zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Brasil - 09/08/2011 - 11h05

Brasil Sem Miséria é citado como exemplo de diálogo entre políticas públicas durante seminário sobre a nova classe média




Por Redação Pantanal News/MDS

"É necessário investir na qualidade da saúde, educação e assistência social", declarou o secretário executivo do MDS, Rômulo Paes, em seminário

Os primeiros dez anos deste século são testemunha, no Brasil, da ascensão social de mais de 30 milhões de pessoas à chamada classe média - rendimento familiar entre R$ 1 mil e R$ 4 mil. Muitos destes brasileiros são beneficiários de políticas públicas executadas na forma de sistemas únicos como o Saúde (SUS) ou de Assistência Social (Suas). Para aprimorar este modelo, que serve a um contingente populacional cada vez maior, o secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Rômulo Paes de Sousa, acredita ser fundamental priorizar o diálogo entre os mesmos. Ele apontou o Brasil Sem Miséria como exemplo deste novo modelo de política pública. O plano de superação da extrema pobreza tem como eixos principais a distribuição de renda, o acesso aos bens e serviços públicos e a inclusão produtiva.

Rômulo Paes reforçou, ainda, que os novos integrantes da classe média tendem a ser mais rigorosos em relação ao que é colocado à disposição pelos governos. "É necessário investir na qualidade da saúde, educação e assistência social", disse, durante o seminário "Políticas Públicas para a Nova Classe Média", realizado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE/PR), nesta segunda-feira (8), em Brasília.

Já o secretário executivo adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Carlos Guedes, salientou o Brasil Sem Miséria como iniciativa parceira para a melhoria de vida dos agricultores familiares. Para ele, o plano é instrumento que possibilita dar mais assistência técnica e crédito a este público.

O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland Brito, fez questão de lembrar a iniciativa de inclusão produtiva do Brasil Sem Miséria como "novidade civilizatória". Holland enfatizou a importância de programas de transferência de renda, como o Bolsa Família. Em sua avaliação, além de eficazes na distribuição das riquezas, ajudam a diminuir a distância econômica entre as classes sociais. "Duas coisas a sociedade brasileira não aceita mais: inflação alta e as desigualdades sociais".

Também presente à mesa coordenada pelo secretário Rômulo Paes, a diretora de Qualificação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Ana Paula da Silva, ressaltou a importância dos programas de aprimoramento profissional e as ferramentas tecnológicas para manter e ascender mais brasileiros à classe média. De acordo com Ana Paula, o Portal Mais Emprego (http://maisemprego.mte.gov.br/portal) é um instrumento onde empregadores podem publicar informações sobre vagas de trabalho disponíveis em qualquer lugar do País e os trabalhadores têm acesso a conteúdos sobre seus direitos e cursos de qualificação.

Por fim, o secretário de Ações Estratégicas da SAE/PR, Ricardo Paes de Barros, destacou que, em relação às políticas de proteção social, devem ser criados incentivos ao trabalho, aperfeiçoamento do seguro desemprego e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e instituição de alternativas para que os conflitos entre empregadores e empregados sejam negociados durante a vigência do contrato de trabalho, de forma a reduzir a rotatividade.



 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/10/2017 - 08h00
Horário de verão 2017 começa neste domingo; moradores de 10 estados e DF devem adiantar relógio em 1 hora
14/09/2017 - 10h20
'Geladeira solidária' disponibiliza alimentos de graça em São Carlos, SP
04/08/2017 - 08h50
Luiz Melodia morre aos 66 anos, em decorrência de câncer de medula
24/04/2017 - 10h39
Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio
24/01/2017 - 09h10
Piloto do avião de Teori disse que esperaria fim da chuva para pousar, afirmam técnicos
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 14h39
Bombeiros fazem sobrevoo para avaliar combate a fogo que já destruiu 20 mil ha
17/10/2017 - 14h00
Fazendeiro é autuado em R$ 18 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira
17/10/2017 - 12h56
Homem é preso pela PMA com 34 filhotes de papagaios, periquitos e pássaros silvestres
17/10/2017 - 12h19
PM de MS cria programa de meritocracia para destacar trabalho de policiais
17/10/2017 - 10h25
Conab assina oito novos contratos com agricultores familiares em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.