zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Turismo - 15/07/2011 - 14h09

Pequenas empresas apostam no turismo náutico




Por Redação Pantanal News/Agência Sebrae de Notícias

Rodada de Negócios promovida pelo Sebrae para o setor deve gerar quase R$ 7 milhões em oportunidades comerciais
 

São Paulo - Atuar nas áreas de turismo marítimo e náutico não é só atividade para empresas de grande porte. Ao longo de sua rota, quando as embarcações atracam em algum destino, quase a totalidade dos serviços são prestados por micro e pequenos empreendedores do setor. Alguns deles investiram nesse segmento há pouco mais de um ano e hoje o volume de negócios já representa até 50% do faturamento das empresas. Veja a página de Turismo do Sebrae

Esses números tendem a aumentar ainda mais para os pequenos empresários do segmento que participaram das Rodadas de Negócios realizadas pelo Sebrae durante o 6º Salão de Turismo – Roteiros do Brasil, em São Paulo. Neste ano, um dos temas dos encontros pré-agendados entre operadores de turismo (compradores) e fornece dores locais foi justamente o turismo náutico. Quatro grandes operadores e 16 destinos estiveram presentes. Com base nos contatos feitos no Salão, a expectativa de geração de negócios é de R$ 6,9 milhões. Destes, R$ 3,2 milhões já para o segundo semestre deste ano. Os outros R$ 3,69 milhões restantes, para o primeiro semestre de 2012.

“É uma oportunidade nova para os micros e pequenos empresários. O trabalho do Sebrae é justamente estimular a criação e adequação desses produtos turísticos para aumentar o tempo de permanência dos navios nas cidades. Para os operadores, também é interessante. Afinal, quanto mais rotas, mais incrementado o roteiro. Isso agrega valor ao serviço oferecido ao cliente”, avalia a responsável pelos projetos de Turismo do Sebrae, Germana Magalhães.

A Maracá Turismo, empresa de receptivo com sede em Macapá (AP), foi uma das que participaram das rodadas com o objetivo de buscar novos clientes. “Nosso estado é passagem obrigatória para todos os cruzeiros vindos da Europa ou da América do Norte com destino à Amazônia. Por ser a porta de entrada para o Brasil, os navios precisam passar por uma fiscalização, que dura quase o dia inteiro. Antes essas embarcações ficavam paradas em alto mar durante todo esse período e não atracavam em Macapá porque não havia qualquer roteiro negociado previamente”, recorda-se a diretora-administrativa da Maracá, Patrícia Cunha.

Planejamento melhor

Os transatlânticos passaram a aportar em Macapá em 2007 e movimentaram toda a economia da cidade. Mas Patrícia só começou atuar nesse mercado há um ano. Hoje os negócios voltados para o turismo náutico já representam 50% do faturamento da Maracá. “O que se ganha em seis meses de temporada vale por um ano. Esse tipo de segmento tem público certo, diferente dos outros roteiros que investimos, sem certeza de visitantes. Além disso, por sabermos a quantidade de pessoas, temos condições para nos planejarmos melhor”, avalia Patrícia.

Em Maceió, a temporada de cruzeiros marítimos se intensificou nos últimos quatros anos. Mas a participação dos micro e pequenos empreendedores da região no segmento tornou-se mais ativa de dois anos para cá, com a criação de um grupo de empresas de receptivos, composta por oito estabelecimentos. Juntas, elas buscaram apoio para qualificação e estruturação de projetos em instituições como o Sebrae.

“Melhoramos em 50% a qualidade de atendimento ao turista. Isso é importante já que nas altas temporadas o turismo náutico aumenta nossa capacidade operacional em até 25%. A expectativa é que, entre 2012 e 2013, esse número também possa crescer 50%”, estima Alejandro Velásquez, diretor-administrativo da Luck Receptivo, em Maceió.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/07/2017 - 14h34
Bonito é eleito o melhor destino de ecoturismo do Brasil pela 14ª vez
17/07/2017 - 15h30
Bonito vence pela 14ª vez prêmio de melhor destino de ecoturismo
20/05/2017 - 11h35
Eventos e negócios impulsionam turismo em Mato Grosso do Sul
12/01/2017 - 11h16
Feriados vão movimentar R$ 21 bilhões no turismo
18/11/2016 - 08h00
Turismo entrega 22 obras de infraestrutura em Mato Grosso do Sul em 2016
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.