especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Pesquisa no Pantanal - 19/09/2011 - 16h45

Grupo planeja retomar pesquisas sobre pitiose equina






Por Redação Pantanal News/Ana Maio - Embrapa Pantanal

Na semana passada, pesquisadores ligados a Embrapa Pantanal e a três universidades públicas se reuniram em Corumbá para discutir a continuidade das pesquisas relacionadas à pitiose equina, doença também conhecida como “ferida da moda” ou “câncer dos pântanos”.

A pitiose afeta principalmente cavalos que vivem em áreas úmidas. Ela é causada por um fungo que se desenvolve em locais alagadiços, especialmente nas regiões de clima tropical e subtropical. O Pantanal brasileiro é considerado a região de maior ocorrência de pitiose equina do mundo, mas a doença tem sido registrada em todo o país e causa prejuízos significativos. Também há registros de pitiose em cães, bovinos, ovinos e humanos.

O cavalo apresenta lesões que se transformam em grandes feridas se não forem tratadas. O agente etiológico (Pythium insidiosum) não é sensível às drogas antifúngicas existentes e causa a morte ou invalidez na grande maioria dos casos.

Em 1999, a Embrapa Pantanal e a UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) lançaram um tratamento com a vacina Pitium Vac, um imunobiológico que, apesar de ser popularmente chamado de vacina, é utilizado na cura da doença.

O professor Jânio Santurio, da UFSM, foi um dos convidados para a reunião técnica realizada dias 15 e 16 na Embrapa Pantanal e organizada pelas pesquisadoras Márcia Furlan e Raquel Soares. Ele trouxe do Rio Grande do Sul três orientandos que estão se dedicando ao estudo da doença. Também participaram a professora Sandra Gimenes Bosco, da Unesp (Universidade Estadual Paullista) de Botucatu (SP), e o professor Carlos Eduardo Pereira dos Santos, da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso). Participou também o pesquisador André Steffens, da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Jânio disse que dessa reunião técnica surgiram subsídios para novos projetos de pesquisa. Um deles se propõe a aprofundar os estudos sobre a epidemiologia da doença, ou seja, as características de como ela ocorre na população (como é transmitida, a distribuição, como os organismos reagem etc).

Outro projeto de pesquisa, segundo Jânio, deve avaliar o uso de um adjuvante na vacina já existente. Esse adjuvante seria um estimulante para a resposta imunológica agir por mais tempo.

Um terceiro projeto pretende verificar o papel das mutucas (tabanídeos) no processo de infecção dos animais. Há suspeitas não comprovadas de que esses insetos poderiam interferir na predisposição dos animais em serem infectados. Outra proposta é realizar experimentos para comprovar a suspeita de que altas concentrações de ferro na alimentação dos animais (pastagens e água) estimulariam a infecção pelo Pythium. “O fungo é ávido por ferro. Há estudos feitos na década de 1990 no Pantanal indicando que a região tem alta concentração de ferro nas pastagens e na água”, disse o professor da UFSM.

Pretende-se realizar a investigação da população bacteriana presentes nessas feridas com a finalidade de descobrir se há alguma população específica de bactérias que possa interferir no desenvolvimento da doença.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
14/10/2015 - 11h00
Expedição de barco pelo Pantanal de MS discute preservação ambiental
26/08/2013 - 08h03
Em MS, médicos de outros países fazem provas para revalidar diploma
30/01/2013 - 08h45
Embrapa Pantanal firma convênio para o fortalecimento da Apicultura em Mato Grosso do Sul
30/10/2012 - 16h45
PRF apreende veículo com CRLV falso
05/09/2012 - 13h45
Pesquisadores questionam alterações da Lei de Pesca do Mato Grosso
 
Últimas notícias do site
23/11/2017 - 15h48
Em Brasília, prefeito viabiliza recursos para Corumbá e busca apoio para curso de Medicina
23/11/2017 - 15h31
No Ministério do Turismo, prefeito discute liberação de verbas para distrito turístico
23/11/2017 - 14h46
Corumbá comemora neste dia 23 o Dia Municipal da Cultura
23/11/2017 - 14h26
PMA prende e autua em R$ 60 mil trio de pescadores no rio Paraguai
23/11/2017 - 08h46
Durante fiscalização PMA apreende caminhão com uma tonelada de agrotóxico
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.