especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Internacional - 27/09/2011 - 10h37

Em mensagem, Khadafi avisa que está na Líbia e se preciso, morrerá como mártir




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília –  O presidente da Líbia, Muammar Khadafi, divulgou hoje (27) mensagem no site líbio Allibiya e também pela rádio Bani Walid. Ele informou que está no país e que não pretende fugir, negando que tenha partido para a Venezuela e o Níger – país onde estão abrigados sua mulher e três filhos. Khadafi disse que pretende resistir até morrer como “mártir”. Ele prometeu reações contra a oposição.

“Eles [os integrantes da oposição] mentem, dizendo que Khadafi estava na Venezuela ou no Níger. Eu estou entre o meu povo, e os próximos dias reservam a esses agentes um choque inesperado”, avisou Khadafi na mensagem.

Ele lembrou que, se for necessário, morrerá como herói. "Heróis resistiram e caíram como mártires. Nós também esperamos o martírio", disse. A rádio Bani Walid é considerada um dos últimos focos de resistência fiéis a Khadafi. “Pela vossa jihad, estão reeditando nossas proezas e dos nossos antepassados. Saibam que eu estou no terreno como vós.”

Desde o mês passado, quando a oposição dominou as principais cidades da Líbia, Khadafi está desaparecido. Surgiram inúmeras informações de que ele partiu para países aliados. Mas pessoas ligadas ao presidente disseram que ele estava no país e não pretendia escapar.  

Também hoje, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), responsável pelas operações externas na Líbia, informou que até o momento as ações no país foram eficientes e evitaram mortes de civis. Na semana passada, a Organização das Nações Unidas hasteou a bandeira da oposição líbia, representada pelo Conselho Nacional de Transição.  

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.//Edição: Graça Adjuto


Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
08/01/2018 - 07h50
Cachorrinha reencontra donos após ser capturada por águia nos EUA
24/10/2017 - 11h16
Em Assunção, Ruiter expõe desafios e oportunidades para viabilidade de hidrovia
14/09/2017 - 10h45
Raras girafas brancas são observadas em parque no Quênia
11/09/2017 - 14h23
Distantes, moradores de MS vivem angústia com parentes nos EUA
08/09/2017 - 07h10
Aquidauanense que mora no Texas relata desespero com furacão
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 07h05
Carnaval de Corumbá: blocos oficiais iniciam ensaios e enredos falam de temas atuais
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.