zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Antidrogas - 01/11/2011 - 15h57

Evo diz que país combate plantações de coca






Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse que em 2011 o país “bateu o recorde” na erradicação de coca. Segundo ele, o orgulho aumenta mais ainda porque não houve trocas de tiros nem violência nas operações. Morales acrescentou ainda que as plantações de coca erradicadas equivalem a mais de 8 mil hectares de terra, nas áreas de El Chapare, Cochabamba e Yungas de La Paz.

A meta, de acordo com Morales, é chegar a 10 mil hectares até o final de dezembro. O presidente disse ainda que a erradicação dos pés de coca ilegais foi possível por causa dos acordos com os produtores rurais. "[Conseguimos isso] sem disparar um tiro, mortes nem lesões”, disse.

Morales disse também que no seu governo o combate ao narcotráfico está entre as prioridades. Segundo ele, não se deve confundir o plantio ilegal de coca com a tradição de mascar a folha da planta, o que ocorre entre os indígenas bolivianos.

Em setembro, o presidente defendeu o incentivo ao plantio legal de coca no país como meio de evitar o crescimento das culturas ilícitas. Na Bolívia, os povos indígenas por questões culturais têm o hábito de mastigar a folha da coca. Segundo eles, é uma maneira de manter o equilíbrio do organismo e sentir menos os efeitos da altitude.

Morales reiterou ainda que, pelas leis bolivianas, a erva deve ser plantada em um espaço máximo de 1,6 mil metros quadrados e que os que contrariam a lei são punidos. No começo deste ano, houve várias manifestações em todo país, lideradas por organizações de defesa do plantio legal de coca, para a legalização do cultivo da erva. Morales disse que vai manter os esforços para evitar a criminalização internacional da coca.

*Com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
14/11/2017 - 15h04
Polícia incinera 1,4 tonelada de drogas apreendidas em Mato Grosso do Sul
20/09/2016 - 08h16
Está proibida venda a adolescentes de produtos usados para fazer “loló”
21/06/2016 - 09h45
Polícia queima droga avaliada em R$ 66 milhões; apreensões cresceram 7%
06/11/2015 - 15h06
Senador Moka diz que Brasil erra no combate ao tráfico nas fronteiras
06/08/2015 - 06h18
Drogas e álcool: conheça os efeitos da Síndrome de Abstinência Neonatal
 
Últimas notícias do site
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
21/11/2017 - 05h50
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.