zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 14/11/2008 - 07h00

Áreas de instabilidades mantêm temporais no Sudeste, Centro-Oeste e Norte




Por Tempo Agora

As chuvas fortes não dão trégua para algumas regiões do Brasil e a sexta-feira segue com possibilidade de transtornos em muitas cidades. Segundo os meteorologistas da Somar, a frente fria que permanece estacionada sobre o Sudeste e a Alta da Bolívia (área de instabilidade, onde os ventos a mais de 10km de altura giram no sentido anti-horário, favorecendo a formação de nuvens carregadas) entre o Norte e Centro-Oeste serão os sistemas responsáveis pelos temporais.

Ao longo do dia, os Estados mais afetados serão: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Pará, Amazonas, Rondônia e Acre. Das Capitais, os maiores volumes de chuvas devem se concentrar sobre Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Manaus, Porto Velho e Rio Branco.

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, a intensidade e distribuição das chuvas são típicas da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), sistema que mais causa chuvas sobre o Brasil. Segundo Celso, esse sistema meteorológico sempre está ligado às tragédias nas áreas urbanas e o alívio para setores econômicos importantes como o de energia elétrica. "Quando num determinado ano não há ZCAS, o número de mortes associadas com as chuvas cai, mas outros problemas surgem, como o risco de apagão, por exemplo".

Além disso, por conta das chuvas fortes a temperatura ficará mais baixa nesta sexta-feira entre Minas Gerais e Espírito Santo.

Já no Nordeste, mais uma vez o calor será intenso. Hoje as temperaturas devem chegar aos 40°C em Teresina-PI e aos 32°C em São Luís-MA e Fortaleza-CE.  Quanto às chuvas, há previsão apenas de pancadas isoladas e algumas trovoadas.

No interior da Região Sul, em Mato Grosso do Sul e no oeste do Estado de São Paulo, a entrada de uma massa de ar seco favorece o predomínio do sol e deixa a temperatura elevada. Esperam-se chuvas isoladas apenas entre o nordeste do Rio Grande do Sul e o leste e norte de São Paulo. Na Capital Paulista, o risco de temporais será menor que nos últimos dias.

Litoral
O mar permanece agitado e com risco de ressacas no litoral norte do Rio Grande do Sul, onde as ondas chegam a 2,5m de altura nesta sexta-feira. Já os ventos mais fortes, de quase 45km/h, serão sentidos na costa do Espírito Santo por conta da presença da frente fria.

No sábado, a passagem de uma intensa frente fria provoca ventos de mais de 55km/h e ondas de mais de 2,5m de altura no litoral gaúcho. No domingo, a situação deverá piorar, já que há previsão de ondas de mais de 3,5m de altura. O risco de ressacas é enorme, por isso, recomenda-se cautela aos navegadores.

Fim de semana
O sábado será marcado por temporais e transtornos entre o Sudeste (especialmente no Estado de Minas Gerais), Centro-Oeste (Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso), Norte (Pará, Tocantins, Amazonas, Roraima, Rondônia e Acre) e sudoeste da Bahia.

Por outro lado, toda a Região Sul, os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Amapá e boa parte do Nordeste deverão ter um sábado muito aproveitável com sol e calor.

No domingo, uma frente fria avança pelo Sul e Sudeste, provocando chuvas fracas desde Santa Catarina até o Rio de Janeiro. De acordo com os meteorologistas da Somar, esse sistema virá acompanhado de uma intensa massa de ar frio, que deve provocar declínio acentuado da temperatura máxima entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Além disso, a antiga frente fria ainda provoca chuvas fortes, com possibilidade de transtornos no noroeste de Minas Gerais, sudoeste da Bahia, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Pará, Amazonas, Roraima, Rondônia e Acre.

Em Mato Grosso do Sul, Amapá e maior parte do Nordeste, o domingo continua ensolarado e quente.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/11/2017 - 09h23
Projeto Florestinha completa 25 anos formando cidadãos responsáveis
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
20/11/2017 - 06h21
Segunda-feira tem previsão de chuva com trovoadas isoladas em MS
16/11/2017 - 06h20
Dia deve ser de sol forte em todo MS e máxima chega a 32ºC na Capital
14/11/2017 - 06h21
Sem chuva, sol predomina e máxima pode chegar aos 36°C no estado
 
Últimas notícias do site
22/11/2017 - 11h35
PMA autua fazendeiro por erosão e assoreamento de córrego
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
22/11/2017 - 09h23
Projeto Florestinha completa 25 anos formando cidadãos responsáveis
22/11/2017 - 07h26
Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira
22/11/2017 - 06h13
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.