CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Internacional - 21/03/2011 - 16h09

Fiems negocia parceria de qualificação com região chilena de Atacama












Por Redação Pantanal News/Daniel Pedra - Chefe de Redação do Núcleo Sistema Fiems

A governadora de Atacama, Ximena Matas Quilodrán, reuniu-se com o diretor-corporativo Jaime Verruck

O Sistema Fiems e o Governo de Atacama, no Chile, iniciaram, nesta segunda-feira (21/03), durante reunião no 6º andar do Edifício Casa da Indústria, as negociações para firmar uma parceria de qualificação de mão-de-obra para atender a demanda da região chilena nas áreas de mineração e energia renovável. O diretor-corporativo da Fiems e diretor-regional do Senai, Jaime Verruck, explicou que nos próximos anos o Estado de Atacama vai receber quase US$ 20 bilhões em investimentos em mineração e produção de energia renovável e necessita de profissionais capacitados para atender as empresas que vão operar nessas duas áreas de atuação na região.

Segundo Jaime Verruck, a ampliação da questão comercial de Mato Grosso do Sul com Atacama esbarra na necessidade por mão-de-obra qualificada por parte dos chilenos. “Na reunião de hoje, iniciamos com a governadora Ximena Matas Quilodrán a negociação para que o Senai possa atuar na formação de profissionais nas áreas de mineração, energia renovável e de saúde e segurança do trabalho. Estamos otimistas na consolidação dessa parceria com a região de Atacama”, disse, completando que o encontro com representantes dos segmentos de açúcar e álcool, alimentos, metalmecânica, construção civil, vestuário e turismo também serviu para abrir uma possibilidade para as empresas do Estado irem ao Chile participar dos projetos de expansão.

Já a governadora Ximena Quilodrán reforçou que Mato Grosso do Sul tem qualidades bastante significativas do ponto de vista do interesse de desenvolvimento da região de Atacama. “Está sendo muito importante ter contato com Mato Grosso do Sul porque temos importantes possibilidades de negócio”, avaliou, destacando que existem tratados de livre comércio entre os dois países que permitiriam exportações em condições favoráveis. “Entre 2011 e 2014, a nossa região receberá investimentos da ordem de US$ 17,3 bilhões”, detalhou, informando que hoje à tarde vai a Corumbá visitar o CetecSenai, enquanto amanhã, ainda na cidade, conhecerá a Vale Mineração e, na quarta-feira (22/03), irá até Dourados conhecer a Usina de Açúcar e Álcool Monte Verde.

Exportações

Ela ainda aproveitou para ressaltar que o Estado de Atacama tem 280,5 mil habitantes e foi responsável por exportar US$ 5,6 bilhões em 2010, sendo o terceiro maior exportador do Chile. “Os nossos principais produtos são minérios, agroindústrias e produtos do mar e os mercados compradores são China, Japão, Europa, Estados Unidos e Brasil, que é o principal sócio-comercial de Atacama na América Latina”, pontuou.

Para o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, que também participou a reunião na Casa da Indústria, Mato Grosso do Sul tem muitas empresas interessadas em investir no Chile. “Nos últimos anos, ficamos de costas para os países vizinhos, mas agora temos de trabalhar no sentido de nos aproximarmos mais desses países para fortalecer a nossa relação economia. A Fiems está de parabéns por oferecer esse tipo de oportunidade de intercâmbio comercial com o Estado de Atacama, no Chile”, analisou.

O presidente do Simemae/MS (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado), Irineu Milanesi, também considerou a reunião com a governadora de Atacama produtiva. “A reunião serviu para nos atualizamos sobre o Chile e, dessa forma, estabelecer uma condição melhor de comércio com o país vizinho. Além disso, não podemos esquecer que o Chile é um caminho mais curto para acessarmos o mercado asiático e, portanto, precisamos manter relações fortes com os chilenos”, destacou.

Intercâmbio

Além da reunião com representantes da Fiems e do empresariado local, a governadora Ximena Quilodrán também se encontrou com o governador André Puccinelli, que estava acompanhado pelos secretários estaduais Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo) e Carlos Alberto Menezes (Meio Ambiente, Planejamento, Ciência e Tecnologia). “O nosso governo trabalha com o objetivo de aperfeiçoar o uso de hidrovias e criar, com a integração a ferrovias e rodovias, uma rede intermodal para saída de produtos sul-mato-grossenses aos mercados compradores. Queremos intercambiar com parceiros na América do Sul pela proximidade e pelas possibilidades maiores de negócios e de interação cultural”, afirmou, lembrando que para os países asiáticos a distância é menor utilizando-se os portos do Oceano Pacífico.

Em um resumo dos projetos estratégicos de desenvolvimento que o atual governo defende para Mato Grosso do Sul, André Puccinelli mostrou ao grupo chileno a condição privilegiada do Estado e de Campo Grande em relação ao continente, destacou a grande população no entorno desse epicentro, mostrou em mapas a atual estrutura dos modais de transporte disponíveis e as novas obras que estão sendo feitas ou planejadas, inclusive a complementação da rota bioceânica, que passa por Bolívia e chega ao Chile. Com relação ao intercâmbio educacional pretendido pelo Governo do Atacama, ele disse é possível por meio de parceria entre o Governo do Estado e a Fiems, citando o potencial das duas universidades públicas e três universidades privadas existentes no Estado.

O governador ainda incumbiu a Secretaria Estadual de Educação de discutir mais detalhadamente as possibilidades de promover essa interação entre Mato Grosso do Sul e Atacama. O grupo chileno também é composto por Pedro Céspedes Cortés, chefe de gabinete do Governo de Atacama, Celso Arias, reitor da Universidade de Atacama, Rafael Figueroa, diretor de extensão da Universidade de Atacama, Juan Alberto Noemí, diretor da Zona Norte de Pro-Chile, Francisco García, encarregado de comunicação do Governo de Atacama, Jorge Villagra, assessor do Governo de Atacama, e Leny Nuñez Salinas, encarregada regional de unidade de assuntos internacionais do Governo de Atacama.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
08/01/2018 - 07h50
Cachorrinha reencontra donos após ser capturada por águia nos EUA
24/10/2017 - 11h16
Em Assunção, Ruiter expõe desafios e oportunidades para viabilidade de hidrovia
14/09/2017 - 10h45
Raras girafas brancas são observadas em parque no Quênia
11/09/2017 - 14h23
Distantes, moradores de MS vivem angústia com parentes nos EUA
08/09/2017 - 07h10
Aquidauanense que mora no Texas relata desespero com furacão
 
Últimas notícias do site
16/01/2018 - 15h43
Secretaria disponibiliza 80 mil doses de vacina contra febre amarela em MS
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.