zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Finanças - 11/11/2008 - 11h50

FGV registra avanço da inflação em todas capitais analisadas




Por Thaís Leitão, da Agência Brasil

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) avançou em todas as sete capitais analisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na primeira leitura de novembro. De acordo com o resultado divulgado hoje (11), em São Paulo, capital que tem o maior peso na formação da taxa global, o IPC-S subiu de 0,54%, referente ao último levantamento, para 0,65%.

De acordo com o coordenador do IPC Brasil, André Braz, os alimentos, especialmente os in natura, pressionaram a taxa. Ele alertou, no entanto, que não se trata de uma tendência de alta generalizada nesse grupo.

“A alimentação pressionou a inflação nessa leitura, mas ela não foi generalizada. Alimentos importantes no consumo do brasileiro, como feijão e arroz, estão pressionando menos [a inflação], mas houve um aumento forte nos preços das frutas. Em Belo Horizonte, por exemplo, elas saíram de uma alta de 2,5% para mais de 10% nesse levantamento”, destacou.

Segundo Braz, esse movimento foi motivado pela sazonalidade, que leva à escassez de algumas frutas, como o mamão, no mercado esta época do ano.

“Essa volatilidade dos preços dos alimentos in natura não deve continuar puxando a inflação nas próximas semanas. Ao contrário, a menor pressão exercida pelo feijão, pelo arroz, pelos derivados do trigo e da soja, que apresentam tendência de recuo, devem se tornar mais evidentes”, ressaltou.

As outras capitais que também registraram avanço do IPC-S foram Belo Horizonte (de 0,29% para 0,49%), Brasília (de 0,50 para 0,93%), Porto Alegre (de 0,18% para 0,50%), Recife (0,45% para 0,68%), Rio de Janeiro (de 0,54% para 0,55%) e Salvador (de 0,32% para 0,41%).

O IPC-S passou de
0,47% para 0,58%, o que representou uma alta de 0,11 ponto percentual. Para calcular o índice, a Fundação Getulio Vargas coleta preços de aproximadamente 450 produtos e serviços usados por famílias com renda mensal de um a 33 salários mínimos residentes em sete capitais.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/12/2013 - 06h35
Consultas ao último lote do IR abrem segunda; 711 mil caem na malha fina
28/08/2009 - 10h37
Força Nacional terá base aérea na fazenda Itamarati
05/06/2009 - 17h40
Trabalhadores têm até o dia 30 para sacar Abono e rendimentos do PIS
01/06/2009 - 11h27
Bovespa inicia semana acima dos 54 mil pontos
01/06/2009 - 09h09
Analistas mantêm estimativa da inflação oficial em 4,33% neste ano
 
Últimas notícias do site
22/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
22/09/2017 - 13h11
PMA apreende redes e liberta peixes dos petrechos ilegais
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.