à modalidade tradicional de empréstimos, pois ele é um “crédito com assistência técnica”, ou seja, as instituições financeiras vão ter relacionamento direto com os 3,4 milhões de brasileiros que o governo estima como tomadores de crédito até o fim de 2013. "O governo prestende fazer posteriormente o cruzamento de dados, para saber quem são e onde estão o público do Programa", informou Bitencourt.

Segundo ele, o acompanhamento das instituições se dará durante toda a vigência do contrato do crédito. “O governo vai acompanhar de perto se os bancos estão seguindo as orientações do Programa”, afirmou. O secretário informou que o valor da carteira do programa é de R$ 4,3 bilhões até 2013. “Inicialmente o Crescer seria trabalhado apenas pelos bancos públicos, mas já existe a participação de bancos privados e agências de fomento”, adiantou.

A fonte de recursos para a operacionalização do Crescer é de 2% (R$ 157 bilhões) do total dos depósitos à vista, que correspondem a R$ 3,15 bilhões. A taxa de juros é de 8% ao ano. Outra novidade é a Taxa de Abertura de Crédito (TAC) que também caiu, passando de 3% para 1% sobre o valor financiado.

De acordo com Gilson Bitencourt, o atendimento ao público já iniciou, tanto pelo bancos quanto por instituições como o Sebrae. Ele se referiu às ações que a instituição desenvolve no âmbito do Plano Brasil sem Miséria. Entre elas, está a divulgação das linhas de crédito disponíveis pelos bancos, por meio do Crescer. Em muitos casos, o primeiro contato dos tomadores de crédito se dará por meio do programa do Sebrae Negócio a Negócio, que irá repassar a demanda aos Agentes de Crédito para que façam o atendimento especializado.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews



Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/03/2017 - 09h40
Indústria sem Fronteiras é criado para aquecer economia em municípios
20/01/2016 - 09h43
Exportação de industrializados fecha 2015 com queda de 21,9% em MS
17/12/2015 - 08h30
Mesmo com crise, indústria de alimentos projeta crescer em MS
19/10/2015 - 07h05
Terminal de Porto Murtinho será reaberto nesta terça com embarque de 6 mil toneladas de açúcar
02/10/2015 - 06h54
MS vence disputa com 3 estados e garante industria de R$1,6 bilhão
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.