zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 20/11/2008 - 12h45

André irá buscar investimentos para MS na China em 2009






Por Magda Tebcharani, do Notícias MS

           Entre maio e junho do próximo ano, o governador André Puccinelli deve realizar uma nova missão à China, com o objetivo de divulgar e “vender” as potencialidades de Mato Grosso do Sul. “A China é um mercado emergente”, explica. Como resultado da viagem de 10 dias à Itália, em janeiro, março e maio, já estão confirmadas a vinda para o Estado de missões. “Quando constatarem que o que mostramos é verdade, sem sombra de dúvidas, investirão em Mato Grosso do Sul”, prevê.

         O governador destacou, durante palestras para cerca de 700 empresários, algumas potencialidades do Estado, como o couro, o setor de grãos e o turismo. “Muitos não sabiam sequer da existência de Mato Grosso do Sul. Ficaram perplexo de verem Campo Grande, uma capital, com 765 mil habitantes e maravilhados com a belezas de Jardim, Bonito e Corumbá”.

         Para Puccinelli, esse momento é oportuno para que buscar novos investimentos na Europa, já que muitos paises do continente enfrentam uma recessão. “Eles querem encontrar novos mercados para investir e o Brasil é a bola da vez”, avalia, lembrando que muitos empresários têm recursos guardados, mas não têm perspectivas de investimentos.

         O principal atrativo apontado pelo governador é o incentivo fiscal. Através do MS Empreendedor, o Estado concede isenção fiscal de 67% até os 75% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) a que tem direito. “Para iniciativas que ainda não existam aqui, são estas que queremos trazer, o Estado abdica dos 75% do seu ICMS”, explica, lembrando que os municípios também concedem incentivos fiscais para indústrias e empresas.

         Investimentos

         De acordo com o governador, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, garantiu que irá determinar a inclusão da ferrovia Maracaju/Porto de Paranaguá (PR) no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) este ano. “Já que Mato Grosso do Sul e o Paraná se comprometeram a colocar recurso, o governo Federal deverá entrar com a maior parte, de 50 % a 60%”, conta, referindo-se a assinatura de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), firmado este mês entre os governos para a construção da ferrovia.

         Além disso, Puccinelli disse que, até 2009, Mato Grosso do Sul conseguirá atingir a cota de produção de álcool imposta para que a construção do poliduto se torne viável. “Hoje, são produzidas entre 1,8 milhão e 1,9 milhão de metros cúbicos de álcool e, em 2009, atingiremos 2,5 milhões de metros cúbicos”. Atualmente, 14 usinas de álcool estão em funcionamento no Estado e a previsão, conforme o governador, é de que mais 28 indústrias comecem a funcionar até 2012.

         Crise   

         Puccinelli afirmou que o Estado já tomou as medidas necessárias para combater os efeitos da crise, com a redução da pauta fiscal dos grãos, leite, carne e também do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de motocicletas até 150 cilindradas. Nos combustíveis, o governo estadual não aumenta a pauta fiscal há seis meses. “Tudo isso estamos fazendo para dar condições de melhoria e de venda dos produtos. Sem venda, não tem receita, empregados são mandados embora, por isso o governo está fazendo essas ações”, finaliza o governador.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/06/2017 - 08h03
Queimadas no Pantanal são naturais mas consumiram 63 km² em 2016
05/06/2017 - 08h00
Onça-pintada é tema de exposição interativa no Pantanal
29/05/2017 - 13h12
Cheia no Pantanal deverá atingir cerca de quatro metros e meio na metade do ano
17/05/2017 - 09h41
Cientistas desenvolvem alimentos processados de pescado pantaneiro
16/05/2017 - 14h17
Sete famílias deixam suas casas com início da cheia no Pantanal de MS
 
Últimas notícias do site
23/06/2017 - 16h02
TVE em Maracaju: governador Reinaldo e prefeito Maurílio Azambuja reativam sinal neste sábado
23/06/2017 - 14h16
Projeto de Moka quer acabar com distorção na disputa por vaga a pessoa com deficiência
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
23/06/2017 - 12h41
PMA autua pecuarista em degradar nascentes e dois córregos e áreas protegidas de matas ciliares
23/06/2017 - 10h35
Deputado Dr. Paulo Siufi solicita recolhimento de livro infantil que aborda incesto
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.