zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Brasil - 02/06/2011 - 15h53

Sebrae visitará cidades atendidas pelo Brasil sem Miséria




Por Redação Pantanal News/Agência Sebrae de Notícias

Instituição vai identificar e capacitar possíveis empreendedores individuais entre o público alvo do programa lançado hoje pela presidente Dilma Rousseff

Brasília - Pelo menos 1,7 milhão dos 16 milhões de brasileiros em situação de extrema pobreza que serão atendidos pelo Plano Brasil sem Miséria, lançado nesta quinta-feira (2) pela presidente Dilma Rousseff, pode desenvolver algum tipo de atividade empreendedora. Com o objetivo de mapear esse público, o Sebrae vai visitar cerca de 70 cidades com o maior volume de famílias carentes mapeadas pelo governo federal. A instituição vai formar agentes de orientação empresarial para ajudar na formalização e capacitação de pessoas que trabalham na informalidade ou que têm perfil de virar empreendedor individual – trabalhadores por conta própria que faturam até R$ 36 mil por ano.

“O Sistema Sebrae tem muito a contribuir com o programa do governo federal. Estamos presentes em todos os estados brasileiros e vamos trabalhar conjuntamente com os órgãos públicos para identificar potenciais empreendedores atendidos pelo programa social. O segundo passo é capacitá-los para desenvolver pequenos negócios nas suas regiões. Sem dúvida, o empreendedorismo é um mecanismo de inclusão produtiva e geração de renda”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, que participou do lançamento do programa no Palácio do Planalto.

O evento reuniu diversos ministros, parlamentares e governadores. A importância dos empreendedores foi destacada pela presidente Dilma. “Um país de micro e pequenos empresários, e de médios e grandes, é um país que tem todas as condições de ter cidadãos participantes. O pessoal do Bolsa Família também vai receber capacitação para deixar o programa de forma mais salutar”, disse a presidente.

Os possíveis beneficiados do Brasil Sem Miséria serão identificados pelo governo por visitas domiciliares e cruzamentos de bases cadastrais com o objetivo de localizar, cadastrar e incluir as famílias com renda familiar de menos de R$ 70 por pessoa. As iniciativas de inclusão previstas pelo governo vão além do acesso aos serviços públicos. “Sobram vagas de empregos e oportunidades de negócios no Brasil. As famílias apresentam baixa escolaridade e acabam perdendo essas oportunidades. Vamos promover ações de qualificação conectadas à demanda real de cada cidade”, disse a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

O programa terá investimentos anuais de R$ 20 bilhões do Tesouro Federal e prevê a capacitação e o fortalecimento da participação na coleta seletiva de 60 mil catadores até 2014. O objetivo é melhorar as condições de trabalho e a ampliação das oportunidades de inclusão socioeconômica deste público. Outra meta prevê o aumento de 66 mil para 255 mil o número de agricultores familiares em situação de extrema pobreza atendidos pelo Programa de Aquisição de Alimentos. A presidente Dilma firmou um acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) para que as empresas adquiram os itens produzidos por esses agricultores.

Uma das promessas de campanha da presidente Dilma, o Plano Brasil Sem Miséria agrega transferência de renda, acesso a serviços públicos nas áreas de educação, saúde, assistência social, saneamento, energia elétrica e inclusão produtiva. O programa prevê um conjunto de ações que envolvem a criação de novos programas e a ampliação de iniciativas já existentes, em parceria com estados, municípios, empresas públicas e privadas e organizações da sociedade civil. Para chegar a esse público de 16,2 milhões de pessoas que vivem com menos de R$ 70 por mês, o governo vai seguir os mapas da extrema pobreza produzidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews



Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
11/10/2017 - 08h00
Horário de verão 2017 começa neste domingo; moradores de 10 estados e DF devem adiantar relógio em 1 hora
14/09/2017 - 10h20
'Geladeira solidária' disponibiliza alimentos de graça em São Carlos, SP
04/08/2017 - 08h50
Luiz Melodia morre aos 66 anos, em decorrência de câncer de medula
24/04/2017 - 10h39
Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.