zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Antidrogas - 15/04/2011 - 11h45

Ação comunitária do Conselho de Segurança leva Narcóticos Anônimos à região urbana do Bandeira




Por Redação Pantanal News/Karina Lima - Notícias.MS

Divulgaçãorecurso

         Campo Grande (MS) – Com dez grupos em funcionamento na Capital, o Narcóticos Anônimos (NA), instituição sem fins lucrativos que visa recuperação de dependentes usuários de drogas, promove, em parceria com o Conselho Comunitário de Segurança (CCS) da região urbana do Bandeira, com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio da Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária, neste dia 15, o painel da “Irmandade NA” abrangendo a população dos bairros Rita Vieira, Universitário, Carlota, Dr. Albuquerque, Jardim Paulista, TV Morena, Tiradentes.

 

        A reunião, baseada na filosofia da Polícia Comunitária, está marcada para as 19 horas, no salão da Paróquia Santa Rita de Cássia, localizada na rua João Maiolino, 306, bairro Universitário e será aberta a toda a comunidade. O objetivo do encontro é apresentar aos moradores a dinâmica de trabalho de um grupo dos Narcóticos Anônimos (NA). No início do mês de março, os NA realizaram a mesma ação  na região das Moreninhas (foto). Após o sucesso do encontro, com grande aceitação por parte daquela comunidade, a irmandade NA instalou um grupo de trabalho na região e definirá, nesta semana, a data, local e horários dos encontros do Grupo de Apoio aos dependentes das Moreninhas, informou o integrante dos Narcóticos Anônimos.

 

      De acordo com o investigador da Polícia Civil, e membro do CCS do Bandeira, Francisco de Melo, estão sendo convidados para o encontro diretores de escolas, pais de alunos, membros de igrejas e moradores em geral. “Estamos estendendo o convite para que possamos atender ao maior número possível de pessoas. É muito importante que este trabalho chegue ao conhecimento de usuários de drogas que desejam se libertar do vício maléfico”, ressaltou o policial.

 

     Os painéis apresentados pela instituição podem ser feitos em qualquer lugar, desde igrejas, escolas e sedes de Conselhos Comunitários de Segurança (CCS). De acordo com um dos servidores do Narcóticos Anônimos de Campo Grande, o maior grupo da Capital do Estado está localizado na Igreja Perpétuo Socorro, onde mensalmente 900 membros participam dos encontros. “A experiência já comprova que quem dá continuidade à participação  nos encontros é por que está limpo”, revelou o servidor.

 

      Não há discriminação de raça, sexologia, crença ou idade. “Mesmo um garoto de dez anos até um senhor de 90 anos podem participar dos encontros; a família participa apenas dos encontros abertos que acontecem uma vez por mês”, explicou o representante do NA. Os Narcóticos Anônimos também disponibilizam um telefone para ajuda ao dependente, para consultar e saber onde existe o grupo mais próximo de onde reside para que possa participar e se libertar do vício. “O telefone (67) 8155-2282 é aberto a qualquer pessoa que busca apoio para sua salvação”, declarou o servidor do grupo.

 

      Por meio de reuniões, realizadas por ex-dependentes, os NA transmitem aos dependentes que existe um problema, oferecendo ajuda para que possam fazer uma autoavaliação, partilhada em nível confidencial, reparando danos causados pelo uso de drogas. Para o investigador Francisco de Melo, a presença de moradores discutindo e opinando fortalece a atuação do Conselho Comunitário de Segurança. “Com a participação de todos teremos condições de ajudar a quem realmente precisa e também nos ajudar, haja vista que a recuperação dos dependentes de drogas contribui para a recuperação da paz de toda a comunidade”, comentou o investigador.

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/09/2016 - 08h16
Está proibida venda a adolescentes de produtos usados para fazer “loló”
21/06/2016 - 09h45
Polícia queima droga avaliada em R$ 66 milhões; apreensões cresceram 7%
06/11/2015 - 15h06
Senador Moka diz que Brasil erra no combate ao tráfico nas fronteiras
06/08/2015 - 06h18
Drogas e álcool: conheça os efeitos da Síndrome de Abstinência Neonatal
13/07/2015 - 08h11
Combate às drogas não envolve apenas segurança, avalia Antonieta
 
Últimas notícias do site
22/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
22/09/2017 - 13h11
PMA apreende redes e liberta peixes dos petrechos ilegais
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.